Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 54
“PRA QUE ESTUDAR O PASSADO?” APOIO AO APRENDIZADO ESCOLAR DE HISTÓRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL

Palavra-chaves: HISTÓRIA, ENSINO FUNDAMENTAL, EDUCAÇÃO, REFORÇO ESCOLAR Pôster (PO) GT 17 – Ensino e suas interseções

Resumo

Este projeto tem por finalidade aproximar a universidade da escola, visando atenuar as barreiras encontradas no processo de ensino-aprendizagem em História no ensino fundamental. Para alcançar tal objetivo o coordenador do projeto irá atuar junto com os discentes do curso de História da UEMG Campanha na Escola Estadual Benedita Roquim, realizando atividades de extensão que visam aulas de apoio ao aprendizado na disciplina História. Na oportunidade, os alunos do curso de História contemplarão a reflexão sobre a prática pedagógica, constituindo-se num momento privilegiado para a formação destes. Neste sentido, a reflexão, não é somente um simples processo de formação, mas, sobretudo de mudança de postura para com o ensino-aprendizagem em História. Os objetivos são, contribuir para um conhecimento mais amplo e crítico da história, desenvolvendo o autoconhecimento e auto estima dos alunos envolvidos; capacitar os estudantes do curso de licenciatura plena em História da UEMG Campanha para atividades de extensão; comparar acontecimentos no tempo; estabelecer relações entre presente e passado; propor melhorias no ensino-aprendizagem em sala de aula mediante ações de extensão. São três as etapas metodológicas do projeto, encontro da equipe executora com professores que ministram aulas de História na escola, para traçar perfil do grupo a ser trabalhado, compreensão do projeto de extensão, traçar metas e planejar atividades; apresentação da equipe executora aos alunos das turmas selecionadas, atividades iniciais (diagnóstico do conhecimento dos alunos acerca da história, seus questionamentos sobre os conteúdos e dificuldades), nesta etapa será privilegiado a exposição oral por parte dos alunos, de modo a estimular o raciocínio, a argumentação e articulação das ideias; depois de diagnosticados temas ou conteúdos com maior dificuldade de aprendizado dos alunos do ensino fundamental, os discentes do curso de História envolvidos com a ação extensionista, proporão atividades diferenciadas com recursos metodológicos novos para promover o apoio necessário a promoção dos educandos do ensino fundamental e para consolidação do conhecimento histórico. Como resultados parciais, destacam-se o envolvimento dos alunos com a bolsista e os voluntários, maior desenvolvimento e entusiasmo dos alunos em sala quanto aos conteúdos, mais conhecimento sobre a cidade da Campanha, compreensão da ideia de "documento" e sua importância como fonte de informações para entendimento da história e do passado.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.