Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O “ALUNO-PROBLEMA”: APONTAMENTOS HISTÓRICOS E CONTEMPORÂNEOS

Palavra-chaves: ALUNOS, EDUCAÇÃO BÁSICA, FRACASSO ESCOLAR, REPROVAÇÃO, EVASÃO Comunicação Oral (CO) GT 04 - Fundamentos da Educação Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

O PRESENTE TRABALHO CONSISTE EM INVESTIGAR A CONSTRUÇÃO DA IMAGEM DO “ALUNO-PROBLEMA” A PARTIR DOS DISCURSOS QUE, AO LONGO DA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO ESCOLAR, BUSCARAM EXPLICAR OS ALTOS ÍNDICES DE EVASÃO E REPROVAÇÃO DOS ALUNOS. DESTA FORMA, CARACTERIZA-SE COMO UMA PESQUISA DESCRITIVA E DE CUNHO BIBLIOGRÁFICO, TENDO POR BASE LIVROS, CAPÍTULOS DE LIVRO E ARTIGOS DE PERIÓDICOS QUE TRATASSEM SOBRE A CONSTITUIÇÃO DO “ALUNO-PROBLEMA”. ESSAS FONTES, EM GERAL, ABORDAVAM TEMÁTICAS INTERRELACIONADAS SOBRE A RELAÇÃO ESCOLA-SOCIEDADE, O FRACASSO ESCOLAR E A FORMAÇÃO DOCENTE. OS RESULTADOS ENCONTRADOS NOS MOSTRAM QUE ATÉ A DÉCADA DE 1980, AS EXPLICAÇÕES DADAS AO FRACASSO ESCOLAR ERAM DE CUNHO BIOLÓGICO, SOCIAL E PSICOLÓGICO. O MALOGRO EDUCACIONAL ERA COLOCADO COMO UMA RESPONSABILIDADE DOS ALUNOS QUE NÃO CONSEGUIRAM SE ADAPTAR À ESTRUTURA DA ESCOLA, POIS ERAM PROVENIENTES DAS CLASSES SOCIAIS MAIS POBRES, QUE NÃO TINHAM CONDIÇÕES DE OFERTAR OS CUIDADOS BÁSICOS E O ACESSO À CULTURA CONSIDERADA COMO IDEAL PELA CLASSE DOMINANTE. A ESCOLA SERIA VÍTIMA DE UMA CLIENTELA “INADEQUADA”. A PARTIR DESSES DISCURSOS, FOI SE CONSTRUINDO A IMAGEM DE UM TIPO DE ALUNO QUE AINDA TEM REPERCUSSÕES NO COTIDIANO ESCOLAR.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.