Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 225
OS AGROTÓXICOS E O MEIO AMBIENTE: UMA PROPOSTA DE UNIDADE DE ENSINO POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA PARA TRABALHAR CONCEITOS DE SOLUÇÕES COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO.

Palavra-chaves: ENSINO DE QUÍMICA, UEPS, AGROTÓXICOS E MEIO AMBIENTE Pôster (PO) Ensino de Química: investigações e vivências da realidade docente na Educação Básica Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

As unidades de Ensino Potencialmente Significativas (UEPS), tomam como base um conjunto de teorias de aprendizagem que tem o intuito de promover um ensino com base na aprendizagem significativa (Moreira, 2011). Elas são constituidas por etapas, que nas sequências em que são propostas, tem o objetivo de gerar uma aprendizagem significativa, partindo das premissas de que não há ensino sem aprendizagem, logo o ensino é o meio e a aprendizagem é o fim. Essas etapas irão atuar como guias que ajudarão na elaboração das unidades didáticas de ensino, cabendo ao professor buscar segui-las ou adaptá-las de acordo com a sua realidade escolar. (Hilger e Griebeler, 2013).Neste sentido, a presente proposta foi elaborada dentro do projeto PROBEX/ UEPB 2013-2014, cujo objetivo foi de elaborar uma unidade de ensino potencialmente significativa para trabalhar o conteúdo de soluções através do tema gerador agrotóxicos e o meio ambiente, com alunos do 2° de uma escola pública do estado da Paraíba numa perspectiva CTSA. O movimento CTSA (Ciência - Tecnologia – Sociedade- Meio Ambiente) apresenta um caráter interdisciplinar, manifestando a preocupação central com os aspectos sociais relativos às aplicações da ciência e tecnologia, para a promoção do exercício da cidadania. Ao inter- relacionar o enfoque CTS no ensino das ciências, os recursos e estratégias utilizados configuram-se como relevantes para dar sentido a temas e problemas a fim de ajudar os alunos a verem sentido nos conceitos científicos. As etapas que constituem a UEPS são divididas em 6 momentos: 1° momento: Levantamento das concepções alternativas dos estudantes a partir da leitura de imagens representando os conceitos de soluções que serão explorados no decorrer das etapas através do tema gerador: Agrotóxicos e o meio Ambiente; 2° momento: exposição do vídeo: Agrotóxicos: Contra quem? A favor de quem?, com questões problematizadoras para serem discutidas após a exposição do vídeo; 3° momento: o processo de ensino (EXPOSIÇÃO DOS CONCEITOS CIENTÍFICOS: soluções, quantidade de matéria, massa atômica, molecular e molar, concentração e suas unidades, cálculo da concentração de soluções, composição e classificação das soluções), utilizando imagens e novas situações problemas; 4° Momento: texto de divulgação científica ( Título: O Mar Morto) com questões discursivas; 5° Momento: Júri Simulado com o título, Agrotóxicos: Contra quem? A favor de quem?; 6° Momento: Avaliação somativa: resolução de atividades na perspectiva do ENEM. A proposta está sendo aplicada com os estudantes do 2° ano que participam do projeto Ações construtivas para o conhecimento químico nas escolas públicas da Paraíba, cujo objetivo é aprimorar o conhecimento e aprendizado dos estudantes com relação ao conteúdo proposto pela UEPS. Espera-se que a proposta possa se constituir como um valioso recurso capaz de promover uma aprendizagem significativa para os alunos, colaborando para a motivação do estudo do conteúdo de soluções a partir do tema gerador proposto, no contexto da Educação Básica.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.