Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 196
A PERCEPÇÃO DOS ESTUDANTES DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE CAMPINA GRANDE, ACERCA DA IMPORTÂNCIA DA ARBORIZAÇÃO NA ZONA URBANA.

Palavra-chaves: ARBORIZAÇÃO, EDUCAÇÃO AMBIENTAL, ENSINO MÉDIO Pôster (PO) A Biologia na perspectiva do Ensino Médio Inovador: propondo ações integradas de ensino, pesquisa e extensão Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

Este trabalho está sendo desenvolvido, com o intuito de verificar o conhecimento prévio de 25 estudantes do terceiro ano do ensino médio inovador da escola pública, E.E.E.M.E.P. Dr. Elpídio de Almeida, localizado no Bairro da Prata, município de Campina Grande – PB. Visando verificar a percepção dos estudantes, acerca da importância da arborização no seu contexto social e analisar os conhecimentos destes estudantes, com relação às plantas nativas e plantas exóticas presentes nas residências e/ou ruas; nas quais estes residem. Através dos avanços da Educação Ambiental, a sociedade apresenta uma maior compreensão sobre a importância do meio ambiente. Neste contexto, as instituições de ensino, sejam elas de nível médio ou superior, apresentam uma forte tarefa em alcançar uma transformação conscientizadora. Diante disto, é importante repensar o ensino de Ciências/Biologia nas escolas quanto a arborização urbana, proporcionando um maior conhecimento acerca da importância da arborização. Pois esta apresenta uma grande importância para a população, por apresentar funções ecológicas, econômicas e sociais, além de ser essencial para a qualidade de vida e indispensável para o desenvolvimento urbano. Para o levantamento dos conhecimentos dos estudantes, foram aplicados questionários para diagnóstico prévio, com perguntas dissertativas e de múltipla escolha e um questionário socioeconômico. Dando continuidade ao trabalho foi realizado o minicurso, abordando com ênfase e debatendo com os estudantes compreensões acerca do tema trabalhado, além da importância no meio social. Após o minicurso foi feito uma oficina, onde foram identificadas algumas espécies de plantas presentes no âmbito escolar. Logo em seguida, será feita uma pesquisa de campo, onde os estudantes irão identificar as plantas que são nativas ou exóticas, identificando seu nome vulgar e científico, presentes nas residências e/ou ruas nas quais residem. Por último, será realizado um pós diagnóstico através de um questionário, onde poderá analisar a percepção dos alunos a partir do que foi desenvolvido durante o projeto, comparando com as respostas do pré-diagnóstico, verificando se houve uma mudança na percepção sobre a importância da arborização. De acordo, com o que já foi desenvolvido, pôde-se observar uma mudança nas habilidades dos estudantes, com relação à conscientização para a preservação da arborização, trazendo um novo olhar para construção do conhecimento, visando tornaras aulas mais atrativas e significativas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.