Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 192
JOGO NO ENSINO DE QUÍMICA: COMPOSTOS ORGÂNICOS BRINCANDO COM O LÚDICO

Palavra-chaves: COMPOSTOS ORGÂNICOS, ENSINO DE QUÍMICA, JOGO Pôster (PO) Ensino de Química: investigações e vivências da realidade docente na Educação Básica

Resumo

Algumas alternativas de ensino podem ser empregadas para favorecer o aprendizado dos conteúdos, buscando de forma desafiadora motivar o estudante a buscar respostas. O jogo por sua vez, pode ser uma alternativa viável para auxiliar nas aulas em tal processo. Percebe-se assim que os estudantes utilizam estas ferramentas para desenvolver habilidades como maneira de articular os conhecimentos de modo dinâmico e interativo. O professor de química tem consciência que existem dificuldades e resistências ao adotar o estilo tradicional, sendo assim é de fundamental importância tornar as aulas mais dinâmicas e prazerosas. Frente ao exposto, se torna importante a aplicação de aulas dinâmicas, como por exemplo, através de jogos educativos como ferramenta que pode auxiliar no processo de ensino-aprendizagem que consequentemente, acarretará em maior participação dos estudantes em sala de aula, transformando o modo de ensinar uma forma mais dinâmica, desafiadora e prazerosa. Com está perspectiva pensou-se em construir um jogo didático-pedagógico, de modo a contribuir na construção do conhecimento dos estudantes de tal maneira que seja um meio facilitador para a compreensão dos estudantes no conteúdo de Funções Orgânicas, tornando o aprendizado significativo, prazeroso para os mesmos. Inicialmente para a construção jogo foi necessário pesquisar alguns conteúdos de química no qual pudesse auxiliar o professor em suas aulas, neste sentido a literatura apresenta poucos jogos sobre as funções orgânicas. Daí a escolha deste conteúdo para a elaboração do jogo didático que tem como titulo: Compostos Orgânicos. O presente jogo pode ser utilizado como ferramenta de ensino na Química Orgânica de modo a contribuir para o conhecimento científico dos estudantes, sem fazer o uso da aprendizagem por meio de memorização. No ensino de Química o educador deve utilizar de estratégias para torna-lo produtivo e motivador, afim de gerar uma aprendizagem significativa. O jogo elaborado pode ser uma ferramenta que conduzirá o processo de ensino e aprendizagem do conteúdo de funções orgânicas no contexto da educação básica. A proposta do jogo está apta para ser aplicada com estudantes do 3° ano do ensino médio, com o intuito de melhorar a interação entre aluno-professor na sala de aula.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.