Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

VER, OUVIR E SENTIR: A EXPERIÊNCIA COM A “LITERATURA E ARTE” PARA (RE)PENSAR A EDUCAÇÃO ETNICORRACIAL NO COTIDIANO ESCOLAR

Palavra-chaves: LITERATURA, ARTE, EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICORRAC, LITERATURA, ARTE, EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICORRAC, LITERATURA, ARTE, EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICORRAC Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 8037
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 381
    "inscrito_id" => 4691
    "titulo" => "VER, OUVIR E SENTIR: A EXPERIÊNCIA COM A “LITERATURA E ARTE”  PARA (RE)PENSAR A EDUCAÇÃO ETNICORRACIAL NO COTIDIANO ESCOLAR"
    "resumo" => "Este texto tem por objetivo apresentar algumas considerações sobre o papel da literatura e da arte como elemento essencial para repensar a educação etnicorracial frente à Lei 10.635/2003 que instituiu a obrigatoriedade da cultura africana e afro-brasileira nos currículos obrigatórios da educação básica. Assim, com base em autores como Freire (1996), que pensa a educação como lócus de troca e interação, Bondia (2002) que enfatiza a importância do sujeito da experiência, Barbosa (2006), que apresenta a importância dos contos africanos como narrativa e Silva (2014), que faz uma abordagem das obras do mestre Zumba, entre outros, a presente temática é problematizada.  São trabalhados um poema e um conto da cultura negra, além de ter sido feita uma incursão no trabalho de Silva sobre o mestre Zumba, entre outras atividades pertinentes ao assunto pesquisado. Dessa forma, são  levantadas as questões da educação etnicorracial, a exemplo dos dilemas profissionais dos docentes e a Lei 10.639 e a implicação sobre: que saberes pedagógicos os docentes têm acumulado ao longo da sua formação. Quais recursos estão relacionados às condições docentes para/ou que deem condições ao trabalho nas questões etnicorraciais? Quais concepções de educação têm os docentes para a igualdade e para a diversidade? Os resultados apontam, frente à nova realidade, que a literatura e arte são caminhos possíveis para um repensar docente sobre as novas demandas frente às relações etnicorraciais."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "EDUCAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS"
    "palavra_chave" => "LITERATURA, ARTE, EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICORRAC, LITERATURA, ARTE, EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICORRAC, LITERATURA, ARTE, EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICORRAC"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_05_08_2014_22_08_45_idinscrito_4691_10a7f7252a6e357f81142f130c7a9ab8.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:28"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EDLENE CAVALCANTI SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "EDLENE"
    "autor_email" => "edlenecavalcanti@hotmail."
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 8037
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 381
    "inscrito_id" => 4691
    "titulo" => "VER, OUVIR E SENTIR: A EXPERIÊNCIA COM A “LITERATURA E ARTE”  PARA (RE)PENSAR A EDUCAÇÃO ETNICORRACIAL NO COTIDIANO ESCOLAR"
    "resumo" => "Este texto tem por objetivo apresentar algumas considerações sobre o papel da literatura e da arte como elemento essencial para repensar a educação etnicorracial frente à Lei 10.635/2003 que instituiu a obrigatoriedade da cultura africana e afro-brasileira nos currículos obrigatórios da educação básica. Assim, com base em autores como Freire (1996), que pensa a educação como lócus de troca e interação, Bondia (2002) que enfatiza a importância do sujeito da experiência, Barbosa (2006), que apresenta a importância dos contos africanos como narrativa e Silva (2014), que faz uma abordagem das obras do mestre Zumba, entre outros, a presente temática é problematizada.  São trabalhados um poema e um conto da cultura negra, além de ter sido feita uma incursão no trabalho de Silva sobre o mestre Zumba, entre outras atividades pertinentes ao assunto pesquisado. Dessa forma, são  levantadas as questões da educação etnicorracial, a exemplo dos dilemas profissionais dos docentes e a Lei 10.639 e a implicação sobre: que saberes pedagógicos os docentes têm acumulado ao longo da sua formação. Quais recursos estão relacionados às condições docentes para/ou que deem condições ao trabalho nas questões etnicorraciais? Quais concepções de educação têm os docentes para a igualdade e para a diversidade? Os resultados apontam, frente à nova realidade, que a literatura e arte são caminhos possíveis para um repensar docente sobre as novas demandas frente às relações etnicorraciais."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "EDUCAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS"
    "palavra_chave" => "LITERATURA, ARTE, EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICORRAC, LITERATURA, ARTE, EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICORRAC, LITERATURA, ARTE, EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICORRAC"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_05_08_2014_22_08_45_idinscrito_4691_10a7f7252a6e357f81142f130c7a9ab8.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:28"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EDLENE CAVALCANTI SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "EDLENE"
    "autor_email" => "edlenecavalcanti@hotmail."
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Este texto tem por objetivo apresentar algumas considerações sobre o papel da literatura e da arte como elemento essencial para repensar a educação etnicorracial frente à Lei 10.635/2003 que instituiu a obrigatoriedade da cultura africana e afro-brasileira nos currículos obrigatórios da educação básica. Assim, com base em autores como Freire (1996), que pensa a educação como lócus de troca e interação, Bondia (2002) que enfatiza a importância do sujeito da experiência, Barbosa (2006), que apresenta a importância dos contos africanos como narrativa e Silva (2014), que faz uma abordagem das obras do mestre Zumba, entre outros, a presente temática é problematizada. São trabalhados um poema e um conto da cultura negra, além de ter sido feita uma incursão no trabalho de Silva sobre o mestre Zumba, entre outras atividades pertinentes ao assunto pesquisado. Dessa forma, são levantadas as questões da educação etnicorracial, a exemplo dos dilemas profissionais dos docentes e a Lei 10.639 e a implicação sobre: que saberes pedagógicos os docentes têm acumulado ao longo da sua formação. Quais recursos estão relacionados às condições docentes para/ou que deem condições ao trabalho nas questões etnicorraciais? Quais concepções de educação têm os docentes para a igualdade e para a diversidade? Os resultados apontam, frente à nova realidade, que a literatura e arte são caminhos possíveis para um repensar docente sobre as novas demandas frente às relações etnicorraciais.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.