Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 277
ORIENTAÇÃO DE HIGIENE BUCAL PARA IDOSOS COM REABILITAÇÃO ORAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: IDOSO, SAÚDE BUCAL, EDUCAÇÃO EM SAÚDE Pôster (PO) / Poster Submission AT-5: ODONTOGERIATRIA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

O crescimento da população idosa tem levado à constatação que deve-se propiciar condições para uma velhice digna, mostrando assim uma grande necessidade de intervenção dos serviços de saúde para amparar esses usuários. Os idosos apresentam uma grande necessidade de atenção odontológica uma vez que, geralmente, apresenta um grande número de dentes perdidos e em muitos casos, necessidade de reabilitações. É de fundamental importância que ocorra uma higienização eficiente e constante na cavidade oral, principalmente, pela presença de várias alterações na boca nesta fase da vida. Esse trabalho tem como objetivo relatar uma experiência através de uma ação educativa desenvolvida no Centro Geriátrico, com um grupo de idosos, com o intuito de motivar e conscientizar essa população acerca da prevenção de doenças na cavidade oral a fim de proporcionar uma melhor qualidade de vida a esses usuários e se justifica por procurar melhorar a higiene bucal do idoso, levando em consideração as limitações de cada indivíduo, através da apresentação de diversas técnicas e meios alternativos de execução das mesmas. Os participantes foram dispostos em uma roda de conversa interativa onde, inicialmente foi explanada a temática em uma linguagem clara e acessível. Apresentaram-se métodos alternativos para facilitar a técnica de higienização das próteses e da cavidade oral, utilizando recursos audiovisuais e modelos para facilitar o entendimento do paciente. A ação teve uma boa participação dos idosos e proporcionou ao público alvo o conhecimento dos problemas mais comuns da cavidade oral nessa fase da vida. Na ocasião, várias dúvidas foram esclarecidas, facilitando a compreensão a fim de que as informações façam parte do dia-a-dia dos mesmos. No decorrer da ação percebeu-se que houve uma mudança de opinião dos participantes, através do acréscimo de novos conhecimentos, com relação a higiene da boca e das próteses, melhorando assim sua condição geral de saúde e consequentemente sua qualidade de vida.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.