Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 297
UNIDADE DE POESIA INTENSIVA (UPI): PROPOSTA PARA UMA EDUCAÇÃO POÉTICA NA ESCOLA

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO LITERÁRIA, POESIA, ENSINO Comunicação Oral (CO) Práticas de Gestão Pedagógica no âmbito do PIBID Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

Vinculado ao Projeto Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), o presente trabalho é fruto de nossas intervenções em uma das escolas da rede pública de ensino da cidade de Monteiro onde estamos desenvolvendo um conjunto de ações que visa fazer com que a prática de leitura, sobretudo a de textos literários, se torne uma ação efetiva nas aulas de língua Portuguesa. Nossa preocupação com a forma como o texto literário circula no interior da escola é uma ação política que advoga, na esteira de Antonio Candido (1995, 2002), a importância da literatura no processo de formação do ser humano e vê na escola uma das agências imprescindíveis para que esse processo se realize com êxito, apesar dos percalços existentes. No caso deste nosso trabalho, apresentamos a sugestão de criação de uma Unidade de Poesia Intensiva (UPI) como um espaço de fomento à leitura literária a partir de ações, como a criação de pílulas poéticas, que possam expandir-se para além da sala de aula e envolver toda a comunidade escolar em torno de práticas significativas de leitura que propiciem aos alunos uma significativa e sólida educação literária. Para a realização do presente trabalho, seguimos as orientações teórico-metodológicas de Tavares (2007), Candido (1995, 2002), Eco (2003), bem como de alguns documentos oficiais, como as Orientações Curriculares para o Ensino Médio (2006). Como mostraremos ao longo do presente artigo, os resultados por nós obtidos foram bastante satisfatórios, não só porque permitiram a aproximação dos alunos para com a literatura, sobretudo com o gênero poema, este que ocupa um lugar à margem na escola, e também para nós, professores em formação inicial, pois, a partir das intervenções que realizamos, pudemos perceber que, se nossas práticas forem ressignificadas a partir do planejamento sério e do uso de metodologia adequada, o trabalho em sala de aula pode amalgamar saber e sabor.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.