Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 264
LITERATURA DE CORDEL UM RECURSO DIDÁTICO NAS ALAS DE GEOGRAFIA: ESTUDANDO O SEMIÁRIDO

Palavra-chaves: AULAS DE GEOGRAFIA, SEMIÁRIDO, LITERATURA DE CORDEL Pôster (PO) Práticas de Gestão Pedagógica no âmbito do PIBID Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O presente trabalho desenvolveu-se na E. E. E. F. M. São Sebastião participante do PIBID, subprojeto do Departamento de Geografia da UEPB, na Cidade de Campina Grande – PB. A partir das transformações sociais que exigiram novas reformulações no campo educacional, surgi a necessidade de não mais deter-se apenas ao livro didático tal como acontecia no tradicionalismo, desta forma propõe-se utilizar a Literatura de Cordel como um recurso didático para melhor compreensão dos mais diversos aspectos do Semiárido brasileiro, tendo em vista ser a linguagem do cordel mais acessível aos educandos, nas aulas de Geografia. A pesquisa foi realizada em uma perspectiva qualitativa, tendo em vista os objetivos propostos para o trabalho. Para dar prosseguimento ao projeto, foi preciso dividi-lo em cinco etapas que consistiram em, desde apresentação do projeto a elaboração de um relatório do laboratório de campo desenvolvido a partir da visitação aos museus, Museu de Arte Popular – UEPB e Museu do Algodão, ambos na cidade de Campina Grande – PB. O objetivo deste trabalho é analisar a utilização da literatura de cordel como um recurso didático para o ensino de geografia no estudo do Semiárido. O cordel tornou-se de fundamental importância como um recurso didático para o envolvimento nas aulas, devido à forma de linguagem popular que gera maior acessibilidade de compreensão, instigando a defesa de opiniões a partir da leitura. A literatura de cordel como um recurso didático nas aulas de Geografia estudando o Semiárido, é uma ferramenta inovadora, dado o contexto escolar, percebe-se que a partir de sua utilização houve um aumento do conhecimento de uma forma mais lúdica, que provocou reflexões sobre o uso do espaço geográfico.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.