Artigo E-book VIII ENALIC

E-books

ISBN: 978-65-86901-58-0

A IMPORTÂNCIA DE UMA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM PLENA PANDEMIA PARA FUTUROS PROFESSORES

Palavra-chaves: EAD, FORMAÇÃO DE PROFESSORES, PANDEMIA, , Comunicação Oral (CO) ET 08: Formação inicial e continuada de professores
"2022-04-05 08:32:13"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 85125
    "edicao_id" => 205
    "trabalho_id" => 328
    "inscrito_id" => 63
    "titulo" => "A IMPORTÂNCIA DE UMA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM PLENA PANDEMIA PARA FUTUROS PROFESSORES"
    "resumo" => "NO SITE DA REVISTA ENSINO SUPERIOR, OS NÚMEROS EM RELAÇÃO A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) ATÉ 2017, ESTAVAM AUMENTANDO, SEJA NA QUANTIDADE DE CURSOS QUE TÊM SIDO OFERECIDOS, SEJA NO NÚMERO DE ESTUDANTES QUE TÊM UTILIZADO DESSA MODALIDADE PARA REALIZAR SEUS ESTUDOS. OUTRA PESQUISA, AGORA DE JUNHO DE 2021, FEITA PELA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (ABED) E O CENSOEAD.BR, MOSTROU QUE, DURANTE A PANDEMIA, HOUVE UM AUMENTO DE 50% NO VOLUME DE MATRÍCULAS NO ENSINO A DISTÂNCIA.  SOME-SE A ISSO, A DISTÂNCIA CADA VEZ MENOR ENTRE AQUELE QUE ENSINA E AQUELE QUE APRENDE A PARTIR DO ADVENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS DE INTERAÇÃO E COMUNICAÇÃO. MESMO AS ESTATÍSTICAS SOBRE A EAD APONTANDO PARA UM CRESCIMENTO NESSE SETOR, PRINCIPALMENTE EM CURSOS DE LICENCIATURA; CONFORME APONTA A EDIÇÃO 235 DA REVISTA ENSINO SUPERIOR DE DEZEMBRO DE 2018, A QUAL DIZ QUE ENTRE 2010 E 2017 HOUVE UMA QUEDA DE 9% NAS MATRÍCULAS DE CURSOS PRESENCIAIS DE LICENCIATURAS E UM AUMENTO DE 74% NO NÚMERO DAS MATRÍCULAS EM CURSOS À DISTÂNCIA; AS UNIVERSIDADES QUE PREPARAM FUTUROS PROFESSORES AINDA NÃO ESTÃO SE ADEQUANDO À ESSA NOVA MODALIDADE INSERINDO DISCIPLINAS E ATIVIDADES QUE POSSAM FORMAR ESSES FUTUROS PROFISSIONAIS (MAIA, MATTAR, 2008, P. XIII). POR EXEMPLO, NO PARANÁ, DE TODOS OS CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA QUE SÃO OFERECIDOS EM UNIVERSIDADES PÚBLICAS, APENAS UMA UNIVERSIDADE OFERECE UMA DISCIPLINA ESPECIFICAMENTE PARA TRATAR DO ASSUNTO, CONTUDO, EM CARÁTER DE DISCIPLINA OPTATIVA. NESSE CONTEXTO, ESSE TRABALHO PROCURA RESPONDER À PERGUNTA: DE QUE MODO UMA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO ÂMBITO DE UM CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA, EM PLENA PANDEMIA, PODE CONTRIBUIR PARA A FORMAÇÃO DOS FUTUROS PROFESSORES? PARA ISSO, OBJETIVA-SE APRESENTAR E DISCUTIR O QUE PENSAM ALGUNS ACADÊMICOS DE UM CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA QUE PARTICIPARAM DA DISCIPLINA INTITULADA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2020. NESSE CONTEXTO, FORAM REALIZADOS 17 QUESTIONAMENTOS AO FINAL DO CURSO, DOS QUAIS 4 DESSES QUESTIONAMENTOS SÃO TRAZIDOS PARA DISCUTIR A IMPORTÂNCIA DESSA DISCIPLINA NUM CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES; A SABER: A) EM RELAÇÃO À ELABORAÇÃO DO CURSO NO MOODLE OU NO GOOGLE CLASSROOM, QUÃO DIFÍCIL FOI ESSA ATIVIDADE?, B) EM RELAÇÃO À PERGUNTA ANTERIOR, QUAIS FORAM OS MOTIVOS DA SUA RESPOSTA? E O QUE PODERIA SER FEITO PARA DIMINUIR TAIS DIFICULDADES (OU AUMENTAR AS FACILIDADES)?, C) FAÇA UM RESUMO SOBRE SUA PARTICIPAÇÃO AO LONGO DO SEMESTRE, PONTUANDO O QUE FEZ E O QUE DEIXOU DE FAZER., D) DESCREVA SUAS IMPRESSÕES SOBRE COMO FORAM NOSSAS AULAS. A ANÁLISE UTILIZADA, DE CARÁTER QUALITATIVO, CONFORME LUNE E BERG (2017, P. 12, TRADUÇÃO NOSSA), REFERE-SE “[…] AOS SIGNIFICADOS, CONCEITOS, DEFINIÇÕES, CARACTERÍSTICAS, METÁFORAS, SÍMBOLOS E DESCRIÇÕES DAS COISAS”. ALÉM DISSO, PARTE-SE DE UM PARADIGMA CONSTRUTIVISTA, NO QUAL SE ASSUME […] UMA ONTOLOGIA RELATIVISTA (HÁ MUITAS REALIDADES), UMA EPISTEMOLOGIA SUBJETIVISTA (ENTENDIMENTOS DOS CO-CRIADORES CONHECEDORES E RESPONDENTES) E UM CONJUNTO NATURALISTA (EM UM MUNDO NATURAL) DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS (DENZIN, LINCOLN, 2005, P. 24, TRADUÇÃO NOSSA). UMA ONTOLOGIA RELATIVISTA, POIS PARTE-SE DO PRESSUPOSTO QUE EXISTEM OUTRAS REALIDADES, OUTRAS DISCIPLINAS, OUTROS ESTUDANTES, OUTROS CONTEXTOS. UMA EPISTEMOLOGIA SUBJETIVA, POIS O OLHAR É DIFERENTE PARA OS DIFERENTES ATORES, NO CASO EM TELA, A VISÃO AQUI É DO PESQUISADOR A PARTIR DAS RESPOSTAS DOS ESTUDANTES; OUTRO PESQUISADOR TERIA UM OUTRO OLHAR, OU ATÉ MESMO O MESMO AUTOR, EM OUTRO MOMENTO HISTÓRICO-PESSOAL, TERIA UM OLHAR DIFERENTE. POR FIM, É UM CONJUNTO NATURALISTA, UMA VEZ QUE OS PROCEDIMENTOS AQUI ADOTADOS PROCURAM SEGUIR UM ORDENAMENTO NATURAL E BASEADO NA REALIDADE, NÃO EM MODELOS TEÓRICOS COM A EXCLUSÃO DE VARIÁVEIS. A PARTIR DAS RESPOSTAS DOS ESTUDANTES VERIFICOU-SE QUE OS ESTUDANTES: POSSUÍAM DIFICULDADES EM ELABORAR UM CURSO OU ATIVIDADES A DISTÂNCIA; RESISTÊNCIAS EM MANTER AS CÂMERAS LIGADAS NO INÍCIO DO CURSO, MAS AO LONGO DO SEMESTRE, A PARTIR DAS DISCUSSÕES, FORAM SENDO DESFEITAS, À MEDIDA QUE ELES COMPREENDIAM ÀS DIFICULDADES DO PROFESSOR EM INTERAGIR; DIFICULDADES COM AS AULAS SÍNCRONAS, UMA VEZ QUE A INTERNET E O AMBIENTE NÃO FAVORECIAM; ACESSAVAM AS AULAS SÍNCRONAS, QUE ERAM GRAVADAS, PRINCIPALMENTE POR CONTA DE PROBLEMAS DE CONEXÃO; POSSÍVEL MERCADO DE TRABALHO; DIFERENÇAS ENTRE MÉTODOS DE ENSINO PRESENCIAL E A DISTÂNCIA; PRECONCEITOS EM RELAÇÃO A EAD, COMO POR EXEMPLO, QUE A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NÃO É BOA, QUE OS ALUNOS COLAM NAS AVALIAÇÕES E QUE NÃO SE PODE APRENDER MATEMÁTICA NESSE FORMATO. NESSE CONTEXTO, OS ESTUDANTES CONSEGUIRAM VERIFICAR RELAÇÕES COM A EDUCAÇÃO PRESENCIAL E PERCEBER QUE OS PRECONCEITOS QUE ELES TINHAM EM RELAÇÃO A EAD NÃO ERAM, NECESSARIAMENTE SOBRE A MODALIDADE DE ENSINO, MAS SOBRE SUAS PRÓPRIAS CRENÇAS. ESSAS CRENÇAS, AO QUE PARECE, FORAM ALTERADAS A PARTIR DAS DISCUSSÕES QUE FORAM REALIZADAS EM SALA DE AULA. ALÉM DOS PRECONCEITOS, A FALTA DE INFORMAÇÃO SOBRE A EAD FOI OUTRO ASPECTO QUE EMERGIU NAS RESPOSTAS, UMA VEZ QUE ELES COMENTARAM SOBRE A IMPORTÂNCIA DO ACESSO E DA FLEXIBILIDADE DE HORÁRIOS QUE A EAD PROPICIA, BEM COMO SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS QUE FORAM ADOTADAS PARA OPORTUNIZAR A TODOS UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, PRINCIPALMENTE EM TEMPOS DE PANDEMIA. ESSAS FALAS MOSTRAM QUE OS ESTUDANTES NÃO TINHAM IDEIA DE COMO FUNCIONAVA O SISTEMA DE ENSINO À DISTÂNCIA, MAS QUE, AO EXPERIENCIAR ESSE SISTEMA, PUDERAM PERCEBER O QUÃO DISTANTE ERA O QUE ELES PENSAVAM UM ESTUDANTE DE EAD DE UM DE FATO. ASSIM, COMPARANDO AS RESPOSTAS COM OS OBJETIVOS DA DISCIPLINA E, BUSCANDO RESPONDER À PERGUNTA DE PESQUISA, FOI POSSÍVEL VERIFICAR QUE A DISCIPLINA PODE AJUDAR OS FUTUROS PROFESSORES A CONHECER AS ESPECIFICIDADES DA MODALIDADE DE EAD, DESENVOLVER UMA POSTURA CRÍTICA A RESPEITO DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EAD E REFLETIR SOBRE O USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS NO ENSINO À DISTÂNCIA. PORTANTO, UMA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, NO ATUAL CONTEXTO TECNOLÓGICO EM QUE VIVEMOS, É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA, UMA VEZ QUE OS ESTUDANTES NÃO TÊM CONHECIMENTO DESSA MODALIDADE DE ENSINO, INCLUINDO AQUI A POSSIBILIDADE DE INSERÇÃO NESSE NICHO DE TRABALHO, UMA VEZ QUE ESTÃO SENDO NECESSÁRIOS PROFISSIONAIS PARA ATUAR COMO PROFESSORES, TUTORES, PRODUTORES DE MATERIAL E GESTORES."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "ET 08: Formação inicial e continuada de professores"
    "palavra_chave" => "EAD, FORMAÇÃO DE PROFESSORES, PANDEMIA, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EBOOK_EV163_MD1_SA108_ID6303012022090657.pdf"
    "created_at" => "2022-04-11 11:23:20"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RENATO FRANCISCO MERLI"
    "autor_nome_curto" => "PROF. RENATO"
    "autor_email" => "renatomerli@yahoo.com.br"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "e-book-viii-enalic"
    "edicao_nome" => "E-book VIII ENALIC"
    "edicao_evento" => "VIII ENCONTRO NACIONAL DAS LICENCIATURAS / VII SEMINÁRIO DO PIBID / II SEMINÁRIO DO RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA"
    "edicao_ano" => 2022
    "edicao_pasta" => "ebooks/enalic/2021"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "62a767e04d470_13062022133752.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2022-04-05 08:32:13"
    "publicacao_id" => 97
    "publicacao_nome" => "E-book ENALIC"
    "publicacao_codigo" => "978-65-86901-58-0"
    "tipo_codigo_id" => 2
    "tipo_codigo_nome" => "ISBN"
    "tipo_publicacao_id" => 2
    "tipo_publicacao_nome" => "E-books"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 85125
    "edicao_id" => 205
    "trabalho_id" => 328
    "inscrito_id" => 63
    "titulo" => "A IMPORTÂNCIA DE UMA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM PLENA PANDEMIA PARA FUTUROS PROFESSORES"
    "resumo" => "NO SITE DA REVISTA ENSINO SUPERIOR, OS NÚMEROS EM RELAÇÃO A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) ATÉ 2017, ESTAVAM AUMENTANDO, SEJA NA QUANTIDADE DE CURSOS QUE TÊM SIDO OFERECIDOS, SEJA NO NÚMERO DE ESTUDANTES QUE TÊM UTILIZADO DESSA MODALIDADE PARA REALIZAR SEUS ESTUDOS. OUTRA PESQUISA, AGORA DE JUNHO DE 2021, FEITA PELA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (ABED) E O CENSOEAD.BR, MOSTROU QUE, DURANTE A PANDEMIA, HOUVE UM AUMENTO DE 50% NO VOLUME DE MATRÍCULAS NO ENSINO A DISTÂNCIA.  SOME-SE A ISSO, A DISTÂNCIA CADA VEZ MENOR ENTRE AQUELE QUE ENSINA E AQUELE QUE APRENDE A PARTIR DO ADVENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS DE INTERAÇÃO E COMUNICAÇÃO. MESMO AS ESTATÍSTICAS SOBRE A EAD APONTANDO PARA UM CRESCIMENTO NESSE SETOR, PRINCIPALMENTE EM CURSOS DE LICENCIATURA; CONFORME APONTA A EDIÇÃO 235 DA REVISTA ENSINO SUPERIOR DE DEZEMBRO DE 2018, A QUAL DIZ QUE ENTRE 2010 E 2017 HOUVE UMA QUEDA DE 9% NAS MATRÍCULAS DE CURSOS PRESENCIAIS DE LICENCIATURAS E UM AUMENTO DE 74% NO NÚMERO DAS MATRÍCULAS EM CURSOS À DISTÂNCIA; AS UNIVERSIDADES QUE PREPARAM FUTUROS PROFESSORES AINDA NÃO ESTÃO SE ADEQUANDO À ESSA NOVA MODALIDADE INSERINDO DISCIPLINAS E ATIVIDADES QUE POSSAM FORMAR ESSES FUTUROS PROFISSIONAIS (MAIA, MATTAR, 2008, P. XIII). POR EXEMPLO, NO PARANÁ, DE TODOS OS CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA QUE SÃO OFERECIDOS EM UNIVERSIDADES PÚBLICAS, APENAS UMA UNIVERSIDADE OFERECE UMA DISCIPLINA ESPECIFICAMENTE PARA TRATAR DO ASSUNTO, CONTUDO, EM CARÁTER DE DISCIPLINA OPTATIVA. NESSE CONTEXTO, ESSE TRABALHO PROCURA RESPONDER À PERGUNTA: DE QUE MODO UMA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO ÂMBITO DE UM CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA, EM PLENA PANDEMIA, PODE CONTRIBUIR PARA A FORMAÇÃO DOS FUTUROS PROFESSORES? PARA ISSO, OBJETIVA-SE APRESENTAR E DISCUTIR O QUE PENSAM ALGUNS ACADÊMICOS DE UM CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA QUE PARTICIPARAM DA DISCIPLINA INTITULADA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2020. NESSE CONTEXTO, FORAM REALIZADOS 17 QUESTIONAMENTOS AO FINAL DO CURSO, DOS QUAIS 4 DESSES QUESTIONAMENTOS SÃO TRAZIDOS PARA DISCUTIR A IMPORTÂNCIA DESSA DISCIPLINA NUM CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES; A SABER: A) EM RELAÇÃO À ELABORAÇÃO DO CURSO NO MOODLE OU NO GOOGLE CLASSROOM, QUÃO DIFÍCIL FOI ESSA ATIVIDADE?, B) EM RELAÇÃO À PERGUNTA ANTERIOR, QUAIS FORAM OS MOTIVOS DA SUA RESPOSTA? E O QUE PODERIA SER FEITO PARA DIMINUIR TAIS DIFICULDADES (OU AUMENTAR AS FACILIDADES)?, C) FAÇA UM RESUMO SOBRE SUA PARTICIPAÇÃO AO LONGO DO SEMESTRE, PONTUANDO O QUE FEZ E O QUE DEIXOU DE FAZER., D) DESCREVA SUAS IMPRESSÕES SOBRE COMO FORAM NOSSAS AULAS. A ANÁLISE UTILIZADA, DE CARÁTER QUALITATIVO, CONFORME LUNE E BERG (2017, P. 12, TRADUÇÃO NOSSA), REFERE-SE “[…] AOS SIGNIFICADOS, CONCEITOS, DEFINIÇÕES, CARACTERÍSTICAS, METÁFORAS, SÍMBOLOS E DESCRIÇÕES DAS COISAS”. ALÉM DISSO, PARTE-SE DE UM PARADIGMA CONSTRUTIVISTA, NO QUAL SE ASSUME […] UMA ONTOLOGIA RELATIVISTA (HÁ MUITAS REALIDADES), UMA EPISTEMOLOGIA SUBJETIVISTA (ENTENDIMENTOS DOS CO-CRIADORES CONHECEDORES E RESPONDENTES) E UM CONJUNTO NATURALISTA (EM UM MUNDO NATURAL) DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS (DENZIN, LINCOLN, 2005, P. 24, TRADUÇÃO NOSSA). UMA ONTOLOGIA RELATIVISTA, POIS PARTE-SE DO PRESSUPOSTO QUE EXISTEM OUTRAS REALIDADES, OUTRAS DISCIPLINAS, OUTROS ESTUDANTES, OUTROS CONTEXTOS. UMA EPISTEMOLOGIA SUBJETIVA, POIS O OLHAR É DIFERENTE PARA OS DIFERENTES ATORES, NO CASO EM TELA, A VISÃO AQUI É DO PESQUISADOR A PARTIR DAS RESPOSTAS DOS ESTUDANTES; OUTRO PESQUISADOR TERIA UM OUTRO OLHAR, OU ATÉ MESMO O MESMO AUTOR, EM OUTRO MOMENTO HISTÓRICO-PESSOAL, TERIA UM OLHAR DIFERENTE. POR FIM, É UM CONJUNTO NATURALISTA, UMA VEZ QUE OS PROCEDIMENTOS AQUI ADOTADOS PROCURAM SEGUIR UM ORDENAMENTO NATURAL E BASEADO NA REALIDADE, NÃO EM MODELOS TEÓRICOS COM A EXCLUSÃO DE VARIÁVEIS. A PARTIR DAS RESPOSTAS DOS ESTUDANTES VERIFICOU-SE QUE OS ESTUDANTES: POSSUÍAM DIFICULDADES EM ELABORAR UM CURSO OU ATIVIDADES A DISTÂNCIA; RESISTÊNCIAS EM MANTER AS CÂMERAS LIGADAS NO INÍCIO DO CURSO, MAS AO LONGO DO SEMESTRE, A PARTIR DAS DISCUSSÕES, FORAM SENDO DESFEITAS, À MEDIDA QUE ELES COMPREENDIAM ÀS DIFICULDADES DO PROFESSOR EM INTERAGIR; DIFICULDADES COM AS AULAS SÍNCRONAS, UMA VEZ QUE A INTERNET E O AMBIENTE NÃO FAVORECIAM; ACESSAVAM AS AULAS SÍNCRONAS, QUE ERAM GRAVADAS, PRINCIPALMENTE POR CONTA DE PROBLEMAS DE CONEXÃO; POSSÍVEL MERCADO DE TRABALHO; DIFERENÇAS ENTRE MÉTODOS DE ENSINO PRESENCIAL E A DISTÂNCIA; PRECONCEITOS EM RELAÇÃO A EAD, COMO POR EXEMPLO, QUE A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NÃO É BOA, QUE OS ALUNOS COLAM NAS AVALIAÇÕES E QUE NÃO SE PODE APRENDER MATEMÁTICA NESSE FORMATO. NESSE CONTEXTO, OS ESTUDANTES CONSEGUIRAM VERIFICAR RELAÇÕES COM A EDUCAÇÃO PRESENCIAL E PERCEBER QUE OS PRECONCEITOS QUE ELES TINHAM EM RELAÇÃO A EAD NÃO ERAM, NECESSARIAMENTE SOBRE A MODALIDADE DE ENSINO, MAS SOBRE SUAS PRÓPRIAS CRENÇAS. ESSAS CRENÇAS, AO QUE PARECE, FORAM ALTERADAS A PARTIR DAS DISCUSSÕES QUE FORAM REALIZADAS EM SALA DE AULA. ALÉM DOS PRECONCEITOS, A FALTA DE INFORMAÇÃO SOBRE A EAD FOI OUTRO ASPECTO QUE EMERGIU NAS RESPOSTAS, UMA VEZ QUE ELES COMENTARAM SOBRE A IMPORTÂNCIA DO ACESSO E DA FLEXIBILIDADE DE HORÁRIOS QUE A EAD PROPICIA, BEM COMO SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS QUE FORAM ADOTADAS PARA OPORTUNIZAR A TODOS UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, PRINCIPALMENTE EM TEMPOS DE PANDEMIA. ESSAS FALAS MOSTRAM QUE OS ESTUDANTES NÃO TINHAM IDEIA DE COMO FUNCIONAVA O SISTEMA DE ENSINO À DISTÂNCIA, MAS QUE, AO EXPERIENCIAR ESSE SISTEMA, PUDERAM PERCEBER O QUÃO DISTANTE ERA O QUE ELES PENSAVAM UM ESTUDANTE DE EAD DE UM DE FATO. ASSIM, COMPARANDO AS RESPOSTAS COM OS OBJETIVOS DA DISCIPLINA E, BUSCANDO RESPONDER À PERGUNTA DE PESQUISA, FOI POSSÍVEL VERIFICAR QUE A DISCIPLINA PODE AJUDAR OS FUTUROS PROFESSORES A CONHECER AS ESPECIFICIDADES DA MODALIDADE DE EAD, DESENVOLVER UMA POSTURA CRÍTICA A RESPEITO DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EAD E REFLETIR SOBRE O USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS NO ENSINO À DISTÂNCIA. PORTANTO, UMA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, NO ATUAL CONTEXTO TECNOLÓGICO EM QUE VIVEMOS, É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA, UMA VEZ QUE OS ESTUDANTES NÃO TÊM CONHECIMENTO DESSA MODALIDADE DE ENSINO, INCLUINDO AQUI A POSSIBILIDADE DE INSERÇÃO NESSE NICHO DE TRABALHO, UMA VEZ QUE ESTÃO SENDO NECESSÁRIOS PROFISSIONAIS PARA ATUAR COMO PROFESSORES, TUTORES, PRODUTORES DE MATERIAL E GESTORES."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "ET 08: Formação inicial e continuada de professores"
    "palavra_chave" => "EAD, FORMAÇÃO DE PROFESSORES, PANDEMIA, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EBOOK_EV163_MD1_SA108_ID6303012022090657.pdf"
    "created_at" => "2022-04-11 11:23:20"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RENATO FRANCISCO MERLI"
    "autor_nome_curto" => "PROF. RENATO"
    "autor_email" => "renatomerli@yahoo.com.br"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "e-book-viii-enalic"
    "edicao_nome" => "E-book VIII ENALIC"
    "edicao_evento" => "VIII ENCONTRO NACIONAL DAS LICENCIATURAS / VII SEMINÁRIO DO PIBID / II SEMINÁRIO DO RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA"
    "edicao_ano" => 2022
    "edicao_pasta" => "ebooks/enalic/2021"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "62a767e04d470_13062022133752.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2022-04-05 08:32:13"
    "publicacao_id" => 97
    "publicacao_nome" => "E-book ENALIC"
    "publicacao_codigo" => "978-65-86901-58-0"
    "tipo_codigo_id" => 2
    "tipo_codigo_nome" => "ISBN"
    "tipo_publicacao_id" => 2
    "tipo_publicacao_nome" => "E-books"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: array:1 [
    "fkEdicao" => App\Base\Administrativo\Model\Edicao {#1644
      +table: "edicao"
      +timestamps: false
      -periocidade: array:10 [
        0 => "Diária"
        1 => "Semanal"
        2 => "Quinzenal"
        3 => "Mensal"
        4 => "Bimestral"
        5 => "Trimestral"
        6 => "Semestral"
        7 => "Anual"
        8 => "Bienal"
        9 => "Trienal"
      ]
      -idioma: array:3 [
        0 => "Português"
        1 => "Inglês"
        2 => "Espanhol"
      ]
      +fillable: array:23 [
        0 => "publicacao_id"
        1 => "volume"
        2 => "numero"
        3 => "url"
        4 => "nome"
        5 => "nome_evento"
        6 => "descricao"
        7 => "pasta"
        8 => "logo"
        9 => "capa"
        10 => "timbrado"
        11 => "periodicidade"
        12 => "idiomas"
        13 => "pais"
        14 => "inicio_evento"
        15 => "final_evento"
        16 => "ano_publicacao"
        17 => "data_publicacao"
        18 => "autor_corporativo"
        19 => "visualizar_artigo"
        20 => "created_at"
        21 => "updated_at"
        22 => "ativo"
      ]
      #casts: array:24 [
        "id" => "integer"
        "publicacao_id" => "integer"
        "volume" => "integer"
        "numero" => "integer"
        "url" => "string"
        "nome" => "string"
        "nome_evento" => "string"
        "descricao" => "string"
        "pasta" => "string"
        "logo" => "string"
        "capa" => "string"
        "timbrado" => "string"
        "periodicidade" => "string"
        "idiomas" => "string"
        "pais" => "string"
        "inicio_evento" => "date"
        "final_evento" => "date"
        "ano_publicacao" => "integer"
        "data_publicacao" => "date"
        "autor_corporativo" => "string"
        "visualizar_artigo" => "boolean"
        "created_at" => "datetime"
        "updated_at" => "datetime"
        "ativo" => "boolean"
      ]
      #connection: "mysql"
      #primaryKey: "id"
      #keyType: "int"
      +incrementing: true
      #with: []
      #withCount: []
      #perPage: 15
      +exists: true
      +wasRecentlyCreated: false
      #attributes: array:24 [
        "id" => 205
        "publicacao_id" => 97
        "volume" => 1
        "numero" => 1
        "url" => "e-book-viii-enalic"
        "nome" => "E-book VIII ENALIC"
        "nome_evento" => "VIII ENCONTRO NACIONAL DAS LICENCIATURAS / VII SEMINÁRIO DO PIBID / II SEMINÁRIO DO RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA"
        "descricao" => """
          N&oacute;s passarinhos, eles passar&atilde;o: esperan&ccedil;ar, agir e resistir na forma&ccedil;&atilde;o de professores.<br />\r\n
          <br />\r\n
          A pandemia se imp&ocirc;s ao mundo. Desde o in&iacute;cio de 2020, temos a cada dia um fato novo, uma nova realidade. Doen&ccedil;a, mortes e p&acirc;nico foram ceifando vidas, sonhos e trabalho. Perdas talvez seja a palavra que melhor expresse esse per&iacute;odo!<br />\r\n
          <br />\r\n
          Para a educa&ccedil;&atilde;o n&atilde;o foi diferente. Escolas fechadas, docentes e estudantes em atividades remotas. A maioria sem condi&ccedil;&otilde;es materiais e emocionais para enfrentar a nova situa&ccedil;&atilde;o. O preju&iacute;zo pedag&oacute;gico &eacute; imenso com retrocessos inevit&aacute;veis frente &agrave;s omissas pol&iacute;ticas p&uacute;blicas e o genoc&iacute;dio do povo brasileiro. Demorou um tempo, mas a sociedade come&ccedil;ou a reagir e a enfrentar os problemas.<br />\r\n
          <br />\r\n
          &Eacute; nesse contexto de perdas de vidas e retrocessos sociais que o VIII ENALIC, o VII Semin&aacute;rio Nacional do PIBID e o II Semin&aacute;rio Nacional da Resid&ecirc;ncia Pedag&oacute;gica foram realizados de 07 a 11 de dezembro de 2021, de modo online. Sem condi&ccedil;&otilde;es de realiza&ccedil;&atilde;o em 2020, a necessidade de efetivar esse conjunto de eventos &eacute; inadi&aacute;vel. Mais do que nunca, o di&aacute;logo entre professores da educa&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica e formadores, estudantes, pesquisadores, p&oacute;s-graduandos e demais profissionais da educa&ccedil;&atilde;o &eacute; urgente para discutir estrat&eacute;gias de luta, socializar conhecimentos e viv&ecirc;ncias, que municie o enfrentamento das pol&iacute;ticas neoliberais que se impuseram com maior for&ccedil;a na educa&ccedil;&atilde;o. N&atilde;o s&atilde;o poucas as quest&otilde;es a serem debatidas: a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a Base Nacional Curricular-Forma&ccedil;&atilde;o de Professores, a Reforma do Ensino M&eacute;dio e seus &ldquo;novos&rdquo; itiner&aacute;rios, o corte no financiamento da educa&ccedil;&atilde;o com a EC n&ordm; 95/2016, bem como o impacto da pandemia, entre outros.<br />\r\n
          <br />\r\n
          A partir de debate com embasamento te&oacute;rico e de investiga&ccedil;&otilde;es recentes e relevantes, promovendo reflex&atilde;o atual e contextualizada de quest&otilde;es implicadas &agrave; forma&ccedil;&atilde;o inicial e continuada de professores da Educa&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica, que esses eventos buscam contribuir com a luta geral em defesa da educa&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica, laica, gratuita, democr&aacute;tica e de qualidade socialmente referenciada para todos. Para tanto, ter&atilde;o em Paulo Freire, Patrono da Educa&ccedil;&atilde;o Brasileira, um pilar de resist&ecirc;ncia e inspira&ccedil;&atilde;o. Assim, convidamos a tod@s a participarem desse momento especial, mesmo que virtual, para juntarmos for&ccedil;a, reflex&atilde;o e energia para a luta!<br />\r\n
          &nbsp;<br />\r\n
          &nbsp;
          """
        "pasta" => "ebooks/enalic/2021"
        "logo" => null
        "capa" => "62a767e04d470_13062022133752.jpg"
        "timbrado" => "62989c21bb42f_02062022081649.jpg"
        "periodicidade" => "Bienal"
        "idiomas" => "Português"
        "pais" => "Brasil"
        "inicio_evento" => "2021-12-07"
        "final_evento" => "2021-12-11"
        "ano_publicacao" => 2022
        "data_publicacao" => null
        "autor_corporativo" => "Realize Eventos Científicos & Editora"
        "visualizar_artigo" => 1
        "created_at" => "2022-04-05 08:32:13"
        "updated_at" => "2022-06-13 13:37:52"
        "ativo" => 1
      ]
      #original: array:24 [
        "id" => 205
        "publicacao_id" => 97
        "volume" => 1
        "numero" => 1
        "url" => "e-book-viii-enalic"
        "nome" => "E-book VIII ENALIC"
        "nome_evento" => "VIII ENCONTRO NACIONAL DAS LICENCIATURAS / VII SEMINÁRIO DO PIBID / II SEMINÁRIO DO RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA"
        "descricao" => """
          N&oacute;s passarinhos, eles passar&atilde;o: esperan&ccedil;ar, agir e resistir na forma&ccedil;&atilde;o de professores.<br />\r\n
          <br />\r\n
          A pandemia se imp&ocirc;s ao mundo. Desde o in&iacute;cio de 2020, temos a cada dia um fato novo, uma nova realidade. Doen&ccedil;a, mortes e p&acirc;nico foram ceifando vidas, sonhos e trabalho. Perdas talvez seja a palavra que melhor expresse esse per&iacute;odo!<br />\r\n
          <br />\r\n
          Para a educa&ccedil;&atilde;o n&atilde;o foi diferente. Escolas fechadas, docentes e estudantes em atividades remotas. A maioria sem condi&ccedil;&otilde;es materiais e emocionais para enfrentar a nova situa&ccedil;&atilde;o. O preju&iacute;zo pedag&oacute;gico &eacute; imenso com retrocessos inevit&aacute;veis frente &agrave;s omissas pol&iacute;ticas p&uacute;blicas e o genoc&iacute;dio do povo brasileiro. Demorou um tempo, mas a sociedade come&ccedil;ou a reagir e a enfrentar os problemas.<br />\r\n
          <br />\r\n
          &Eacute; nesse contexto de perdas de vidas e retrocessos sociais que o VIII ENALIC, o VII Semin&aacute;rio Nacional do PIBID e o II Semin&aacute;rio Nacional da Resid&ecirc;ncia Pedag&oacute;gica foram realizados de 07 a 11 de dezembro de 2021, de modo online. Sem condi&ccedil;&otilde;es de realiza&ccedil;&atilde;o em 2020, a necessidade de efetivar esse conjunto de eventos &eacute; inadi&aacute;vel. Mais do que nunca, o di&aacute;logo entre professores da educa&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica e formadores, estudantes, pesquisadores, p&oacute;s-graduandos e demais profissionais da educa&ccedil;&atilde;o &eacute; urgente para discutir estrat&eacute;gias de luta, socializar conhecimentos e viv&ecirc;ncias, que municie o enfrentamento das pol&iacute;ticas neoliberais que se impuseram com maior for&ccedil;a na educa&ccedil;&atilde;o. N&atilde;o s&atilde;o poucas as quest&otilde;es a serem debatidas: a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a Base Nacional Curricular-Forma&ccedil;&atilde;o de Professores, a Reforma do Ensino M&eacute;dio e seus &ldquo;novos&rdquo; itiner&aacute;rios, o corte no financiamento da educa&ccedil;&atilde;o com a EC n&ordm; 95/2016, bem como o impacto da pandemia, entre outros.<br />\r\n
          <br />\r\n
          A partir de debate com embasamento te&oacute;rico e de investiga&ccedil;&otilde;es recentes e relevantes, promovendo reflex&atilde;o atual e contextualizada de quest&otilde;es implicadas &agrave; forma&ccedil;&atilde;o inicial e continuada de professores da Educa&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica, que esses eventos buscam contribuir com a luta geral em defesa da educa&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica, laica, gratuita, democr&aacute;tica e de qualidade socialmente referenciada para todos. Para tanto, ter&atilde;o em Paulo Freire, Patrono da Educa&ccedil;&atilde;o Brasileira, um pilar de resist&ecirc;ncia e inspira&ccedil;&atilde;o. Assim, convidamos a tod@s a participarem desse momento especial, mesmo que virtual, para juntarmos for&ccedil;a, reflex&atilde;o e energia para a luta!<br />\r\n
          &nbsp;<br />\r\n
          &nbsp;
          """
        "pasta" => "ebooks/enalic/2021"
        "logo" => null
        "capa" => "62a767e04d470_13062022133752.jpg"
        "timbrado" => "62989c21bb42f_02062022081649.jpg"
        "periodicidade" => "Bienal"
        "idiomas" => "Português"
        "pais" => "Brasil"
        "inicio_evento" => "2021-12-07"
        "final_evento" => "2021-12-11"
        "ano_publicacao" => 2022
        "data_publicacao" => null
        "autor_corporativo" => "Realize Eventos Científicos & Editora"
        "visualizar_artigo" => 1
        "created_at" => "2022-04-05 08:32:13"
        "updated_at" => "2022-06-13 13:37:52"
        "ativo" => 1
      ]
      #changes: []
      #classCastCache: []
      #dates: []
      #dateFormat: null
      #appends: []
      #dispatchesEvents: []
      #observables: []
      #relations: array:1 [
        "fkEdicaoEbook" => Illuminate\Database\Eloquent\Collection {#1642
          #items: array:1 [
            0 => App\Base\Administrativo\Model\EdicaoEbook {#1641
              +table: "edicao_ebook"
              +timestamps: false
              +fillable: array:16 [
                0 => "edicao_id"
                1 => "codigo"
                2 => "capa"
                3 => "titulo"
                4 => "descricao"
                5 => "prefacio"
                6 => "apresentacao"
                7 => "organizadores"
                8 => "conselho_editorial"
                9 => "ficha_catalografica"
                10 => "arquivo"
                11 => "arquivo_alterado"
                12 => "ano_publicacao"
                13 => "created_at"
                14 => "updated_at"
                15 => "ativo"
              ]
              #casts: array:16 [
                "id" => "integer"
                "edicao_id" => "integer"
                "codigo" => "string"
                "capa" => "string"
                "titulo" => "string"
                "prefacio" => "string"
                "apresentacao" => "string"
                "organizadores" => "string"
                "conselho_editorial" => "string"
                "ficha_catalografica" => "string"
                "arquivo" => "string"
                "arquivo_alterado" => "boolean"
                "ano_publicacao" => "integer"
                "created_at" => "datetime"
                "updated_at" => "datetime"
                "ativo" => "boolean"
              ]
              #connection: "mysql"
              #primaryKey: "id"
              #keyType: "int"
              +incrementing: true
              #with: []
              #withCount: []
              #perPage: 15
              +exists: true
              +wasRecentlyCreated: false
              #attributes: array:16 [
                "id" => 100
                "edicao_id" => 205
                "codigo" => "978-65-86901-58-0"
                "capa" => "62a767e051856_13062022133752.jpg"
                "titulo" => "E-book VIII ENALIC"
                "prefacio" => """
                  A pandemia da COVID-19 se imp&ocirc;s ao mundo. Desde o in&iacute;cio de 2020, temos a cada dia um fato novo, uma nova realidade. Doen&ccedil;a, mortes e p&acirc;nico foram ceifando vidas, sonhos e trabalho. Perdas talvez seja a palavra que melhor expresse esse per&iacute;odo!<br />\r\n
                  Para a educa&ccedil;&atilde;o n&atilde;o foi diferente. Escolas fechadas, docentes e estudantes em atividades remotas. A maioria sem condi&ccedil;&otilde;es materiais e emocionais para enfrentar a nova situa&ccedil;&atilde;o. O preju&iacute;zo pedag&oacute;gico &eacute; imenso com retrocessos inevit&aacute;veis frente &agrave;s omissas pol&iacute;ticas p&uacute;blicas e o genoc&iacute;dio do povo brasileiro. Demorou um tempo, mas a sociedade come&ccedil;ou a reagir e a enfrentar os problemas, embora a educa&ccedil;&atilde;o, mesmo sob as mais adversas condi&ccedil;&otilde;es, nunca ficou parada.<br />\r\n
                  &Eacute; nesse contexto de perdas de vidas e retrocessos sociais que o VIII ENALIC, o VII Semin&aacute;rio Nacional do PIBID e o II Semin&aacute;rio Nacional da Resid&ecirc;ncia Pedag&oacute;gica que s&atilde;o realizados de 07 a 11 de dezembro de 2021, de modo online, ap&oacute;s adiarmos sua realiza&ccedil;&atilde;o inicialmente prevista para 2020. Mais do que nunca, o di&aacute;logo entre professores da educa&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica e formadores, estudantes, pesquisadores, p&oacute;s-graduandos e demais profissionais da educa&ccedil;&atilde;o &eacute; urgente para discutir estrat&eacute;gias de luta, socializar conhecimentos e viv&ecirc;ncias, que municie o enfrentamento das pol&iacute;ticas neoliberais que se impuseram com maior for&ccedil;a na educa&ccedil;&atilde;o. N&atilde;o s&atilde;o poucas as quest&otilde;es debatidas: a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a Base Nacional Curricular-Forma&ccedil;&atilde;o de Professores, a Reforma do Ensino M&eacute;dio e seus &ldquo;novos&rdquo; itiner&aacute;rios, o corte no financiamento da educa&ccedil;&atilde;o com a EC n&ordm; 95/2016, bem como o impacto da pandemia, entre outros.<br />\r\n
                  A partir de debate com embasamento te&oacute;rico e de investiga&ccedil;&otilde;es recentes e relevantes, promovendo reflex&atilde;o atual e contextualizada de quest&otilde;es implicadas &agrave; forma&ccedil;&atilde;o inicial e continuada de professores da Educa&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica, que esses eventos mais uma vez contribu&iacute;ram com a luta geral em defesa da educa&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica, laica, gratuita, democr&aacute;tica e de qualidade socialmente referenciada para todos, tendo em Paulo Freire, Patrono da Educa&ccedil;&atilde;o Brasileira, um pilar de resist&ecirc;ncia e inspira&ccedil;&atilde;o. Assim, convidamos a tod@s a lerem ebook do evento como continuidade do processo desencadeado em dezembro. Sem d&uacute;vidas, estaremos junt@s daqui a pouco, de modo presencial, para que a nossa energia seja cada vez mais revertida em organiza&ccedil;&atilde;o de luta dos docentes e licenciandos desse Brasil, que acreditam na educa&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica, democr&aacute;tica, laica e de qualidade, socialmente referenciada para todos!<br />\r\n
                  Boa leitura!<br />\r\n
                  &nbsp;<br />\r\n
                  Nilson de Souza Cardoso<br />\r\n
                  Sueli Guadelupe de Lima Mendon&ccedil;a<br />\r\n
                  Cristiane Antonia Hauschild Johann<br />\r\n
                  Jaqueline Rabelo de Lima<br />\r\n
                  Maio de 2022.<br />\r\n
                  &nbsp;
                  """
                "apresentacao" => null
                "organizadores" => """
                  Nilson de Souza Cardoso<br />\r\n
                  Sueli Guadelupe de Lima Mendon&ccedil;a<br />\r\n
                  Cristiane Antonia Hauschild Johann<br />\r\n
                  Jaqueline Rabelo De Lima
                  """
                "conselho_editorial" => """
                  Ad&eacute;lia Maria Evangelista Azevedo (Unidades de Jardim- UEMS)<br />\r\n
                  Alana Cec&iacute;lia de Menezes Sobreira (UECE)<br />\r\n
                  Ana Maria Pereira Lima (UECE)<br />\r\n
                  Andr&eacute; Lu&iacute;s de Oliveira (Universidade Estadual de Maring&aacute;-UEM)<br />\r\n
                  Beatriz Fernanda Almeida da Silva (Unespar)<br />\r\n
                  Cl&aacute;udia In&ecirc;s Horn (UNIVATES)<br />\r\n
                  Claudia Maria Sallai Tanhoffer (UFPR)<br />\r\n
                  Cristiane Antonia Hauschild (Universidade do Vale do Taquar&iacute; - Univates)<br />\r\n
                  Cristiane Maria Sampaio Forte (UECE)<br />\r\n
                  Desire Luciane Dominschek (Uninter/Unicamp)<br />\r\n
                  Douglas Eduardo Soares Pereira (Instituto Federal do Paran&aacute;)<br />\r\n
                  Eliane Matesco Cristov&atilde;o (UNIFEI)<br />\r\n
                  Elsio Jos&eacute; Cor&aacute; (UFFS)<br />\r\n
                  Fabiane Oleg&aacute;rio (UNIVATES)<br />\r\n
                  Fabr&iacute;cio Bonfim Sud&eacute;rio (UECE)<br />\r\n
                  Fernanda Silvia Veloso (UFPR)<br />\r\n
                  Flavia Sueli Fabiani Marcatto (UNIFEI)<br />\r\n
                  Gicele Maria Cervi (PUC - S&Atilde;O PAULO)<br />\r\n
                  Giselle Giovanna do Couto de Oliveira (IFPR)<br />\r\n
                  Gizeli Aparecida Ribeiro de Alencar (Universidade Estadual de Maring&aacute; - UEM)<br />\r\n
                  Iara Aquino (IFPR)<br />\r\n
                  Isabel Cristina Rodrigues (UEM)<br />\r\n
                  Jaqueline Rabelo de Lima (UECE)<br />\r\n
                  Jones Baroni Ferreira de Menezes (UECE)<br />\r\n
                  Jose Fernandes da Silva (IFMG)<br />\r\n
                  Karina Soledad Maldonado Molina (USP)<br />\r\n
                  Leandro Palcha (UFPR)<br />\r\n
                  Leila Cleuri Pryjma (IFPR)<br />\r\n
                  Lilian Cristina Buzato Ritter (UEM)<br />\r\n
                  Luc&eacute;lio Ferreira Simi&atilde;o (UEMS)<br />\r\n
                  Luciana Facchini (Instituto Superior de Educa&ccedil;&atilde;o Ivoti)<br />\r\n
                  Luiz Felipe Marques (Universidade Estadual do Paran&aacute;)<br />\r\n
                  M&aacute;rcia Elisa Tet&eacute; Ramos (UEM)<br />\r\n
                  Marcilene de Assis Alves Araujo (Universidade de Gurupi - UnirG)<br />\r\n
                  Maria Elisabete Bersch (UNIVATES)<br />\r\n
                  Maria M&aacute;rcia Melo de Castro Martins (UECE)<br />\r\n
                  Mariana Feiteiro Cavalari &nbsp;(UNESP - RIO CLARO)<br />\r\n
                  M&aacute;rio C&eacute;zar Amorim de Oliveira (UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEAR&Aacute;)<br />\r\n
                  NO&Ecirc;MIA DOS SANTOS PEREIRA MOURA (UFGD)<br />\r\n
                  Raylson Francisco Nunes de Sousa (UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEAR&Aacute;)<br />\r\n
                  Rosane de Fatima Batista Teixeira (IFPR)<br />\r\n
                  Sandra Regina D&rsquo; Antonio Verrengia (UEM)<br />\r\n
                  S&eacute;rgio Nunes Lopes (Universidade do Vale do Taquari - Univates)<br />\r\n
                  Sergio Vale da Paix&atilde;o (IFPR)<br />\r\n
                  T&acirc;nia Maria de Sousa Fran&ccedil;a (Universidade Estadual do Cear&aacute; - UECE)<br />\r\n
                  Thais Ludmila Da Silva Ranieri (UFRPE)<br />\r\n
                  Viviane Paula Martini (IFPR)<br />\r\n
                  Welessandra Aparecida Benfica (UEMG)
                  """
                "ficha_catalografica" => "62a8b99c64442_14062022133852.pdf"
                "arquivo" => "15062022101650-E-BOOK-VIII-ENALIC.pdf"
                "arquivo_alterado" => 1
                "ano_publicacao" => 2022
                "created_at" => "2022-04-05 08:32:13"
                "updated_at" => "2022-06-15 10:19:16"
                "ativo" => 1
              ]
              #original: array:16 [
                "id" => 100
                "edicao_id" => 205
                "codigo" => "978-65-86901-58-0"
                "capa" => "62a767e051856_13062022133752.jpg"
                "titulo" => "E-book VIII ENALIC"
                "prefacio" => """
                  A pandemia da COVID-19 se imp&ocirc;s ao mundo. Desde o in&iacute;cio de 2020, temos a cada dia um fato novo, uma nova realidade. Doen&ccedil;a, mortes e p&acirc;nico foram ceifando vidas, sonhos e trabalho. Perdas talvez seja a palavra que melhor expresse esse per&iacute;odo!<br />\r\n
                  Para a educa&ccedil;&atilde;o n&atilde;o foi diferente. Escolas fechadas, docentes e estudantes em atividades remotas. A maioria sem condi&ccedil;&otilde;es materiais e emocionais para enfrentar a nova situa&ccedil;&atilde;o. O preju&iacute;zo pedag&oacute;gico &eacute; imenso com retrocessos inevit&aacute;veis frente &agrave;s omissas pol&iacute;ticas p&uacute;blicas e o genoc&iacute;dio do povo brasileiro. Demorou um tempo, mas a sociedade come&ccedil;ou a reagir e a enfrentar os problemas, embora a educa&ccedil;&atilde;o, mesmo sob as mais adversas condi&ccedil;&otilde;es, nunca ficou parada.<br />\r\n
                  &Eacute; nesse contexto de perdas de vidas e retrocessos sociais que o VIII ENALIC, o VII Semin&aacute;rio Nacional do PIBID e o II Semin&aacute;rio Nacional da Resid&ecirc;ncia Pedag&oacute;gica que s&atilde;o realizados de 07 a 11 de dezembro de 2021, de modo online, ap&oacute;s adiarmos sua realiza&ccedil;&atilde;o inicialmente prevista para 2020. Mais do que nunca, o di&aacute;logo entre professores da educa&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica e formadores, estudantes, pesquisadores, p&oacute;s-graduandos e demais profissionais da educa&ccedil;&atilde;o &eacute; urgente para discutir estrat&eacute;gias de luta, socializar conhecimentos e viv&ecirc;ncias, que municie o enfrentamento das pol&iacute;ticas neoliberais que se impuseram com maior for&ccedil;a na educa&ccedil;&atilde;o. N&atilde;o s&atilde;o poucas as quest&otilde;es debatidas: a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a Base Nacional Curricular-Forma&ccedil;&atilde;o de Professores, a Reforma do Ensino M&eacute;dio e seus &ldquo;novos&rdquo; itiner&aacute;rios, o corte no financiamento da educa&ccedil;&atilde;o com a EC n&ordm; 95/2016, bem como o impacto da pandemia, entre outros.<br />\r\n
                  A partir de debate com embasamento te&oacute;rico e de investiga&ccedil;&otilde;es recentes e relevantes, promovendo reflex&atilde;o atual e contextualizada de quest&otilde;es implicadas &agrave; forma&ccedil;&atilde;o inicial e continuada de professores da Educa&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica, que esses eventos mais uma vez contribu&iacute;ram com a luta geral em defesa da educa&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica, laica, gratuita, democr&aacute;tica e de qualidade socialmente referenciada para todos, tendo em Paulo Freire, Patrono da Educa&ccedil;&atilde;o Brasileira, um pilar de resist&ecirc;ncia e inspira&ccedil;&atilde;o. Assim, convidamos a tod@s a lerem ebook do evento como continuidade do processo desencadeado em dezembro. Sem d&uacute;vidas, estaremos junt@s daqui a pouco, de modo presencial, para que a nossa energia seja cada vez mais revertida em organiza&ccedil;&atilde;o de luta dos docentes e licenciandos desse Brasil, que acreditam na educa&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica, democr&aacute;tica, laica e de qualidade, socialmente referenciada para todos!<br />\r\n
                  Boa leitura!<br />\r\n
                  &nbsp;<br />\r\n
                  Nilson de Souza Cardoso<br />\r\n
                  Sueli Guadelupe de Lima Mendon&ccedil;a<br />\r\n
                  Cristiane Antonia Hauschild Johann<br />\r\n
                  Jaqueline Rabelo de Lima<br />\r\n
                  Maio de 2022.<br />\r\n
                  &nbsp;
                  """
                "apresentacao" => null
                "organizadores" => """
                  Nilson de Souza Cardoso<br />\r\n
                  Sueli Guadelupe de Lima Mendon&ccedil;a<br />\r\n
                  Cristiane Antonia Hauschild Johann<br />\r\n
                  Jaqueline Rabelo De Lima
                  """
                "conselho_editorial" => """
                  Ad&eacute;lia Maria Evangelista Azevedo (Unidades de Jardim- UEMS)<br />\r\n
                  Alana Cec&iacute;lia de Menezes Sobreira (UECE)<br />\r\n
                  Ana Maria Pereira Lima (UECE)<br />\r\n
                  Andr&eacute; Lu&iacute;s de Oliveira (Universidade Estadual de Maring&aacute;-UEM)<br />\r\n
                  Beatriz Fernanda Almeida da Silva (Unespar)<br />\r\n
                  Cl&aacute;udia In&ecirc;s Horn (UNIVATES)<br />\r\n
                  Claudia Maria Sallai Tanhoffer (UFPR)<br />\r\n
                  Cristiane Antonia Hauschild (Universidade do Vale do Taquar&iacute; - Univates)<br />\r\n
                  Cristiane Maria Sampaio Forte (UECE)<br />\r\n
                  Desire Luciane Dominschek (Uninter/Unicamp)<br />\r\n
                  Douglas Eduardo Soares Pereira (Instituto Federal do Paran&aacute;)<br />\r\n
                  Eliane Matesco Cristov&atilde;o (UNIFEI)<br />\r\n
                  Elsio Jos&eacute; Cor&aacute; (UFFS)<br />\r\n
                  Fabiane Oleg&aacute;rio (UNIVATES)<br />\r\n
                  Fabr&iacute;cio Bonfim Sud&eacute;rio (UECE)<br />\r\n
                  Fernanda Silvia Veloso (UFPR)<br />\r\n
                  Flavia Sueli Fabiani Marcatto (UNIFEI)<br />\r\n
                  Gicele Maria Cervi (PUC - S&Atilde;O PAULO)<br />\r\n
                  Giselle Giovanna do Couto de Oliveira (IFPR)<br />\r\n
                  Gizeli Aparecida Ribeiro de Alencar (Universidade Estadual de Maring&aacute; - UEM)<br />\r\n
                  Iara Aquino (IFPR)<br />\r\n
                  Isabel Cristina Rodrigues (UEM)<br />\r\n
                  Jaqueline Rabelo de Lima (UECE)<br />\r\n
                  Jones Baroni Ferreira de Menezes (UECE)<br />\r\n
                  Jose Fernandes da Silva (IFMG)<br />\r\n
                  Karina Soledad Maldonado Molina (USP)<br />\r\n
                  Leandro Palcha (UFPR)<br />\r\n
                  Leila Cleuri Pryjma (IFPR)<br />\r\n
                  Lilian Cristina Buzato Ritter (UEM)<br />\r\n
                  Luc&eacute;lio Ferreira Simi&atilde;o (UEMS)<br />\r\n
                  Luciana Facchini (Instituto Superior de Educa&ccedil;&atilde;o Ivoti)<br />\r\n
                  Luiz Felipe Marques (Universidade Estadual do Paran&aacute;)<br />\r\n
                  M&aacute;rcia Elisa Tet&eacute; Ramos (UEM)<br />\r\n
                  Marcilene de Assis Alves Araujo (Universidade de Gurupi - UnirG)<br />\r\n
                  Maria Elisabete Bersch (UNIVATES)<br />\r\n
                  Maria M&aacute;rcia Melo de Castro Martins (UECE)<br />\r\n
                  Mariana Feiteiro Cavalari &nbsp;(UNESP - RIO CLARO)<br />\r\n
                  M&aacute;rio C&eacute;zar Amorim de Oliveira (UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEAR&Aacute;)<br />\r\n
                  NO&Ecirc;MIA DOS SANTOS PEREIRA MOURA (UFGD)<br />\r\n
                  Raylson Francisco Nunes de Sousa (UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEAR&Aacute;)<br />\r\n
                  Rosane de Fatima Batista Teixeira (IFPR)<br />\r\n
                  Sandra Regina D&rsquo; Antonio Verrengia (UEM)<br />\r\n
                  S&eacute;rgio Nunes Lopes (Universidade do Vale do Taquari - Univates)<br />\r\n
                  Sergio Vale da Paix&atilde;o (IFPR)<br />\r\n
                  T&acirc;nia Maria de Sousa Fran&ccedil;a (Universidade Estadual do Cear&aacute; - UECE)<br />\r\n
                  Thais Ludmila Da Silva Ranieri (UFRPE)<br />\r\n
                  Viviane Paula Martini (IFPR)<br />\r\n
                  Welessandra Aparecida Benfica (UEMG)
                  """
                "ficha_catalografica" => "62a8b99c64442_14062022133852.pdf"
                "arquivo" => "15062022101650-E-BOOK-VIII-ENALIC.pdf"
                "arquivo_alterado" => 1
                "ano_publicacao" => 2022
                "created_at" => "2022-04-05 08:32:13"
                "updated_at" => "2022-06-15 10:19:16"
                "ativo" => 1
              ]
              #changes: []
              #classCastCache: []
              #dates: []
              #dateFormat: null
              #appends: []
              #dispatchesEvents: []
              #observables: []
              #relations: []
              #touches: []
              #hidden: []
              #visible: []
              #guarded: array:1 [
                0 => "*"
              ]
            }
          ]
        }
      ]
      #touches: []
      #hidden: []
      #visible: []
      #guarded: array:1 [
        0 => "*"
      ]
    }
  ]
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 05 de abril de 2022

Resumo

NO SITE DA REVISTA ENSINO SUPERIOR, OS NÚMEROS EM RELAÇÃO A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) ATÉ 2017, ESTAVAM AUMENTANDO, SEJA NA QUANTIDADE DE CURSOS QUE TÊM SIDO OFERECIDOS, SEJA NO NÚMERO DE ESTUDANTES QUE TÊM UTILIZADO DESSA MODALIDADE PARA REALIZAR SEUS ESTUDOS. OUTRA PESQUISA, AGORA DE JUNHO DE 2021, FEITA PELA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (ABED) E O CENSOEAD.BR, MOSTROU QUE, DURANTE A PANDEMIA, HOUVE UM AUMENTO DE 50% NO VOLUME DE MATRÍCULAS NO ENSINO A DISTÂNCIA. SOME-SE A ISSO, A DISTÂNCIA CADA VEZ MENOR ENTRE AQUELE QUE ENSINA E AQUELE QUE APRENDE A PARTIR DO ADVENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS DE INTERAÇÃO E COMUNICAÇÃO. MESMO AS ESTATÍSTICAS SOBRE A EAD APONTANDO PARA UM CRESCIMENTO NESSE SETOR, PRINCIPALMENTE EM CURSOS DE LICENCIATURA; CONFORME APONTA A EDIÇÃO 235 DA REVISTA ENSINO SUPERIOR DE DEZEMBRO DE 2018, A QUAL DIZ QUE ENTRE 2010 E 2017 HOUVE UMA QUEDA DE 9% NAS MATRÍCULAS DE CURSOS PRESENCIAIS DE LICENCIATURAS E UM AUMENTO DE 74% NO NÚMERO DAS MATRÍCULAS EM CURSOS À DISTÂNCIA; AS UNIVERSIDADES QUE PREPARAM FUTUROS PROFESSORES AINDA NÃO ESTÃO SE ADEQUANDO À ESSA NOVA MODALIDADE INSERINDO DISCIPLINAS E ATIVIDADES QUE POSSAM FORMAR ESSES FUTUROS PROFISSIONAIS (MAIA, MATTAR, 2008, P. XIII). POR EXEMPLO, NO PARANÁ, DE TODOS OS CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA QUE SÃO OFERECIDOS EM UNIVERSIDADES PÚBLICAS, APENAS UMA UNIVERSIDADE OFERECE UMA DISCIPLINA ESPECIFICAMENTE PARA TRATAR DO ASSUNTO, CONTUDO, EM CARÁTER DE DISCIPLINA OPTATIVA. NESSE CONTEXTO, ESSE TRABALHO PROCURA RESPONDER À PERGUNTA: DE QUE MODO UMA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO ÂMBITO DE UM CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA, EM PLENA PANDEMIA, PODE CONTRIBUIR PARA A FORMAÇÃO DOS FUTUROS PROFESSORES? PARA ISSO, OBJETIVA-SE APRESENTAR E DISCUTIR O QUE PENSAM ALGUNS ACADÊMICOS DE UM CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA QUE PARTICIPARAM DA DISCIPLINA INTITULADA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2020. NESSE CONTEXTO, FORAM REALIZADOS 17 QUESTIONAMENTOS AO FINAL DO CURSO, DOS QUAIS 4 DESSES QUESTIONAMENTOS SÃO TRAZIDOS PARA DISCUTIR A IMPORTÂNCIA DESSA DISCIPLINA NUM CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES; A SABER: A) EM RELAÇÃO À ELABORAÇÃO DO CURSO NO MOODLE OU NO GOOGLE CLASSROOM, QUÃO DIFÍCIL FOI ESSA ATIVIDADE?, B) EM RELAÇÃO À PERGUNTA ANTERIOR, QUAIS FORAM OS MOTIVOS DA SUA RESPOSTA? E O QUE PODERIA SER FEITO PARA DIMINUIR TAIS DIFICULDADES (OU AUMENTAR AS FACILIDADES)?, C) FAÇA UM RESUMO SOBRE SUA PARTICIPAÇÃO AO LONGO DO SEMESTRE, PONTUANDO O QUE FEZ E O QUE DEIXOU DE FAZER., D) DESCREVA SUAS IMPRESSÕES SOBRE COMO FORAM NOSSAS AULAS. A ANÁLISE UTILIZADA, DE CARÁTER QUALITATIVO, CONFORME LUNE E BERG (2017, P. 12, TRADUÇÃO NOSSA), REFERE-SE “[…] AOS SIGNIFICADOS, CONCEITOS, DEFINIÇÕES, CARACTERÍSTICAS, METÁFORAS, SÍMBOLOS E DESCRIÇÕES DAS COISAS”. ALÉM DISSO, PARTE-SE DE UM PARADIGMA CONSTRUTIVISTA, NO QUAL SE ASSUME […] UMA ONTOLOGIA RELATIVISTA (HÁ MUITAS REALIDADES), UMA EPISTEMOLOGIA SUBJETIVISTA (ENTENDIMENTOS DOS CO-CRIADORES CONHECEDORES E RESPONDENTES) E UM CONJUNTO NATURALISTA (EM UM MUNDO NATURAL) DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS (DENZIN, LINCOLN, 2005, P. 24, TRADUÇÃO NOSSA). UMA ONTOLOGIA RELATIVISTA, POIS PARTE-SE DO PRESSUPOSTO QUE EXISTEM OUTRAS REALIDADES, OUTRAS DISCIPLINAS, OUTROS ESTUDANTES, OUTROS CONTEXTOS. UMA EPISTEMOLOGIA SUBJETIVA, POIS O OLHAR É DIFERENTE PARA OS DIFERENTES ATORES, NO CASO EM TELA, A VISÃO AQUI É DO PESQUISADOR A PARTIR DAS RESPOSTAS DOS ESTUDANTES; OUTRO PESQUISADOR TERIA UM OUTRO OLHAR, OU ATÉ MESMO O MESMO AUTOR, EM OUTRO MOMENTO HISTÓRICO-PESSOAL, TERIA UM OLHAR DIFERENTE. POR FIM, É UM CONJUNTO NATURALISTA, UMA VEZ QUE OS PROCEDIMENTOS AQUI ADOTADOS PROCURAM SEGUIR UM ORDENAMENTO NATURAL E BASEADO NA REALIDADE, NÃO EM MODELOS TEÓRICOS COM A EXCLUSÃO DE VARIÁVEIS. A PARTIR DAS RESPOSTAS DOS ESTUDANTES VERIFICOU-SE QUE OS ESTUDANTES: POSSUÍAM DIFICULDADES EM ELABORAR UM CURSO OU ATIVIDADES A DISTÂNCIA; RESISTÊNCIAS EM MANTER AS CÂMERAS LIGADAS NO INÍCIO DO CURSO, MAS AO LONGO DO SEMESTRE, A PARTIR DAS DISCUSSÕES, FORAM SENDO DESFEITAS, À MEDIDA QUE ELES COMPREENDIAM ÀS DIFICULDADES DO PROFESSOR EM INTERAGIR; DIFICULDADES COM AS AULAS SÍNCRONAS, UMA VEZ QUE A INTERNET E O AMBIENTE NÃO FAVORECIAM; ACESSAVAM AS AULAS SÍNCRONAS, QUE ERAM GRAVADAS, PRINCIPALMENTE POR CONTA DE PROBLEMAS DE CONEXÃO; POSSÍVEL MERCADO DE TRABALHO; DIFERENÇAS ENTRE MÉTODOS DE ENSINO PRESENCIAL E A DISTÂNCIA; PRECONCEITOS EM RELAÇÃO A EAD, COMO POR EXEMPLO, QUE A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NÃO É BOA, QUE OS ALUNOS COLAM NAS AVALIAÇÕES E QUE NÃO SE PODE APRENDER MATEMÁTICA NESSE FORMATO. NESSE CONTEXTO, OS ESTUDANTES CONSEGUIRAM VERIFICAR RELAÇÕES COM A EDUCAÇÃO PRESENCIAL E PERCEBER QUE OS PRECONCEITOS QUE ELES TINHAM EM RELAÇÃO A EAD NÃO ERAM, NECESSARIAMENTE SOBRE A MODALIDADE DE ENSINO, MAS SOBRE SUAS PRÓPRIAS CRENÇAS. ESSAS CRENÇAS, AO QUE PARECE, FORAM ALTERADAS A PARTIR DAS DISCUSSÕES QUE FORAM REALIZADAS EM SALA DE AULA. ALÉM DOS PRECONCEITOS, A FALTA DE INFORMAÇÃO SOBRE A EAD FOI OUTRO ASPECTO QUE EMERGIU NAS RESPOSTAS, UMA VEZ QUE ELES COMENTARAM SOBRE A IMPORTÂNCIA DO ACESSO E DA FLEXIBILIDADE DE HORÁRIOS QUE A EAD PROPICIA, BEM COMO SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS QUE FORAM ADOTADAS PARA OPORTUNIZAR A TODOS UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, PRINCIPALMENTE EM TEMPOS DE PANDEMIA. ESSAS FALAS MOSTRAM QUE OS ESTUDANTES NÃO TINHAM IDEIA DE COMO FUNCIONAVA O SISTEMA DE ENSINO À DISTÂNCIA, MAS QUE, AO EXPERIENCIAR ESSE SISTEMA, PUDERAM PERCEBER O QUÃO DISTANTE ERA O QUE ELES PENSAVAM UM ESTUDANTE DE EAD DE UM DE FATO. ASSIM, COMPARANDO AS RESPOSTAS COM OS OBJETIVOS DA DISCIPLINA E, BUSCANDO RESPONDER À PERGUNTA DE PESQUISA, FOI POSSÍVEL VERIFICAR QUE A DISCIPLINA PODE AJUDAR OS FUTUROS PROFESSORES A CONHECER AS ESPECIFICIDADES DA MODALIDADE DE EAD, DESENVOLVER UMA POSTURA CRÍTICA A RESPEITO DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EAD E REFLETIR SOBRE O USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS NO ENSINO À DISTÂNCIA. PORTANTO, UMA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, NO ATUAL CONTEXTO TECNOLÓGICO EM QUE VIVEMOS, É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA, UMA VEZ QUE OS ESTUDANTES NÃO TÊM CONHECIMENTO DESSA MODALIDADE DE ENSINO, INCLUINDO AQUI A POSSIBILIDADE DE INSERÇÃO NESSE NICHO DE TRABALHO, UMA VEZ QUE ESTÃO SENDO NECESSÁRIOS PROFISSIONAIS PARA ATUAR COMO PROFESSORES, TUTORES, PRODUTORES DE MATERIAL E GESTORES.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.