Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 311
LETRAMENTO E COMPETÊNCIAS COMUNICATIVAS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA NAS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

Palavra-chaves: LETRAMENTO, COMPETÊNCIA COMUNICATIVA, ORALIDADE Pôster (PO) Teoria e prática no ensino de língua portuguesa: unindo escola e sociedade Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O letramento é uma prática social discursiva que tem sido visto como uma atividade relevante dentro da cultura escolar. Somente depois dos adventos do ensino interacionista é que chegamos à ampliação de discussões sobre a realidade entre o letramento e a oralidade. Nesse sentido, espera-se que o ensino de Língua Materna ultrapasse o estudo somente das nomenclaturas gramaticais e funcionais da linguagem, ancorando-se em uma perspectiva interacionista, na qual os discentes possam desenvolver as habilidades de leitura crítica dos diversos gêneros que fazem parte do nosso cotidiano. Dessa forma, ao instruir os educandos quanto à importância de esses relacionarem o texto lido à sua vida em comunidade, os docentes estarão contribuindo para autonomia dos indivíduos e evitando possíveis fracassos (nas atividades que necessitarão das competências comunicativas exigidas pela sociedade). Partindo desse pressuposto, o nosso estudo centra-se na utilização das praticas do letramento que envolve: oralidade, escrita e leitura, na Educação Básica. Este trabalho apresenta os relatos de experiências das bolsistas do subprojeto de Letras- Português na Escola Estadual de Ensino Médio Inovador Obdúlia Dantas em Catolé do Rocha-PB na terceira série “A”. No qual, buscamos, a partir do gênero charge, música e conto, promover nos educandos o desejo pela leitura como fonte de libertação. O objetivo foi ampliar os conceitos de leitura resultando em um maior desenvolvimento das habilidades orais e escritas dos discentes. Com o nosso estudo percebemos que os discentes ainda alimentam fortes rejeições pela disciplina de língua portuguesa, pois muitos a entendem como o monitoramento a fala em relação a gramática normativa. Com um ensino contextualizado e interativo, nós bolsistas junto à professora da sala conseguimos atrair os aprendentes da criticidade na sociedade contemporânea.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.