Artigo Anais VII FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 131
EDUCAÇÃO PROFISSIONAL: A EXPERIÊNCIA DE UMA ESCOLA CEARENSE

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, EDUCAÇÃO BÁSICA, ENSINO MÉDIO PROFISSIONALIZANTE Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Ensino Médio e Educação Profissional

Resumo

Em decorrência do Decreto nº 5.154, de 23 de julho de 2004, o ensino médio brasileiro passou a ser articulado ao curso técnico de nível médio. Nesse sentido, o objeto dessa pesquisa recaiu sobre a educação profissional no Ceará. O lócus da investigação foi a Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Alan Pinho Tabosa, por configurar-se em uma escola de Educação Básica a ter uma universidade federal como co-gestora pedagógica, em colaboração estabelecida com a Secretaria da Educação do Estado – SEDUC. A pesquisa, de caráter bibliográfico e documental, possui fundamentação teórica - metodológica nos estudos de Kuenzer (2007); Manfredi (2002); Ramos (2011); Oliveira (2006), dentre outros. Objetivamos compreender a proposta pedagógica da referida instituição escolar, com base nos principais aspectos da integração do Ensino Médio ao ensino técnico profissionalizante de nível médio, utilizando como documentos basilares o Projeto Político Pedagógico (PPP), o Regimento Escolar, bem como a Lei de Diretrizes e Base da Educação nº 9.394/96, os Parâmetros Curriculares Nacionais para o ensino Médio (PCNEM) e as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Desta feita, consideramos em nossa análise, que a EEEP Alan Pinho Tabosa configura-se em uma instituição escolar diferenciada das demais instituições existentes no Ceará, ao adotar a aprendizagem cooperativa em sala de aula. Entretanto, destacamos, que embora a referida instituição esteja cercada de apoios pedagógicos advindos da SEDUC e da Universidade Federal do Ceará (UFC), ainda encontra dificuldades na implementação da metodologia proposta.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.