Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

DIÁLOGO ENTRE LITERATURA E HISTÓRIA: O POEMA ENQUANTO FONTE HISTÓRICA NO ENSINO DE HISTÓRIA

Palavra-chaves: LITERATURA, FONTE HISTÓRICA, ENSINO DE HISTÓRIA Comunicação Oral (CO) Ensino de História e formação docente Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

Nos dias atuais os professores das mais diversas áreas do conhecimento, incluindo a História, enfrentam o desafio da superação diária para despertar o interesse dos alunos no processo de ensino-aprendizagem. As aulas de História tradicionais geralmente pouco atrativas para os alunos, podem ser renovadas ao se aproximar o fazer historiográfico com a prática pedagógica. As fontes históricas utilizadas por historiadores para produção do conhecimento histórico podem ser usadas em sala de aula, criando um ambiente de socialização de conhecimento, no qual os educandos participam de maneira ativa. A redefinição do conceito de fonte histórica possibilitou a inclusão de documentos, antes desconsiderados, no estudo da História. Nesse sentido, a Literatura configurada como fonte histórica que problematiza conteúdos desse campo do conhecimento, revela-se como instrumento para a produção do conhecimento histórico por sujeitos escolares. Dito isto, intenta-se relatar uma experiência com a utilização do poema como fonte histórica contextualizado com o conteúdo de História no ensino-aprendizagem deste campo do conhecimento. Para alcançar o objetivo proposto se fez uma pesquisa teórica através de revisão bibliográfica acerca das fontes históricas e da Literatura no exercício destas. Diante das considerações teóricas, buscou-se relacioná-las com a prática do uso do poema enquanto fonte histórica no processo de ensino-aprendizagem da História. O descrito se deu em uma das atividades desenvolvidas no âmbito do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência-PIBID/CAPES de História da Universidade Estadual da Paraíba-UEPB, com grupos de alunos compostos de três integrantes, pertencentes a uma turma do 7º ano, do Ensino Fundamental II, da Escola Estadual Argemiro de Figueiredo em Campina Grande-PB, a partir da inciativa de cinco alunas juntamente com o professor supervisor atuantes no subprojeto História. Os referidos alunos foram convidados a analisarem o poema Mar Português de autoria de Fernando Pessoa contextualizando-o com o conteúdo das Grandes Navegações, estudado em aulas anteriores; para posteriormente, através de suas percepções sobre o poema contextualizado com o assunto, construírem Histórias em Quadrinhos (HQs). Nesse sentido, depreende-se que a Literatura tomada como fonte histórica para viabilizar o processo de ensino-aprendizagem da História, permitiu contextualizar o poema “Mar Português” com o conteúdo da disciplina Histórica “As Grandes Navegações”. A História e a Literatura, no processo de ensino-aprendizagem de História, viabilizam espaço privilegiado de produção do conhecimento histórico escolar. A integração das referidas áreas do conhecimento conferiu sentido e prazer a realidade cotidiana escolar dos discentes. Como expressão da Literatura, o poema foi pensado enquanto fonte histórica na sala de aula, tendo em vista expressar realidades vividas em determinados momentos históricos. A referida forma de Literatura contextualizada com o conteúdo histórico permitiu aos discentes construírem suas interpretações sobre o passado. Desse modo, a possibilidade de trabalhar o poema como fonte histórica para ensinar e aprender História apresentou-se como pertinente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.