Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 207
O MEIO LÚDICO COMO ESTRATÉGIA EM SALA DE AULA: JOGO EDUCATIVO SOBRE FONTES DE ENERGIA NO COTIDIANO.

Palavra-chaves: ENSINO DE FÍSICA, JOGO, ENERGIA Comunicação Oral (CO) Atividades nas aulas de Física: experiência da prática docente no Ensino Médio Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O trabalho apresenta o desenvolvimento de uma proposta didática utilizando como estratégia para o ensino de Energia no nível médio um jogo educativo de questionamentos. A proposta foi elaborada por bolsistas, participantes do PIBID/UEPB atuantes no subprojeto de Física, juntamente com o coordenador do subprojeto e a professora supervisora atuante na escola participante. Participaram da atividade trinta e três estudantes do primeiro ano do Ensino médio regular de uma escola estadual situada em Campina Grande na Paraíba, e aconteceu no tempo estimado de duas aulas, somando noventa minutos. A escolha dessa estratégia foi por se tratar de uma abordagem dinâmica e atrativa, a qual permitiu que os estudantes além de participarem ativamente do seu processo de aprendizagem se divirtam, afirmando o caráter lúdico que a atividade proporcionou ao processo de ensino e aprendizagem de conceitos de Física. O jogo apresentou como objetivo principal promover a construção de relações entre conceitos de Energia com situações cotidianas dos estudantes participantes. A metodologia do jogo se deu da seguinte maneira: foram apresentadas situações comuns à realidade dos estudantes, e em seguida dispostas respostas relacionadas ao tipo de energia envolvido na situação, os estudantes apresentaram placas que afirmavam a resposta escolhida por eles, além disso, apresentaram suas justificativas para a escolha de cada opção, para que assim pudéssemos compreender as ideias e atitudes dos estudantes frente a cada situação. Os estudantes se mostraram bastante receptivos à abordagem utilizada, por se tratar de uma atividade dinâmica e divertida, mas sem comprometer a discussão do conteúdo que se deu de forma bastante concreta. Assim, os estudantes foram capazes de construir relações sólidas entre os conhecimentos que construíram em sala de aula e as situações vividas na sua realidade, além disso, o estudante também é capaz de compreender a real natureza dos conceitos científicos desconstruindo a ideia de que a Física é uma ciência desconectada da realidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.