Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

O MEIO LÚDICO COMO ESTRATÉGIA EM SALA DE AULA: JOGO EDUCATIVO SOBRE FONTES DE ENERGIA NO COTIDIANO.

Palavra-chaves: ENSINO DE FÍSICA, JOGO, ENERGIA Comunicação Oral (CO) Atividades nas aulas de Física: experiência da prática docente no Ensino Médio
"2014-11-22 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 10051
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 383
    "inscrito_id" => 361
    "titulo" => "O MEIO LÚDICO COMO ESTRATÉGIA EM SALA DE AULA: JOGO EDUCATIVO SOBRE FONTES DE ENERGIA NO COTIDIANO."
    "resumo" => "O trabalho apresenta o desenvolvimento de uma proposta didática utilizando como estratégia para o ensino de Energia no nível médio um jogo educativo de questionamentos. A proposta foi elaborada por bolsistas, participantes do PIBID/UEPB atuantes no subprojeto de Física, juntamente com o coordenador do subprojeto e a professora supervisora atuante na escola participante. Participaram da atividade trinta e três estudantes do primeiro ano do Ensino médio regular de uma escola estadual situada em Campina Grande na Paraíba, e aconteceu no tempo estimado de duas aulas, somando noventa minutos. A escolha dessa estratégia foi por se tratar de uma abordagem dinâmica e atrativa, a qual permitiu que os estudantes além de participarem ativamente do seu processo de aprendizagem se divirtam, afirmando o caráter lúdico que a atividade proporcionou ao processo de ensino e aprendizagem de conceitos de Física. O jogo apresentou como objetivo principal promover a construção de relações entre conceitos de Energia com situações cotidianas dos estudantes participantes. A metodologia do jogo se deu da seguinte maneira: foram apresentadas situações comuns à realidade dos estudantes, e em seguida dispostas respostas relacionadas ao tipo de energia envolvido na situação, os estudantes apresentaram placas que afirmavam a resposta escolhida por eles, além disso, apresentaram suas justificativas para a escolha de cada opção, para que assim pudéssemos compreender as ideias e atitudes dos estudantes frente a cada situação. Os estudantes se mostraram bastante receptivos à abordagem utilizada, por se tratar de uma atividade dinâmica e divertida, mas sem comprometer a discussão do conteúdo que se deu de forma bastante concreta. Assim, os estudantes foram capazes de construir relações sólidas entre os conhecimentos que construíram em sala de aula e as situações vividas na sua realidade, além disso, o estudante também é capaz de compreender a real natureza dos conceitos científicos desconstruindo a ideia de que a Física é uma ciência desconectada da realidade."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Atividades nas aulas de Física: experiência da prática docente no Ensino Médio"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE FÍSICA, JOGO, ENERGIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_29_10_2014_14_52_37_idinscrito_361_7ef12eb07ddd7e9ce533f031cd2cd661.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA PAULA DE MORAIS SILVA"
    "autor_nome_curto" => "PAULA MORAIS"
    "autor_email" => "maria.paula.demorais@gmai"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 10051
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 383
    "inscrito_id" => 361
    "titulo" => "O MEIO LÚDICO COMO ESTRATÉGIA EM SALA DE AULA: JOGO EDUCATIVO SOBRE FONTES DE ENERGIA NO COTIDIANO."
    "resumo" => "O trabalho apresenta o desenvolvimento de uma proposta didática utilizando como estratégia para o ensino de Energia no nível médio um jogo educativo de questionamentos. A proposta foi elaborada por bolsistas, participantes do PIBID/UEPB atuantes no subprojeto de Física, juntamente com o coordenador do subprojeto e a professora supervisora atuante na escola participante. Participaram da atividade trinta e três estudantes do primeiro ano do Ensino médio regular de uma escola estadual situada em Campina Grande na Paraíba, e aconteceu no tempo estimado de duas aulas, somando noventa minutos. A escolha dessa estratégia foi por se tratar de uma abordagem dinâmica e atrativa, a qual permitiu que os estudantes além de participarem ativamente do seu processo de aprendizagem se divirtam, afirmando o caráter lúdico que a atividade proporcionou ao processo de ensino e aprendizagem de conceitos de Física. O jogo apresentou como objetivo principal promover a construção de relações entre conceitos de Energia com situações cotidianas dos estudantes participantes. A metodologia do jogo se deu da seguinte maneira: foram apresentadas situações comuns à realidade dos estudantes, e em seguida dispostas respostas relacionadas ao tipo de energia envolvido na situação, os estudantes apresentaram placas que afirmavam a resposta escolhida por eles, além disso, apresentaram suas justificativas para a escolha de cada opção, para que assim pudéssemos compreender as ideias e atitudes dos estudantes frente a cada situação. Os estudantes se mostraram bastante receptivos à abordagem utilizada, por se tratar de uma atividade dinâmica e divertida, mas sem comprometer a discussão do conteúdo que se deu de forma bastante concreta. Assim, os estudantes foram capazes de construir relações sólidas entre os conhecimentos que construíram em sala de aula e as situações vividas na sua realidade, além disso, o estudante também é capaz de compreender a real natureza dos conceitos científicos desconstruindo a ideia de que a Física é uma ciência desconectada da realidade."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Atividades nas aulas de Física: experiência da prática docente no Ensino Médio"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE FÍSICA, JOGO, ENERGIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_29_10_2014_14_52_37_idinscrito_361_7ef12eb07ddd7e9ce533f031cd2cd661.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA PAULA DE MORAIS SILVA"
    "autor_nome_curto" => "PAULA MORAIS"
    "autor_email" => "maria.paula.demorais@gmai"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O trabalho apresenta o desenvolvimento de uma proposta didática utilizando como estratégia para o ensino de Energia no nível médio um jogo educativo de questionamentos. A proposta foi elaborada por bolsistas, participantes do PIBID/UEPB atuantes no subprojeto de Física, juntamente com o coordenador do subprojeto e a professora supervisora atuante na escola participante. Participaram da atividade trinta e três estudantes do primeiro ano do Ensino médio regular de uma escola estadual situada em Campina Grande na Paraíba, e aconteceu no tempo estimado de duas aulas, somando noventa minutos. A escolha dessa estratégia foi por se tratar de uma abordagem dinâmica e atrativa, a qual permitiu que os estudantes além de participarem ativamente do seu processo de aprendizagem se divirtam, afirmando o caráter lúdico que a atividade proporcionou ao processo de ensino e aprendizagem de conceitos de Física. O jogo apresentou como objetivo principal promover a construção de relações entre conceitos de Energia com situações cotidianas dos estudantes participantes. A metodologia do jogo se deu da seguinte maneira: foram apresentadas situações comuns à realidade dos estudantes, e em seguida dispostas respostas relacionadas ao tipo de energia envolvido na situação, os estudantes apresentaram placas que afirmavam a resposta escolhida por eles, além disso, apresentaram suas justificativas para a escolha de cada opção, para que assim pudéssemos compreender as ideias e atitudes dos estudantes frente a cada situação. Os estudantes se mostraram bastante receptivos à abordagem utilizada, por se tratar de uma atividade dinâmica e divertida, mas sem comprometer a discussão do conteúdo que se deu de forma bastante concreta. Assim, os estudantes foram capazes de construir relações sólidas entre os conhecimentos que construíram em sala de aula e as situações vividas na sua realidade, além disso, o estudante também é capaz de compreender a real natureza dos conceitos científicos desconstruindo a ideia de que a Física é uma ciência desconectada da realidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.