Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

EDUCAÇÃO PARA A EXISTÊNCIA: SAÚDE MENTAL, TRABALHO DOCENTE E PROFISSIONALIZAÇÃO

Palavra-chaves: TRABALHO DOCENTE, SAÚDE MENTAL, PROFISSIONALIZAÇÃO, INTELIGÊNCIA EMOCIONAL, Pôster (PO) GT 18 - Educação Emocional
"2020-11-04 09:38:28"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 68462
    "edicao_id" => 141
    "trabalho_id" => 1497
    "inscrito_id" => 6267
    "titulo" => "EDUCAÇÃO PARA A EXISTÊNCIA: SAÚDE MENTAL, TRABALHO DOCENTE E PROFISSIONALIZAÇÃO"
    "resumo" => "ESTA PESQUISA OBJETIVOU ESTUDAR, ANALISAR E COMPREENDER COMO O PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO, À LUZ DO TRABALHO DOCENTE NA CONTEMPORANEIDADE, TEM DESENVOLVIDO SUA PRÁXIS A PARTIR DA PERCEPÇÃO DOS SENTIMENTOS QUE GERAM SOFRIMENTO E REPERCUTEM EM SUA SAÚDE MENTAL E EM SUA PROFISSIONALIZAÇÃO. METODOLOGICAMENTE, REFERE-SE A UMA PESQUISA QUALITATIVA, DESENVOLVIDA NUMA ESCOLA PÚBLICA LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS/PB, A “ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL XAVIER JÚNIOR”, NOSSOS SUJEITOS FORAM OS DOCENTES DA ESCOLA E OS ALUNOS DA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA (CCHSA/UFPB), PARTICIPANTES DO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA. ACREDITAMOS QUE A PRÁXIS DOCENTE RELACIONA-SE AO ESTADO PSICOLÓGICO DO PROFISSIONAL, REPERCUTINDO EM SEU TRABALHO E NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS, ISTO PORQUE “OS CONCEITOS DE SAÚDE MENTAL ABRANGEM, ENTRE OUTRAS COISAS, O BEM-ESTAR SUBJETIVO, A AUTO-EFICÁCIA PERCEBIDA, A AUTONOMIA, A COMPETÊNCIA, A DEPENDÊNCIA INTERGERACIONAL E A AUTO REALIZAÇÃO DO POTENCIAL INTELECTUAL E EMOCIONAL DA PESSOA” (OMS, 2001, P. 3). AS REFLEXÕES POSTAS EVIDENCIAM A NECESSIDADE DE OLHARMOS PARA ESSE PROFISSIONAL PELA ÓTICA DO EMOCIONAL, A FIM DE CONTRIBUIR COM O SEU BEM ESTAR. POIS, PERMITINDO O DESENVOLVIMENTO DA “INTELIGÊNCIA EMOCIONAL”, SERÁ POSSÍVEL LEVÁ-LOS A PENSAR SOBRE ESSES SENTIMENTOS GERADORES DE SOFRIMENTO, COM O INTUITO DE RESSIGNIFICÁ-LOS, AMENIZANDO SEUS IMPACTOS. EM TEMPO, PRECISAMOS, NO BOJO DESSAS DISCUSSÕES, TRAZER O CONCEITO DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL PARA QUE O PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO SE FORTALEÇA EMOCIONAL E PROFISSIONALMENTE, DE MANEIRA QUE O AMBIENTE DE TRABALHO NÃO LHE SEJA UM “FARDO”. AO SE EDUCAR EMOCIONALMENTE, O PROFESSOR, EM ESPECIAL, ESTÁ CORROBORANDO PARA A EXISTÊNCIA DE SUA PROFISSÃO, DE SUA PRÓPRIA VIDA."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 18 - Educação Emocional"
    "palavra_chave" => "TRABALHO DOCENTE, SAÚDE MENTAL, PROFISSIONALIZAÇÃO, INTELIGÊNCIA EMOCIONAL, "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV140_MD4_SA18_ID6267_01092020211703.pdf"
    "created_at" => "2020-11-04 17:47:29"
    "updated_at" => "2020-11-05 12:21:48"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELINE SANTOS ARAÚJO"
    "autor_nome_curto" => "ELINE"
    "autor_email" => "aelines.araujo@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => null
    "edicao_url" => "anais-vii-conedu---edicao-online"
    "edicao_nome" => "Anais VII CONEDU - Edição Online"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional da Educação"
    "edicao_ano" => 2020
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2020"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "5fa41515b329e_05112020120701.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2020-11-04 09:38:28"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 68462
    "edicao_id" => 141
    "trabalho_id" => 1497
    "inscrito_id" => 6267
    "titulo" => "EDUCAÇÃO PARA A EXISTÊNCIA: SAÚDE MENTAL, TRABALHO DOCENTE E PROFISSIONALIZAÇÃO"
    "resumo" => "ESTA PESQUISA OBJETIVOU ESTUDAR, ANALISAR E COMPREENDER COMO O PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO, À LUZ DO TRABALHO DOCENTE NA CONTEMPORANEIDADE, TEM DESENVOLVIDO SUA PRÁXIS A PARTIR DA PERCEPÇÃO DOS SENTIMENTOS QUE GERAM SOFRIMENTO E REPERCUTEM EM SUA SAÚDE MENTAL E EM SUA PROFISSIONALIZAÇÃO. METODOLOGICAMENTE, REFERE-SE A UMA PESQUISA QUALITATIVA, DESENVOLVIDA NUMA ESCOLA PÚBLICA LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS/PB, A “ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL XAVIER JÚNIOR”, NOSSOS SUJEITOS FORAM OS DOCENTES DA ESCOLA E OS ALUNOS DA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA (CCHSA/UFPB), PARTICIPANTES DO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA. ACREDITAMOS QUE A PRÁXIS DOCENTE RELACIONA-SE AO ESTADO PSICOLÓGICO DO PROFISSIONAL, REPERCUTINDO EM SEU TRABALHO E NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS, ISTO PORQUE “OS CONCEITOS DE SAÚDE MENTAL ABRANGEM, ENTRE OUTRAS COISAS, O BEM-ESTAR SUBJETIVO, A AUTO-EFICÁCIA PERCEBIDA, A AUTONOMIA, A COMPETÊNCIA, A DEPENDÊNCIA INTERGERACIONAL E A AUTO REALIZAÇÃO DO POTENCIAL INTELECTUAL E EMOCIONAL DA PESSOA” (OMS, 2001, P. 3). AS REFLEXÕES POSTAS EVIDENCIAM A NECESSIDADE DE OLHARMOS PARA ESSE PROFISSIONAL PELA ÓTICA DO EMOCIONAL, A FIM DE CONTRIBUIR COM O SEU BEM ESTAR. POIS, PERMITINDO O DESENVOLVIMENTO DA “INTELIGÊNCIA EMOCIONAL”, SERÁ POSSÍVEL LEVÁ-LOS A PENSAR SOBRE ESSES SENTIMENTOS GERADORES DE SOFRIMENTO, COM O INTUITO DE RESSIGNIFICÁ-LOS, AMENIZANDO SEUS IMPACTOS. EM TEMPO, PRECISAMOS, NO BOJO DESSAS DISCUSSÕES, TRAZER O CONCEITO DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL PARA QUE O PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO SE FORTALEÇA EMOCIONAL E PROFISSIONALMENTE, DE MANEIRA QUE O AMBIENTE DE TRABALHO NÃO LHE SEJA UM “FARDO”. AO SE EDUCAR EMOCIONALMENTE, O PROFESSOR, EM ESPECIAL, ESTÁ CORROBORANDO PARA A EXISTÊNCIA DE SUA PROFISSÃO, DE SUA PRÓPRIA VIDA."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 18 - Educação Emocional"
    "palavra_chave" => "TRABALHO DOCENTE, SAÚDE MENTAL, PROFISSIONALIZAÇÃO, INTELIGÊNCIA EMOCIONAL, "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV140_MD4_SA18_ID6267_01092020211703.pdf"
    "created_at" => "2020-11-04 17:47:29"
    "updated_at" => "2020-11-05 12:21:48"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELINE SANTOS ARAÚJO"
    "autor_nome_curto" => "ELINE"
    "autor_email" => "aelines.araujo@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => null
    "edicao_url" => "anais-vii-conedu---edicao-online"
    "edicao_nome" => "Anais VII CONEDU - Edição Online"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional da Educação"
    "edicao_ano" => 2020
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2020"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "5fa41515b329e_05112020120701.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2020-11-04 09:38:28"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

ESTA PESQUISA OBJETIVOU ESTUDAR, ANALISAR E COMPREENDER COMO O PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO, À LUZ DO TRABALHO DOCENTE NA CONTEMPORANEIDADE, TEM DESENVOLVIDO SUA PRÁXIS A PARTIR DA PERCEPÇÃO DOS SENTIMENTOS QUE GERAM SOFRIMENTO E REPERCUTEM EM SUA SAÚDE MENTAL E EM SUA PROFISSIONALIZAÇÃO. METODOLOGICAMENTE, REFERE-SE A UMA PESQUISA QUALITATIVA, DESENVOLVIDA NUMA ESCOLA PÚBLICA LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE BANANEIRAS/PB, A “ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL XAVIER JÚNIOR”, NOSSOS SUJEITOS FORAM OS DOCENTES DA ESCOLA E OS ALUNOS DA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA (CCHSA/UFPB), PARTICIPANTES DO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA. ACREDITAMOS QUE A PRÁXIS DOCENTE RELACIONA-SE AO ESTADO PSICOLÓGICO DO PROFISSIONAL, REPERCUTINDO EM SEU TRABALHO E NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS, ISTO PORQUE “OS CONCEITOS DE SAÚDE MENTAL ABRANGEM, ENTRE OUTRAS COISAS, O BEM-ESTAR SUBJETIVO, A AUTO-EFICÁCIA PERCEBIDA, A AUTONOMIA, A COMPETÊNCIA, A DEPENDÊNCIA INTERGERACIONAL E A AUTO REALIZAÇÃO DO POTENCIAL INTELECTUAL E EMOCIONAL DA PESSOA” (OMS, 2001, P. 3). AS REFLEXÕES POSTAS EVIDENCIAM A NECESSIDADE DE OLHARMOS PARA ESSE PROFISSIONAL PELA ÓTICA DO EMOCIONAL, A FIM DE CONTRIBUIR COM O SEU BEM ESTAR. POIS, PERMITINDO O DESENVOLVIMENTO DA “INTELIGÊNCIA EMOCIONAL”, SERÁ POSSÍVEL LEVÁ-LOS A PENSAR SOBRE ESSES SENTIMENTOS GERADORES DE SOFRIMENTO, COM O INTUITO DE RESSIGNIFICÁ-LOS, AMENIZANDO SEUS IMPACTOS. EM TEMPO, PRECISAMOS, NO BOJO DESSAS DISCUSSÕES, TRAZER O CONCEITO DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL PARA QUE O PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO SE FORTALEÇA EMOCIONAL E PROFISSIONALMENTE, DE MANEIRA QUE O AMBIENTE DE TRABALHO NÃO LHE SEJA UM “FARDO”. AO SE EDUCAR EMOCIONALMENTE, O PROFESSOR, EM ESPECIAL, ESTÁ CORROBORANDO PARA A EXISTÊNCIA DE SUA PROFISSÃO, DE SUA PRÓPRIA VIDA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.