Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 258
FORMAÇÃO E MEDIDAS DE MINIMIZAÇÃO DO EFEITO DE ILHAS DE CALOR NA CAPITAL PARAIBANA

Palavra-chaves: ILHA DE CALOR, VARIAÇÃO TÉRMICA, SOLUÇÕES Comunicação Oral (CO) Atividades nas aulas de Física: experiência da prática docente no Ensino Médio Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

As alterações ocorridas no sistema climático urbano das grandes cidades são processos relacionados ao adensamento urbano e às diferentes formas de uso e cobertura do solo. O objetivo deste trabalho foi analisar o campo térmico urbano, as ilhas de calor, e a sua relação com as diversas formas de uso e cobertura do solo em cidade tropical úmida, especificamente a cidade de João Pessoa, PB. Consideramos as medições da temperatura em pontos representativos da malha urbana de cidade. O nível de estresse térmico foi avaliado com base no índice de desconforto e avaliamos a sensação térmica das pessoas nos pontos monitorados. O fenômeno ilhas de calor não ocorre apenas em metrópoles brasileiras, ocorre necessariamente em áreas urbanas. Esse problema ambiental é consequência de um planejamento urbano deficiente ou inexistente. Temperaturas de superfície maiores foram detectadas em todos os centros de todas as metrópoles, ocorrendo um decréscimo da temperatura em relação às periferias. Em todas as metrópoles, foi detectada um grande adensamento de edificações no centro da cidade, com construções que são feitas de materiais que possuem características de absorver mais radiação e emitir mais calor para superfície. O fato de uma metrópole estar inserida em um contexto de um país em desenvolvimento, possuindo um planejamento urbano e um direcionamento para o seu desenvolvimento não anula as condições favoráveis para o surgimento de problemas ambientais como a ilha urbana de calor. Abordamos o assunto Ilhas de Calor de forma que pudesse esclarecer dúvidas adquirir conhecimento para buscar a compreensão do problema urbano e enxergamos não só este, mas sim um pouco dos problemas ambientais existentes no mundo, e consequentemente despertamos nosso interesse pela ciência.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.