Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

TRABALHANDO VOCABULÁRIO EM SALA DE AULA:UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: VOCABULÁRIO, LÍNGUA INGLESA, INTERAÇÃO Comunicação Oral (CO) Abordagens em língua inglesa: reflexões e práticas docentes no contexto de formação inicial e continuada
"2014-11-22 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1638
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 10041
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 346
    "inscrito_id" => 403
    "titulo" => "TRABALHANDO VOCABULÁRIO EM SALA DE AULA:UM RELATO DE EXPERIÊNCIA"
    "resumo" => "TRABALHANDO VOCABULÁRIO EM SALA DE AULA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Cristiane Vieira Falcão (PIBID/CAPES/UEPB) Maria Glayce Kelly O. da Silva (PIBID/CAPES/UEPB)Rosangela Neres Araújo da Silva(PIBID/CAPES/UEPB) rneres@terra.com.brRESUMOÉ sempre um desafio para o professor de língua estrangeira fugir da abordagem tradicional, na tentativa de encontrar metodologias eficazes para o ensino de vocabulário .Assim sendo, o presente trabalho relata uma experiência de ensino de vocabulário desenvolvida por professores em formação inicial do curso de Letras-Inglês da Universidade Estadual da Paraíba, que integram o Subprojeto de Língua Inglesa do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) em uma  turma do 7º ano do Ensino Fundamental, no Centro Educacional Osmar de Aquino,em Guarabira. O objetivo é apresentar uma proposta de ensino de vocabulário mais eficaz inserida na abordagem direta e na teoria de aprendizagem sócio-interacional, priorizando a participação dos estudantes no processo de aprendizagem e o desenvolvimento de suas habilidades linguísticas. Na metodologia, começamos com o “warm up”, perguntando se eles conheciam partes do corpo em inglês. Pedimos que a turma se dividisse em grupos e foram entregues flash cards com as partes do corpo para todos os grupos e cada grupo ficou responsável por uma parte diferente do corpo. Os resultados foram surpreendentes, pois conseguiram atingir nossas expectativas quanto ao reconhecimento das partes do corpo em inglês. Percebemos que usando o próprio corpo para apresentar  o vocabulário, os alunos facilmente relacionaram a palavra com a parte do corpo. Concluímos que, mesmo diante das dificuldades é possível utilizar a língua-alvo nas aulas e inserir os estudantes em um ambiente dinâmico, onde o ensino possa focar-se em uma memorização de palavras de forma eficaz afim de que, quando desafiados a usar determinado vocabulário eles tenham competência. PALAVRAS-CHAVE: Vocabulário, Língua Inglesa, Interação"
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Abordagens em língua inglesa: reflexões e práticas docentes no contexto de formação inicial e continuada"
    "palavra_chave" => "VOCABULÁRIO, LÍNGUA INGLESA, INTERAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_24_10_2014_14_57_08_idinscrito_403_5c974031d8df11104d1bd95a06bc4759.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA GLAYCE KELLY OLIVEIRA DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "GLAYCE KELLY"
    "autor_email" => "glayceoliveira20@gmail.co"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 10041
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 346
    "inscrito_id" => 403
    "titulo" => "TRABALHANDO VOCABULÁRIO EM SALA DE AULA:UM RELATO DE EXPERIÊNCIA"
    "resumo" => "TRABALHANDO VOCABULÁRIO EM SALA DE AULA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Cristiane Vieira Falcão (PIBID/CAPES/UEPB) Maria Glayce Kelly O. da Silva (PIBID/CAPES/UEPB)Rosangela Neres Araújo da Silva(PIBID/CAPES/UEPB) rneres@terra.com.brRESUMOÉ sempre um desafio para o professor de língua estrangeira fugir da abordagem tradicional, na tentativa de encontrar metodologias eficazes para o ensino de vocabulário .Assim sendo, o presente trabalho relata uma experiência de ensino de vocabulário desenvolvida por professores em formação inicial do curso de Letras-Inglês da Universidade Estadual da Paraíba, que integram o Subprojeto de Língua Inglesa do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) em uma  turma do 7º ano do Ensino Fundamental, no Centro Educacional Osmar de Aquino,em Guarabira. O objetivo é apresentar uma proposta de ensino de vocabulário mais eficaz inserida na abordagem direta e na teoria de aprendizagem sócio-interacional, priorizando a participação dos estudantes no processo de aprendizagem e o desenvolvimento de suas habilidades linguísticas. Na metodologia, começamos com o “warm up”, perguntando se eles conheciam partes do corpo em inglês. Pedimos que a turma se dividisse em grupos e foram entregues flash cards com as partes do corpo para todos os grupos e cada grupo ficou responsável por uma parte diferente do corpo. Os resultados foram surpreendentes, pois conseguiram atingir nossas expectativas quanto ao reconhecimento das partes do corpo em inglês. Percebemos que usando o próprio corpo para apresentar  o vocabulário, os alunos facilmente relacionaram a palavra com a parte do corpo. Concluímos que, mesmo diante das dificuldades é possível utilizar a língua-alvo nas aulas e inserir os estudantes em um ambiente dinâmico, onde o ensino possa focar-se em uma memorização de palavras de forma eficaz afim de que, quando desafiados a usar determinado vocabulário eles tenham competência. PALAVRAS-CHAVE: Vocabulário, Língua Inglesa, Interação"
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Abordagens em língua inglesa: reflexões e práticas docentes no contexto de formação inicial e continuada"
    "palavra_chave" => "VOCABULÁRIO, LÍNGUA INGLESA, INTERAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_24_10_2014_14_57_08_idinscrito_403_5c974031d8df11104d1bd95a06bc4759.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA GLAYCE KELLY OLIVEIRA DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "GLAYCE KELLY"
    "autor_email" => "glayceoliveira20@gmail.co"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

TRABALHANDO VOCABULÁRIO EM SALA DE AULA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Cristiane Vieira Falcão (PIBID/CAPES/UEPB) Maria Glayce Kelly O. da Silva (PIBID/CAPES/UEPB)Rosangela Neres Araújo da Silva(PIBID/CAPES/UEPB) rneres@terra.com.brRESUMOÉ sempre um desafio para o professor de língua estrangeira fugir da abordagem tradicional, na tentativa de encontrar metodologias eficazes para o ensino de vocabulário .Assim sendo, o presente trabalho relata uma experiência de ensino de vocabulário desenvolvida por professores em formação inicial do curso de Letras-Inglês da Universidade Estadual da Paraíba, que integram o Subprojeto de Língua Inglesa do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) em uma turma do 7º ano do Ensino Fundamental, no Centro Educacional Osmar de Aquino,em Guarabira. O objetivo é apresentar uma proposta de ensino de vocabulário mais eficaz inserida na abordagem direta e na teoria de aprendizagem sócio-interacional, priorizando a participação dos estudantes no processo de aprendizagem e o desenvolvimento de suas habilidades linguísticas. Na metodologia, começamos com o “warm up”, perguntando se eles conheciam partes do corpo em inglês. Pedimos que a turma se dividisse em grupos e foram entregues flash cards com as partes do corpo para todos os grupos e cada grupo ficou responsável por uma parte diferente do corpo. Os resultados foram surpreendentes, pois conseguiram atingir nossas expectativas quanto ao reconhecimento das partes do corpo em inglês. Percebemos que usando o próprio corpo para apresentar o vocabulário, os alunos facilmente relacionaram a palavra com a parte do corpo. Concluímos que, mesmo diante das dificuldades é possível utilizar a língua-alvo nas aulas e inserir os estudantes em um ambiente dinâmico, onde o ensino possa focar-se em uma memorização de palavras de forma eficaz afim de que, quando desafiados a usar determinado vocabulário eles tenham competência. PALAVRAS-CHAVE: Vocabulário, Língua Inglesa, Interação

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.