Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 243
O CINEMA COMO POTENCIALIZADOR DAS AULAS DE ESPANHOL-LÍNGUA ESTRANGEIRA

Palavra-chaves: ESPANHOL-LÍNGUA ESTRANGEIRA, CINEMA, IMAGEM EM MOVIMENTO. Pôster (PO) Ensino-aprendizagem de Espanhol-língua estrangeira Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O presente trabalho resulta da nossa pesquisa a respeito do uso das TIC’s (Tecnologias da Informação e Comunicação) no processo de ensino-aprendizagem de E-LE (Espanhol-Língua Estrangeira), bem como da nossa experiência enquanto bolsistas do PIBID, por meio de atividades que vimos desenvolvendo em uma escola pública estadual com a inclusão da prática cineclubista. Visando comprovar a eficiência do cinema como artefato semiótico mediador e potencializador do complexo processo de ensino-aprendizagem de uma nova língua, utilizamos o filme mexicano "Amar te duele", lançado em 2002, sob a direção de Fernando Sariñana. Nossa proposta teve como escopo enfatizar o uso do cinema como recurso didático-pedagógico por seu caráter lúdico que pode favorecer o enfoque comunicativo ao apresentar a língua-alvo de forma contextualizada, com vistas à interculturalidade. No que diz respeito à reflexão sobre o tema, tomamos por subsídio os estudos de Souza (2014), Stefani (2010) e Alibés (2008). Os resultados obtidos com o filme, a partir de atividades estrategicamente planejadas para antes, durante e depois da exibição, tem sido satisfatórios, visto que os alunos interagem efetivamente, expondo suas opiniões, fazendo analogia entre a cultura (mexicana) retratada pelo filme e a nossa, além de suscitarem reflexões e discussões acerca da desigualdade e o preconceito social, explicitados no filme.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.