Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 185
LETRAMENTO DIGITAL E PRÁTICA DOCENTE: UM ESTUDO DE CASO DO TIPO ETNOGRÁFICO NUMA ESCOLA PÚBLICA

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO, FORMAÇÃO DOCENTE, LETRAMENTO DIGITAL Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DOCENTE: SABERES, SUJEITOS E PRÁTICAS Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

Este artigo tem como objeto sintetizar os resultados de estudo sobre a prática docente intermediada por tecnologias digitais, tendo como foco a questão do letramento digital. Entender a relação que o professor estabelece com as Tecnologias de Informação e Comunicação é de fundamental importância para a elaboração de políticas de formação de professores mais orientadas com as demandas observadas em sala de aula, em especial aquelas voltadas para a inclusão digital não só dos alunos, mas também dos docentes. Utiliza a abordagem etnográfica de pesquisa para subsidiar o estudo de caso de um professor da Educação Básica – sujeito da pesquisa – no município de São Bento do Una – PE, numa escola que disponibiliza, para as atividades cotidianas, recursos digitais (lousas digitais, equipamentos diversos de informática, dentre outros). Este estudo busca a perspectiva desse professor sobre os usos na prática docente das tecnologias disponibilizadas pela escola, analisando como o mesmo neste contexto se apropria desses recursos tecnológicos e quais aspectos referentes à sua formação e letramento digital sua prática com o uso de mídias pode revelar. Nesse sentido, esse estudo justifica-se pelo impacto que as mídias digitais causaram no processo de ensino-aprendizagem e na prática docente e que necessitam de maior compreensão, representando assim uma provocação aos educadores, especialmente no que diz respeito a busca por melhoria da qualidade do ensino. Além disso, ficou evidente com a realização deste trabalho, o enorme desafio que temos em formar e capacitar professores para o uso de mídias como uma ferramenta promotora de aprendizagens significativas que possam aproximar o saber escolar do cotidiano dos alunos. A verdadeira inclusão digital só acontecerá se também nossos professores forem inclusos nesse processo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.