Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 196
FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA OLHAR NA LICENCIATURA EM FÍSICA

Palavra-chaves: FORMAÇÃO DE PROFESSORES, EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS, LICENCIATURA EM FÍSICA Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO DE PESSOAS JOVENS E ADULTAS Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Os desafios do mundo pós-moderno, atualmente relacionado às transformações pelas quais a educação escolar vem passando, incidem diretamente nos cursos de formação inicial e continuada de professores, esses desafios e complexidade só aumentam, quando a esfera de observação é a Educação de Jovens e Adultos (EJA). De modo geral, os cursos formadores de professores silenciam quando o foco é a formação de professores para atuarem na EJA, e dessa forma a improvisação é um elemento constante na prática dos professores que atuam nessa modalidade de ensino. Diante dessa realidade, este trabalho, que é um recorte de uma pesquisa mais ampla, tem como objetivo analisar a configuração do curso de formação de professores de Física, a licenciatura, da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), aproximando as lentes mais especificamente para a EJA, analisando aquilo que tem sido proposto e o exequível dentro das demandas de formação de professores do curso para essa modalidade.A proposta dessa pesquisa se fundamentou no levantamento e análise dos documentos relacionados à formação de professores para a educação de jovens e adultos e direcionado com mais afinco para as observação na formação de professores de Física para EJA. Para efetivação do trabalho utilizamos uma análise de conteúdo nos documentos que orientam e regem a Licenciatura em Física. Os documentos que serviram de base para a análise foram: as Diretrizes Nacionais Curriculares para os cursos de Física (Parecer CNE/CES 1.304/2001, Resolução CNE/CES 9/2002, a Resolução CNE/CP 2/2002) e o Projeto Político Pedagógico (PPP) do curso de Licenciatura em Física/UEPB, a fim de verificar se os documentos fazem menção às discussões e demandas referentes à formação de professores para atuar na modalidade de EJA. Para efetivarmos essa verificação selecionamos como unidades de registro para a análise termos que remetem a modalidade de educação de jovens e adultos. Os resultados da análise nos fez constatar que explicitamente os documentos oficiais do curso não apresentam referência a EJA, no entanto, entendemos que de alguma forma, a abordagem possa ser feita dentro do âmbito das disciplinas de núcleo específico, pois existem possibilidades de inserção do ensino relativo a essa modalidade, porém sem nada de garantia explícita, ficando a cargo do professor formador realizar ou não tal abordagem. Nesse contexto, entendemos que precisamos superar o campo das suposições e possibilidades para que haja efetivação na formação de professores para atuarem na modalidade EJA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.