Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

REFLETINDO A AVALIAÇÃO EDUCACIONAL

Palavra-chaves: AVALIAÇÃO, ENSINO, APRENDIZAGEM Pôster (PO) O exercício da Pedagogia: possibilidades participativas na Educação Básica
"2014-11-21 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 9816
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 152
    "inscrito_id" => 1149
    "titulo" => "REFLETINDO A AVALIAÇÃO EDUCACIONAL"
    "resumo" => "O presente trabalho busca trazer uma discussão sobre as concepções de avaliação educacional defendida por alguns autores. O objetivo deste artigo é oferecer subsídios aos profissionais da educação para que possam trabalhar as dificuldades dos educandos de forma satisfatória, além de buscar algumas maneiras de avaliar e mostrar possíveis caminhos para uma avaliação condizente com a realidade dos educandos. Apesar do leque de possibilidades que a avaliação educacional oferece, há inúmeros problemas que são evidentes quanto à aplicabilidade de forma incorreta deste instrumental. Em alguns contextos, a avaliação é interpretada como objeto de julgamento, ameaça e punição, transparecendo terror para muitos. Desta maneira, o presente estudo torna-se relevante no momento em que propicia um maior entendimento sobre o processo educativo, em especial a avaliação.  É necessário ter consciência que o processo avaliativo é de igual importância no âmbito educacional, porém, se mal ministrado, pode prejudicar todo trabalho já desenvolvido. Esta etapa propicia não só um momento do professor avaliar o aluno, mas também de autoavaliar-se. Para a construção deste trabalho, utilizou-se como procedimento metodológico a pesquisa bibliográfica no intuito de fundamentar as ideias apresentadas. Para tanto, recorremos aos construtos teóricos de autores que tratam dessa temática, sendo estes: HOFFMANN (2010), DEMO (2008). Durante a leitura, foram observadas as diferentes maneiras de se conceber a avaliação nas salas de aula e como a avaliação pode ter um resultado inverso do esperado. Invés de contribuir no processo educativo, ela poderá prejudicar o mesmo.  Portanto, a avaliação tem sido utilizada de forma incorreta, tornando-se uma vítima de quem a utiliza como mero instrumento de poder, classificando-a, muitas vezes, excludente quando deveria ser includente. Diante da discussão realizada, emergiu a nossa preocupação como futuros educadores frente ao desafio que iremos encontrar diante das dificuldades educacionais. Desta maneira, concluímos que é necessária uma constante reflexão sobre a prática avaliativa, como possibilidade de contribuir com mudanças significativas no processo de ensino e aprendizagem e propiciar um maior entendimento sobre as concepções e aplicabilidade deste processo."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "O exercício da Pedagogia: possibilidades participativas na Educação Básica"
    "palavra_chave" => "AVALIAÇÃO, ENSINO, APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_21_10_2014_10_23_03_idinscrito_1149_3896e83c91dfd0b2fcb744b20f58c5b9.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:14"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DAIANE DIAS FARIAS"
    "autor_nome_curto" => "DAIANE"
    "autor_email" => "daianetati@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI- URCA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 9816
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 152
    "inscrito_id" => 1149
    "titulo" => "REFLETINDO A AVALIAÇÃO EDUCACIONAL"
    "resumo" => "O presente trabalho busca trazer uma discussão sobre as concepções de avaliação educacional defendida por alguns autores. O objetivo deste artigo é oferecer subsídios aos profissionais da educação para que possam trabalhar as dificuldades dos educandos de forma satisfatória, além de buscar algumas maneiras de avaliar e mostrar possíveis caminhos para uma avaliação condizente com a realidade dos educandos. Apesar do leque de possibilidades que a avaliação educacional oferece, há inúmeros problemas que são evidentes quanto à aplicabilidade de forma incorreta deste instrumental. Em alguns contextos, a avaliação é interpretada como objeto de julgamento, ameaça e punição, transparecendo terror para muitos. Desta maneira, o presente estudo torna-se relevante no momento em que propicia um maior entendimento sobre o processo educativo, em especial a avaliação.  É necessário ter consciência que o processo avaliativo é de igual importância no âmbito educacional, porém, se mal ministrado, pode prejudicar todo trabalho já desenvolvido. Esta etapa propicia não só um momento do professor avaliar o aluno, mas também de autoavaliar-se. Para a construção deste trabalho, utilizou-se como procedimento metodológico a pesquisa bibliográfica no intuito de fundamentar as ideias apresentadas. Para tanto, recorremos aos construtos teóricos de autores que tratam dessa temática, sendo estes: HOFFMANN (2010), DEMO (2008). Durante a leitura, foram observadas as diferentes maneiras de se conceber a avaliação nas salas de aula e como a avaliação pode ter um resultado inverso do esperado. Invés de contribuir no processo educativo, ela poderá prejudicar o mesmo.  Portanto, a avaliação tem sido utilizada de forma incorreta, tornando-se uma vítima de quem a utiliza como mero instrumento de poder, classificando-a, muitas vezes, excludente quando deveria ser includente. Diante da discussão realizada, emergiu a nossa preocupação como futuros educadores frente ao desafio que iremos encontrar diante das dificuldades educacionais. Desta maneira, concluímos que é necessária uma constante reflexão sobre a prática avaliativa, como possibilidade de contribuir com mudanças significativas no processo de ensino e aprendizagem e propiciar um maior entendimento sobre as concepções e aplicabilidade deste processo."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "O exercício da Pedagogia: possibilidades participativas na Educação Básica"
    "palavra_chave" => "AVALIAÇÃO, ENSINO, APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_21_10_2014_10_23_03_idinscrito_1149_3896e83c91dfd0b2fcb744b20f58c5b9.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:14"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DAIANE DIAS FARIAS"
    "autor_nome_curto" => "DAIANE"
    "autor_email" => "daianetati@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI- URCA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 21 de novembro de 2014

Resumo

O presente trabalho busca trazer uma discussão sobre as concepções de avaliação educacional defendida por alguns autores. O objetivo deste artigo é oferecer subsídios aos profissionais da educação para que possam trabalhar as dificuldades dos educandos de forma satisfatória, além de buscar algumas maneiras de avaliar e mostrar possíveis caminhos para uma avaliação condizente com a realidade dos educandos. Apesar do leque de possibilidades que a avaliação educacional oferece, há inúmeros problemas que são evidentes quanto à aplicabilidade de forma incorreta deste instrumental. Em alguns contextos, a avaliação é interpretada como objeto de julgamento, ameaça e punição, transparecendo terror para muitos. Desta maneira, o presente estudo torna-se relevante no momento em que propicia um maior entendimento sobre o processo educativo, em especial a avaliação. É necessário ter consciência que o processo avaliativo é de igual importância no âmbito educacional, porém, se mal ministrado, pode prejudicar todo trabalho já desenvolvido. Esta etapa propicia não só um momento do professor avaliar o aluno, mas também de autoavaliar-se. Para a construção deste trabalho, utilizou-se como procedimento metodológico a pesquisa bibliográfica no intuito de fundamentar as ideias apresentadas. Para tanto, recorremos aos construtos teóricos de autores que tratam dessa temática, sendo estes: HOFFMANN (2010), DEMO (2008). Durante a leitura, foram observadas as diferentes maneiras de se conceber a avaliação nas salas de aula e como a avaliação pode ter um resultado inverso do esperado. Invés de contribuir no processo educativo, ela poderá prejudicar o mesmo. Portanto, a avaliação tem sido utilizada de forma incorreta, tornando-se uma vítima de quem a utiliza como mero instrumento de poder, classificando-a, muitas vezes, excludente quando deveria ser includente. Diante da discussão realizada, emergiu a nossa preocupação como futuros educadores frente ao desafio que iremos encontrar diante das dificuldades educacionais. Desta maneira, concluímos que é necessária uma constante reflexão sobre a prática avaliativa, como possibilidade de contribuir com mudanças significativas no processo de ensino e aprendizagem e propiciar um maior entendimento sobre as concepções e aplicabilidade deste processo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.