Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 269
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI: (RESPEITAR- AGIR –INCLUIR) (PREPARANDO O ESTUDANTE PARA EXERCER A CIDADANIA E PROTAGONISMO JUVENIL FRENTE AOS DESAFIOS DO MUNDO MODERNO)

Palavra-chaves: PROTAGONISMO JUVENIL, CIDADANIA, EDUCAÇÃO Comunicação Oral (CO) GT06-AS PRÁTICAS DISCURSIVAS DO COTIDIANO: ENTRE O PODER E A RESISTÊNCIA Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

RESUMO: O presente trabalho tem como base a importância do jovem mediante a educação do século XXI e as diferenças culturais e sociais em que se depara frente aos desafios do mundo moderno. As lutas por igualdade e respeito às diferenças têm sido constantes em vários setores da sociedade, entre eles, e talvez o mais importante, encontra-se o ambiente escolar, que se apresenta como o lugar da mudança, das falas diversas, do universo em transformação e de um devir que nos espera cotidianamente. O objetivo do nosso trabalho foi despertar nos alunos a consciência de que é de fundamental importância ter como base os estudos da abordagem histórico-cultural sobre o desenvolvimento humano e mais especificamente os atuais debates e propostas relacionadas à educação inclusiva e o respeito à diversidade. A experiência realizada com alunos do Ensino Médio de uma Escola Estadual na cidade de Patos trouxe-nos, através de atividades diversas a realização de desafios enfrentados por tantos jovens e ao conhecimento de si e do outro para resolver problemas de diversidade social, étnica, cultural e intelectual. Autor e coautor mostraram-se interessados na pesquisa e aprofundamento desse estudo sobre Educação no século XXI (respeitar- agir –incluir) para embasar este artigo, colocando como foco a multimodalidade e pluralidade de letramentos trazidos pela sociedade. O nosso objeto de estudo cidadania e protagonismo juvenil justifica-se na escolha dessa temática, pois sabemos que a necessidade da tomada de consciência dos jovens diante dos problemas sociais é extremamente necessária. A metodologia empregada foi a abordagem de pesquisas, trabalhos e gestos concretos para, assim inserir nos jovens que participaram, o senso de responsabilidade e independência. Ao final do projeto foi clara a preocupação dos jovens em poder fazer muito mais do que estava aos seus alcances, mostrando-os que são totalmente capazes de mudar a si próprios e toda uma sociedade. Palavras-chave: Protagonismo Juvenil, Cidadania, Educação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.