Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A FORMAÇÃO DE PEDAGOGOS (AS) NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: REALIDADE OU UTOPIA NO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA-AL?

Palavra-chaves: FORMAÇÃO, MUNICÍPIO DE ARAPIRACA - AL, PEDAGOGOS (AS), PERSPECTIVA INCLUSIVA Comunicação Oral (CO) GT 11. Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade
"2018-10-17 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 45784
    "edicao_id" => 101
    "trabalho_id" => 3931
    "inscrito_id" => 4952
    "titulo" => "A FORMAÇÃO DE PEDAGOGOS (AS) NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: REALIDADE OU UTOPIA NO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA-AL?"
    "resumo" => "Oferecer formação de qualidade aos profissionais da educação é um dever de todas as secretarias de educação dos municípios. Assim, levando-se em conta a grande importância da formação do (a) pedagogo (a) ser pautada em uma perspectiva inclusiva, o objetivo deste trabalho é analisar, através de falas de pedagogos (as) do município de Arapiraca – AL, se a formação inicial e continuada oferecida pelo município são dentro de uma perspectiva inclusiva ou não. Para a construção deste trabalho foi utilizada uma pesquisa bibliográfica adotando uma abordagem qualitativa, onde, foi realizada uma pesquisa de campo, e para a coleta de dados foi empregada uma entrevista semiestruturada com três pedagogas e um pedagogo que atuam na rede pública de ensino do referido município. Os resultados da pesquisa evidenciaram, através das falas dos (as) pedagogos (as) que atuam com crianças que têm algum tipo de deficiência, que a formação destinada a essa categoria de profissionais não é pautada em uma perspectiva de educação inclusiva, pois é fragmentada, superficial e ainda trabalha de forma excludente graças ao sistema vigente, não dando subsídios teóricos e práticos para que o trabalho pedagógico em sala de aula seja feito adequadamente, bem como ficou claro na pesquisa que falta materiais pedagógicos, recursos tecnológicos, infraestrutura arquitetônica, dentre outros elementos na escola, o que impossibilita ainda mais o trabalho pedagógico dos (as) pedagogos (as) para com as crianças, para que de fato se seja trabalhado levando-se em conta a diversidade humana dentro do contexto escolar."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 11. Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade"
    "palavra_chave" => "FORMAÇÃO, MUNICÍPIO DE ARAPIRACA - AL, PEDAGOGOS (AS), PERSPECTIVA INCLUSIVA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV117_MD1_SA11_ID4952_17092018140429.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:29"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:33:52"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MYLLENNA DE OLIVEIRA SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "MYLLENNA"
    "autor_email" => "myllennadeoliveira@hotmai"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais V CONEDU"
    "edicao_evento" => "V Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a040030b34_17022020000952.jpg"
    "edicao_capa" => "5e4a040030246_17022020000952.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-10-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 45784
    "edicao_id" => 101
    "trabalho_id" => 3931
    "inscrito_id" => 4952
    "titulo" => "A FORMAÇÃO DE PEDAGOGOS (AS) NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: REALIDADE OU UTOPIA NO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA-AL?"
    "resumo" => "Oferecer formação de qualidade aos profissionais da educação é um dever de todas as secretarias de educação dos municípios. Assim, levando-se em conta a grande importância da formação do (a) pedagogo (a) ser pautada em uma perspectiva inclusiva, o objetivo deste trabalho é analisar, através de falas de pedagogos (as) do município de Arapiraca – AL, se a formação inicial e continuada oferecida pelo município são dentro de uma perspectiva inclusiva ou não. Para a construção deste trabalho foi utilizada uma pesquisa bibliográfica adotando uma abordagem qualitativa, onde, foi realizada uma pesquisa de campo, e para a coleta de dados foi empregada uma entrevista semiestruturada com três pedagogas e um pedagogo que atuam na rede pública de ensino do referido município. Os resultados da pesquisa evidenciaram, através das falas dos (as) pedagogos (as) que atuam com crianças que têm algum tipo de deficiência, que a formação destinada a essa categoria de profissionais não é pautada em uma perspectiva de educação inclusiva, pois é fragmentada, superficial e ainda trabalha de forma excludente graças ao sistema vigente, não dando subsídios teóricos e práticos para que o trabalho pedagógico em sala de aula seja feito adequadamente, bem como ficou claro na pesquisa que falta materiais pedagógicos, recursos tecnológicos, infraestrutura arquitetônica, dentre outros elementos na escola, o que impossibilita ainda mais o trabalho pedagógico dos (as) pedagogos (as) para com as crianças, para que de fato se seja trabalhado levando-se em conta a diversidade humana dentro do contexto escolar."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 11. Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade"
    "palavra_chave" => "FORMAÇÃO, MUNICÍPIO DE ARAPIRACA - AL, PEDAGOGOS (AS), PERSPECTIVA INCLUSIVA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV117_MD1_SA11_ID4952_17092018140429.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:29"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:33:52"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MYLLENNA DE OLIVEIRA SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "MYLLENNA"
    "autor_email" => "myllennadeoliveira@hotmai"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais V CONEDU"
    "edicao_evento" => "V Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a040030b34_17022020000952.jpg"
    "edicao_capa" => "5e4a040030246_17022020000952.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-10-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

Oferecer formação de qualidade aos profissionais da educação é um dever de todas as secretarias de educação dos municípios. Assim, levando-se em conta a grande importância da formação do (a) pedagogo (a) ser pautada em uma perspectiva inclusiva, o objetivo deste trabalho é analisar, através de falas de pedagogos (as) do município de Arapiraca – AL, se a formação inicial e continuada oferecida pelo município são dentro de uma perspectiva inclusiva ou não. Para a construção deste trabalho foi utilizada uma pesquisa bibliográfica adotando uma abordagem qualitativa, onde, foi realizada uma pesquisa de campo, e para a coleta de dados foi empregada uma entrevista semiestruturada com três pedagogas e um pedagogo que atuam na rede pública de ensino do referido município. Os resultados da pesquisa evidenciaram, através das falas dos (as) pedagogos (as) que atuam com crianças que têm algum tipo de deficiência, que a formação destinada a essa categoria de profissionais não é pautada em uma perspectiva de educação inclusiva, pois é fragmentada, superficial e ainda trabalha de forma excludente graças ao sistema vigente, não dando subsídios teóricos e práticos para que o trabalho pedagógico em sala de aula seja feito adequadamente, bem como ficou claro na pesquisa que falta materiais pedagógicos, recursos tecnológicos, infraestrutura arquitetônica, dentre outros elementos na escola, o que impossibilita ainda mais o trabalho pedagógico dos (as) pedagogos (as) para com as crianças, para que de fato se seja trabalhado levando-se em conta a diversidade humana dentro do contexto escolar.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.