Artigo Anais V FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 276
IDENTIDADE, PERTENCIMENTO E RESILIÊNCIA NO CONTEXTO ESCOLAR: UM ESTUDO ETNOGRÁFICO NA PERSPECTIVA DE ALUNOS COMO PESQUISADORES

Palavra-chaves: ALUNO COMO PESQUISADOR, ETNOGRAFIA, FORMAÇÃO DE PROFESSORES Comunicação Oral(CO) GT 13 - FORMAÇÃO DE PROFESSORES E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS Publicado em 26 de junho de 2013

Resumo

Os processos de tornar-se aluno, mediados pelas identidades, pertencimentos e resiliências é o objeto de investigação do estudo aqui relatado. A pesquisa orienta-se pelos questionamentos acerca das instâncias presentes na vivência escolar que os alunos destacam como fundamental para o desenvolvimento da aprendizagem; do sentido da vivência e da memória escolar para o desenvolvimento acadêmico e profissional tomando a perspectiva do aluno como pesquisador. Esta perspectiva orienta-se pelo conhecimento produzido na interação entre o professor e o aluno para rever as práticas pedagógicas no cotidiano escolar. Neste sentido, o aporte teórico-metodológico da pesquisa etnográfica subsidia o processo de investigação através da observação participante, fotografias e entrevistas. Este estudo volta-se para compreender esses processos e melhor informar aos que dela participam na construção de espaços e saberes que privilegiem o sujeito aluno e, possivelmente, redimensionar o papel da escola e dos professores no atual contexto sócio-educacional brasileiro.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.