Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 246
JOGANDO COM A HISTÓRIA: UMA EXPERIÊNCIA DO PIBID NA E.E.F.M. PROFESSOR RAUL CÓRDULA

Palavra-chaves: ENSINO DE HISTÓRIA, INTERDISCIPLINARIDADE, JOGO Comunicação Oral (CO) Ensino de História e formação docente Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O artigo a seguir busca, através da relação do jogo didático com o ensino de história, discutir a ligação de alunos e alunas com o ensino da disciplina, seus silêncios e distanciamentos nas aulas e o relato da aplicação do jogo de tabuleiro “Indícios da história/Islamismo”. A posição de alguns professores (as) de história, diante do desinteresse de seus alunos é em alguns momentos de desanimo, pois, ao enxergarem que a história não “afeta” a vida destes, muitas vezes se veem sem alternativas para contornar tal problemática. Sendo assim, se observa que já há algum tempo o jogo didático vem sendo utilizado nas aulas de história como recurso didático pedagógico que desperte o interesse dos alunos pela disciplina. Por trazer em geral, um formato lúdico e ter a capacidade de construir laços de interação social entre os alunos e seus pares, ele aparece hoje também, como um fator relevante na aproximação da história com as experiências e vivências do alunado. O “Jogar” com história, também permite que os alunos explorem de forma mais prazerosa as possibilidades de trocas de saberes e da interdisciplinaridade, que neste relato, se dá entre as disciplinas de história e geografia. Por este viés, e sob orientação teórica e metodológica de professores e especialistas no tema jogo didático e ensino de história, narraremos como seu deu a experiência da aplicação do jogo de tabuleiro “Indícios da história/ Islamismo” realizado sob intervenção do Subprojeto do PIBID de História/UEPB Campus I, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Raul Córdula na cidade de Campina Grande, PB.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.