Artigo Anais ABRALIC Internacional

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

TRAÇOS DO PRESENTE EM ELES ERAM MUITOS CAVALOS, DE LUIZ RUFFATO

Publicado em 12 de julho de 2013

Resumo

A partir da leitura do livro Eles eram muitos cavalos (2001), do escritor brasileiro Luiz Ruffato, este trabalho tem por finalidade discutir acerca do modo como a literatura contemporânea se relaciona com as questões do presente. Ao descortinar a cidade de São Paulo, Luiz Ruffato convida o leitor a uma experiência de leitura com a realidade social de uma cidade composta pela diversidade, inserida em um espaço que se revela em flashes, de indivíduos que não se completam, porém carregados de verossimilhança, de uma linguagem que, entre o dito e o não dito, capta a presença do real. Com esta comunicação objetiva-se, ainda, fomentar as reflexões sobre a abordagem do realismo contemporâneo pela crítica vigente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.