Artigo Anais X CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 287
REPRESENTAÇÃO MASCULINA NA PUBLICIDADE BRASILEIRA: UM ESTUDO SEMÂNTICO-ARGUMENTATIVO

Palavra-chaves: REPRESENTAÇÃO, HOMEM, PUBLICIDADE Comunicação Oral (CO) Mídias, discursos e questões de gênero Publicado em 04 de junho de 2014

Resumo

A publicidade, assim como a mídia em geral, reproduzem representações sociais presentes na sociedade e são, muitas vezes, responsáveis por quebrar paradigmas e imprimir uma nova imagem à realidade. É possível perceber esse fato nos anúncios publicitários, em que homens têm ocupado um papel de destaque em espaço antes de representação da imagem da mulher: utilização da figura masculina para atingir o objetivo de vender produtos, estes que prometem agregar valores ao ideal de imagem daquele. Diante disso, destacamos a seguinte questão-problema: de que maneira o homem é representado nos anúncios publicitários brasileiros? Para responder essa questão foram selecionados alguns anúncios publicitários dos quais três foram analisados, com o ideal de identificar quais são as representações sociais do homem na publicidade contemporânea. Frente ao objetivo destacado, buscamos suporte nos referenciais da Semântica Argumentativa, a qual nos orientou para a análise dos anúncios publicitários, levando-nos a compreender: as condições de produção relativas a tempo; lugar; papéis representados pelos interlocutores; imagens cristalizadas e idealizadas; relações sociais; e objetivos visados na enunciação. Nossa pesquisa tem avançado na direção de revelar que na publicidade dirigida para o público masculino há um afastamento do que chamamos de “homem tradicional”, evidenciado pela sua força, e o surgimento da imagem de um “novo homem”, preocupado com a beleza e o bem-estar. Assim, o presente estudo se faz pertinente pelo fato de que ainda há poucas pesquisas voltadas à representação masculina na publicidade brasileira.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.