Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 273
INICIAÇÃO À PESQUISA A PARTIR DAS AULAS DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: O CASO DO TEOR DE ETANOL NA GASOLINA

Palavra-chaves: EXPERIMENTOS, PESQUISA, GASOLINA Comunicação Oral (CO) Ensino de Química: investigações e vivências da realidade docente na Educação Básica Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa realizada em uma escola pública estadual da zona urbana do município de Pilar/PB. Os alunos são, em geral, oriundos da zona rural ou das regiões periféricas da cidade. Trata-se de uma pesquisa-ação que foi desenvolvida a partir da inserção de conteúdos de química no 3º ano do ensino médio, com vistas a avaliar o aumento de forma ilegal do teor de etanol na gasolina. Essa investigação orientou-se como qualitativa, permitindo engajar os discentes de modo a por em prática o conhecimento adquirido na disciplina ao longo do bimestre. A metodologia desenvolvida durante o processo fez uso de uma intervenção didática que dividiu-se em cinco momentos fundamentais: a problematização, o trabalho de campo, as análises químicas, a avaliação da aprendizagem e a exposição dos resultados. Vale salientar que o presente trabalho buscou familiarizar os alunos com a produção de conhecimento pela via do método científico e com isso foi combatida a visão da “ciência morta” onde o conhecimento é apresentado de forma acabada tratando os discentes como meros espectadores. Em outras palavras, a relevância do processo se sobrepõe a do produto. Prezando pela segurança e qualidade dos experimentos, foram realizadas orientações e tentou-se fugir de meras reproduções sobre a temática, levou-se em consideração os temas que os alunos acharam relevantes, fazendo debates e pesquisas de acordo com as peculiaridades de cada um. Por meio de verificação, percebemos melhoria no rendimento escolar das aulas de química, evolução do cognitivo e o avanço do entendimento e aprendizagem dos conteúdos propostos ela disciplina.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.