Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 165
ESTUDO DA ENERGIA DOS ALIMENTOS: UMA PROPOSTA EXPERIMENTAL E CONTEXTUALIZADA ATRAVÉS DO USO DE MATERIAL RECICLÁVEL

Palavra-chaves: ENSINO DE QUÍMICA, ENERGIA DOS ALIMENTOS, CONTEXTUALIZAÇÃO Comunicação Oral (CO) POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O ensino de química apresenta dificuldade de assimilação entre os alunos devido à maneira como a disciplina é abordada. As aulas teóricas expositivas proporcionam desinteresse em relação a aprendizagem do conteúdo, pois, geralmente são estanques e acríticas, e que acarretam em memorização e não contextualização e investigação. Foi utilizado materiais oriundos do lixo para a fabricação de um calorímetro reciclado, onde os alunos puderam estudar a energia contida nos alimentos de uma forma dinâmica, onde foi preparado uma aula dividida em quatro momentos pedagógicos (Pré intervenção, aula prática, aula teórica e pós – intervenção). Através destes momentos pedagógicos e instrumentos avaliativos foi possível inferir que houve um melhor rendimento por parte dos discentes. Foi aplicado um questionário individual (pré e pós intervenção) sobre a energia dos alimentos. Objetivando avaliar os conhecimentos pré-existentes dos alunos acerca do tema tratado. As médias aritméticas adquiridas do pré e pós- intervenção foram 3,3 e 7,6; respectivamente. Com esse resultado, podemos constatar, através das intervenções, que a metodologia utilizada acarretou no melhoramento do processo de ensino-aprendizagem da turma. Justificando que o aprendizado prático auxilia no processo de construção de conhecimento. A junção do assunto exposto nas duas aulas possibilitou o aluno a entender melhor o processo transformação do alimento em energia e como ocorre a queima dela no nosso organismo através da contextualização e de atividades cotidianas. Foi trabalhado o conteúdo contextualizado mostrando para o educando a necessidade que o nosso organismo tem de adquirir energia e como elas são queimadas pelas tarefas diárias através do paralelo desenvolvido.Oportunamente os alunos observaram rótulos de alimentos e calcularam se o valor calórico que ali constava realmente estava correto de acordo com a sua tabela nutricional. Podemos observar que a experimentação auxilia na obtenção de conhecimento e podem ser trabalhadas atividades práticas que incentivam a curiosidade por informação e aprendizado, as quais devem contemplar a contextualização. Portanto, foi possível observar que através do experimento realizado, a prática no ensino de química auxilia no melhor desempenho das atividades, despertando o interesse e a curiosidade do educando. E também foi possível inferir que, o uso de materiais recicláveis é uma alternativa benigna ao meio ambiente de reaproveitar estes no emprego de experimentos de química motivadores, proporcionando ao educando um momento pedagógico significativo e duradouro.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.