Artigo Anais ABRALIC Internacional

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

O ESTUDO DA LITERATURA DE FICÇÃO NA FORMAÇÃO TÉCNICA: CONCEPÇÕES DE DOCENTES E DISCENTES DO IFPE-CAMPUS BELO JARDIM

"2013-07-12 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 4334
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 70
    "inscrito_id" => 173
    "titulo" => "O ESTUDO DA LITERATURA DE FICÇÃO NA FORMAÇÃO TÉCNICA: CONCEPÇÕES DE DOCENTES E DISCENTES DO IFPE-CAMPUS BELO JARDIM"
    "resumo" => "Por muitos anos, a formação profissional oferecida principalmente por Instituições Federais de  Ensino Técnico – atualmente denominadas Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia – baseou-se em um saber pragmático-utilitarista a partir do qual o técnico era preparado apenas para a mera reprodução de práticas pré-determinadas pelo modelo vigente, as quais MARTINS (2000) caracterizou como um “fazer sem saber”. Em outras palavras, a formação técnica não tomava como base a reflexão (para a transformação histórico-social através de uma autoconscientização) nem a criatividade (para a reelaboração e criação de novos métodos). Nesse contexto, disciplinas de caráter mais reflexivo como filosofia, sociologia e, principalmente, disciplinas artísticas como arte, música e literatura foram menosprezadas por serem consideradas desnecessárias para a formação desse profissional. Tomando como base essas premissas, este trabalho objetiva discutir a relevância do ensino/estudo de literatura ficcional para a formação profissional. Além de uma breve abordagem sobre a formação profissional baseada na reflexão e transformação da sociedade; conceitos de literatura e seu ensino na Educação Básica brasileira e a utilidade do estudo de textos literários nos cursos de Ensino Médio Integrado ao Técnico dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia; este trabalho apresenta e discute os resultados de uma pesquisa de campo situada no IFPE-Campus Belo Jardim, em que, a partir de questionários, docentes e discentes expuseram suas concepções sobre o papel da literatura ficcional como componente curricular da formação do profissional."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_173_82f2020d84d17e48269f1b5d1ed07ba4.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:26"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "HUDSON MARQUES DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "HUDSON"
    "autor_email" => "marqueshudson@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 4334
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 70
    "inscrito_id" => 173
    "titulo" => "O ESTUDO DA LITERATURA DE FICÇÃO NA FORMAÇÃO TÉCNICA: CONCEPÇÕES DE DOCENTES E DISCENTES DO IFPE-CAMPUS BELO JARDIM"
    "resumo" => "Por muitos anos, a formação profissional oferecida principalmente por Instituições Federais de  Ensino Técnico – atualmente denominadas Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia – baseou-se em um saber pragmático-utilitarista a partir do qual o técnico era preparado apenas para a mera reprodução de práticas pré-determinadas pelo modelo vigente, as quais MARTINS (2000) caracterizou como um “fazer sem saber”. Em outras palavras, a formação técnica não tomava como base a reflexão (para a transformação histórico-social através de uma autoconscientização) nem a criatividade (para a reelaboração e criação de novos métodos). Nesse contexto, disciplinas de caráter mais reflexivo como filosofia, sociologia e, principalmente, disciplinas artísticas como arte, música e literatura foram menosprezadas por serem consideradas desnecessárias para a formação desse profissional. Tomando como base essas premissas, este trabalho objetiva discutir a relevância do ensino/estudo de literatura ficcional para a formação profissional. Além de uma breve abordagem sobre a formação profissional baseada na reflexão e transformação da sociedade; conceitos de literatura e seu ensino na Educação Básica brasileira e a utilidade do estudo de textos literários nos cursos de Ensino Médio Integrado ao Técnico dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia; este trabalho apresenta e discute os resultados de uma pesquisa de campo situada no IFPE-Campus Belo Jardim, em que, a partir de questionários, docentes e discentes expuseram suas concepções sobre o papel da literatura ficcional como componente curricular da formação do profissional."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_173_82f2020d84d17e48269f1b5d1ed07ba4.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:26"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "HUDSON MARQUES DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "HUDSON"
    "autor_email" => "marqueshudson@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 12 de julho de 2013

Resumo

Por muitos anos, a formação profissional oferecida principalmente por Instituições Federais de Ensino Técnico – atualmente denominadas Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia – baseou-se em um saber pragmático-utilitarista a partir do qual o técnico era preparado apenas para a mera reprodução de práticas pré-determinadas pelo modelo vigente, as quais MARTINS (2000) caracterizou como um “fazer sem saber”. Em outras palavras, a formação técnica não tomava como base a reflexão (para a transformação histórico-social através de uma autoconscientização) nem a criatividade (para a reelaboração e criação de novos métodos). Nesse contexto, disciplinas de caráter mais reflexivo como filosofia, sociologia e, principalmente, disciplinas artísticas como arte, música e literatura foram menosprezadas por serem consideradas desnecessárias para a formação desse profissional. Tomando como base essas premissas, este trabalho objetiva discutir a relevância do ensino/estudo de literatura ficcional para a formação profissional. Além de uma breve abordagem sobre a formação profissional baseada na reflexão e transformação da sociedade; conceitos de literatura e seu ensino na Educação Básica brasileira e a utilidade do estudo de textos literários nos cursos de Ensino Médio Integrado ao Técnico dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia; este trabalho apresenta e discute os resultados de uma pesquisa de campo situada no IFPE-Campus Belo Jardim, em que, a partir de questionários, docentes e discentes expuseram suas concepções sobre o papel da literatura ficcional como componente curricular da formação do profissional.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.