Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

A APLICAÇÃO DA ELETROPNEUMÁTICA NA ESCOLA BÁSICA: O TEATRO E A ROBÓTICA NA INTERAÇÃO COM O COTIDIANO

Palavra-chaves: TEATRO, ROBÓTICA, HIDROSTÁTICA Comunicação Oral (CO) Atividades nas aulas de Física: experiência da prática docente no Ensino Médio Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) estabelecem que haja uma interligação entre o conteúdo e o cotidiano do aluno, estabelece também que novas formas de abordagens sejam utilizadas com o intuito de dinamizar o ensino de ciências, fazendo com que através desta intenção, a interligação conteúdo-cotidiano aconteça. A partir disso, neste trabalho trazemos um relato de uma experiência em que utilizamos o teatro (sociodrama) com notícias do dia a dia adaptados de meios de comunicação, como uma forma lúdica que serviu de motivação para o estudo da Hidrostática. Ainda utilizamos um jogo didático denominado Passa ou Repassa, um kit de pneumática da Fischertechnik, além da utilização de um experimento didático chamado pinça hidráulica e magnética como recurso didático para a abordagem do tema. A pesquisa foi realizada em agosto de 2014 com onze alunos do segundo ano do ensino médio na disciplina de Iniciação Cientifica e Pesquisa (ICP), da Escola Estadual de Ensino Médio Inovador Nenzinha Cunha Lima, localizada no município de Campina Grande – Paraíba. Os resultados foram obtidos através da reação dos alunos com cada atividade realizada e também em forma fotografias e vídeos. Através dos resultados obtidos evidenciamos a importância da utilização do teatro no ensino como forma de problematização e instigação ao conhecimento abordado, que vinculado ao jogo e ao estudo introdutório da robótica possibilita aos alunos, interesse, curiosidade, permitindo-os relacionar os estudos da escola, com aplicações do seu cotidiano e fazendo também com que a física seja desmistificada, perdendo a visão de uma ciência puramente matemática e de difícil compreensão.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.