Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

MODELIZAÇÃO DIDÁTICA E PLANEJAMENTO NO ÂMBITO DO ESTÁGIO: A EMERGÊNCIA DA GRAMATICALIZAÇÃO DOS GÊNEROS TEXTUAIS

Palavra-chaves: FORMAÇÃO INICIAL, MODELIZAÇÃO DIDÁTICA, GÊNEROS TEXTUAIS Comunicação Oral (CO) GT02-A FORMAÇÃO INICIAL E O TRABALHO DOCENTE Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

Nesta comunicação, trazemos à discussão alguns resultados, ainda parciais, do projeto de pesquisa intitulado “Formação inicial do professor de Português/Língua Materna: o planejamento do ensino no âmbito do estágio”. Inserido no conjunto plurifacetado de objetos de investigação reunidos em torno do tema da formação docente, o referido projeto procura aliar as contribuições advindas dos campos da Linguística Aplicada e da Educação, para a compreensão das relações entre formação profissional e trabalho docente, com enfoque no estágio, tendo em vista a importância desse componente curricular na formação inicial do professor de Língua Portuguesa. Tem como objetivo geral investigar o processo de apropriação, por parte de licenciandos em Letras Língua Portuguesa, da prática de planejamento, por meio da produção de projetos de ensino desenvolvidos no âmbito da atividade curricular de Estágio Supervisionado, ofertada na Faculdade de Letras da Universidade Federal do Pará, no Campus Universitário de Bragança. Para fundamentar a investigação, mobilizamos as contribuições advindas dos seguintes aportes teóricos: i) estudos sobre o trabalho docente desenvolvidos nas áreas da Educação e da Didática de Línguas; ii) estudos sobre formação de professores desenvolvidos nas áreas da Linguística Aplicada e da Educação. Adotamos a abordagem qualitativa de pesquisa, o que possibilita o exame dos fenômenos investigados considerando a potencialidade de todos os fatos observados, como fonte potencial de pistas que permitam uma compreensão mais esclarecedora do objeto de estudo. Nessa perspectiva, foi realizada a coleta de projetos de ensino produzidos pelos licenciandos de uma turma do Curso de Letras Língua Portuguesa, durante a preparação para a inserção na prática profissional por meio de uma disciplina de Estágio Supervisionado ministrada pela professora formadora/pesquisadora. Além disso, foram aplicados questionários aos estudantes, a fim de traçar um perfil caracterizador do grupo. Esse conjunto de textos constitui o corpus da pesquisa. A partir da realização de uma das etapas previstas no tratamento desse corpus, a saber, o mapeamento do conjunto de gêneros textuais eleitos como objetos de ensino nos projetos produzidos pelos estagiários e a identificação das dimensões de cada gênero descritas nos modelos didáticos e enfocadas nas sequências didáticas que compõem esses documentos, foi possível constatar, de forma geral, a ênfase no enfoque da estrutura composicional e a previsão de atividades de natureza descritiva e/ou prescritiva na maioria absoluta dos projetos, o que sugere a emergência da “gramaticalização” dos gêneros textuais no processo de modelização didática operacionalizado pelos licenciandos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.