Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

A REPRESENTAÇÃO DO FEMINO EM LUCÍOLA EM JOSÉ DE ALENCAR: UMA PROPOSTA DE LEITURA PARA O ENSINO MÉDIO

Palavra-chaves: LEITURA LITERÁRIA, LUCÍOLA, ROMANCE Comunicação Oral (CO) Teoria e prática no ensino de língua portuguesa: unindo escola e sociedade Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O presente trabalho objetiva analisar na obra: Lucíola de José de Alencar a representação do feminino a partir da dualidade entre a cortesã Lúcia e a angelical Maria da Glória. Mediante pesquisa bibliográfica de natureza qualitativa compreenderemos a representação da identidade feminina representada na simbologia da fêmea fatal em Lúcia e a pecadora redimida e abnegada em Maria da Glória. Através da análise e interpretação da obra, elaboramos uma proposta de leitura para o Ensino Médio, uma vez que o gênero romance não tem sido devidamente trabalhado em sala de aula, pois além da frágil formação leitora dos professores, o currículo e o livro didático ainda privilegiam o estudo historiográfico de escolas literárias ou estilos de época, sem tomar como ponto de partida os gêneros literários. Somado a esses fatores de cunho metodológico, o curto tempo das aulas e desestímulo dos alunos tem corroborado para que o gênero romance não seja lido nem devidamente estudado na sala de aula. Nesse sentido, essas inquietações nos motivaram a elaborar uma proposta que contemple a leitura integral da obra, bem como o estudo dessa narrativa mais longa, no qual o texto torna-se o ator principal para que a formação de leitores seja incentivada. Desse modo, tomamos como aporte teórico e metodológico para tecer esse estudo, as contribuições de: Cosson (2006), Iser (1996), Jouve (2002), Leite (1979) e Silva (2009).

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.