Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

AVANÇOS E DESAFIOS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO:REFLEXÕES SOBRE O PROGRAMA MAIS EDUCAÇAÕ

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO CAMPO, POLITICAS EDUCACIONAIS, PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO Pôster (PO) FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 6977
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 867
    "inscrito_id" => 2229
    "titulo" => "AVANÇOS E DESAFIOS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO:REFLEXÕES SOBRE O PROGRAMA MAIS EDUCAÇAÕ"
    "resumo" => "Este texto representa uma pesquisa realizada durante a disciplina de Pesquisas e Práticas do Curso de Licenciatura em Educação do Campo na Universidade Federal da Paraíba. A pesquisa analisou os avanços e desafios do programa do governo federal Mais Educação desenvolvido na Escola Edgar Guedes da Silva no município de Pedras de Fogo – PB, com o intuito de observar as concepções e práticas voltadas à Educação do Campo, além de identificar a relação educador/educando no processo de ensino-aprendizagem no campo. A pesquisa fundamenta-se nas contribuições teóricas de Madalena Sucheck e Lucia Helena Alencastro (2011), que enfatizam as ações da educação do campo na Região de Cascavel a partir do Projovem-Campo e do projeto Saberes da Terra. Também utilizamos como fundamentação teórica Molina, et al. (2005) e Pimenta, et al. (2012). Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa de campo com abordagem qualitativa, que utilizará como instrumentos de coleta de dados a conversa informal e a entrevista semi-estruturada, combinando perguntas abertas e fechadas. Essa pesquisa contou com a participação de 03 professores e 03 alunos de uma escola pública do ensino fundamental 1 e II. As análises dos dados foram construídas a partir do diálogo entre teorias e dados empíricos coletados. Os resultados parciais apresentam alguns avanços da escola a partir da inserção do programa Mais Educação que impulsionou a criação de uma horta, na qual são colhidos legumes e verduras naturais para serem utilizados na merenda escolar. Com o programa também houve a redução da evasão escolar e foi ampliada a oferta de ensino médio. O desafio atual consiste em conseguir a permanência dos alunos na escola mesmo melhorando o ensino-aprendizagem, a auto-estima, o comportamento e comprometimento com a comunidade. Para isso, foi ampliada a infra-estrutura da escola com mais duas salas de aula, uma sala de leitura, uma sala de recreação, um laboratório de informática, ginásio poliesportivo, um auditório para apresentações de datas comemorativas e culminâncias. Outros resultados positivos consistem no crescimento pessoal dos alunos, monitores qualificados, oferta de almoço e lanche de qualidade, participação da família na escola. A educação do campo necessita de políticas públicas que estimulem a autonomia dos sujeitos, valorize suas especificidade e saberes para que possam usufruir de todos os direitos respaldados por lei."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO CAMPO, POLITICAS EDUCACIONAIS, PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_11_08_2014_10_47_20_idinscrito_2229_52740d96e80f84676412d56a7947c782.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:24"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EMANUELA ALVES DE MOURA NEVES"
    "autor_nome_curto" => "EMANUELA ALVES"
    "autor_email" => "emanuela_alves_@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 6977
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 867
    "inscrito_id" => 2229
    "titulo" => "AVANÇOS E DESAFIOS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO:REFLEXÕES SOBRE O PROGRAMA MAIS EDUCAÇAÕ"
    "resumo" => "Este texto representa uma pesquisa realizada durante a disciplina de Pesquisas e Práticas do Curso de Licenciatura em Educação do Campo na Universidade Federal da Paraíba. A pesquisa analisou os avanços e desafios do programa do governo federal Mais Educação desenvolvido na Escola Edgar Guedes da Silva no município de Pedras de Fogo – PB, com o intuito de observar as concepções e práticas voltadas à Educação do Campo, além de identificar a relação educador/educando no processo de ensino-aprendizagem no campo. A pesquisa fundamenta-se nas contribuições teóricas de Madalena Sucheck e Lucia Helena Alencastro (2011), que enfatizam as ações da educação do campo na Região de Cascavel a partir do Projovem-Campo e do projeto Saberes da Terra. Também utilizamos como fundamentação teórica Molina, et al. (2005) e Pimenta, et al. (2012). Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa de campo com abordagem qualitativa, que utilizará como instrumentos de coleta de dados a conversa informal e a entrevista semi-estruturada, combinando perguntas abertas e fechadas. Essa pesquisa contou com a participação de 03 professores e 03 alunos de uma escola pública do ensino fundamental 1 e II. As análises dos dados foram construídas a partir do diálogo entre teorias e dados empíricos coletados. Os resultados parciais apresentam alguns avanços da escola a partir da inserção do programa Mais Educação que impulsionou a criação de uma horta, na qual são colhidos legumes e verduras naturais para serem utilizados na merenda escolar. Com o programa também houve a redução da evasão escolar e foi ampliada a oferta de ensino médio. O desafio atual consiste em conseguir a permanência dos alunos na escola mesmo melhorando o ensino-aprendizagem, a auto-estima, o comportamento e comprometimento com a comunidade. Para isso, foi ampliada a infra-estrutura da escola com mais duas salas de aula, uma sala de leitura, uma sala de recreação, um laboratório de informática, ginásio poliesportivo, um auditório para apresentações de datas comemorativas e culminâncias. Outros resultados positivos consistem no crescimento pessoal dos alunos, monitores qualificados, oferta de almoço e lanche de qualidade, participação da família na escola. A educação do campo necessita de políticas públicas que estimulem a autonomia dos sujeitos, valorize suas especificidade e saberes para que possam usufruir de todos os direitos respaldados por lei."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO CAMPO, POLITICAS EDUCACIONAIS, PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_11_08_2014_10_47_20_idinscrito_2229_52740d96e80f84676412d56a7947c782.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:24"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EMANUELA ALVES DE MOURA NEVES"
    "autor_nome_curto" => "EMANUELA ALVES"
    "autor_email" => "emanuela_alves_@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Este texto representa uma pesquisa realizada durante a disciplina de Pesquisas e Práticas do Curso de Licenciatura em Educação do Campo na Universidade Federal da Paraíba. A pesquisa analisou os avanços e desafios do programa do governo federal Mais Educação desenvolvido na Escola Edgar Guedes da Silva no município de Pedras de Fogo – PB, com o intuito de observar as concepções e práticas voltadas à Educação do Campo, além de identificar a relação educador/educando no processo de ensino-aprendizagem no campo. A pesquisa fundamenta-se nas contribuições teóricas de Madalena Sucheck e Lucia Helena Alencastro (2011), que enfatizam as ações da educação do campo na Região de Cascavel a partir do Projovem-Campo e do projeto Saberes da Terra. Também utilizamos como fundamentação teórica Molina, et al. (2005) e Pimenta, et al. (2012). Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa de campo com abordagem qualitativa, que utilizará como instrumentos de coleta de dados a conversa informal e a entrevista semi-estruturada, combinando perguntas abertas e fechadas. Essa pesquisa contou com a participação de 03 professores e 03 alunos de uma escola pública do ensino fundamental 1 e II. As análises dos dados foram construídas a partir do diálogo entre teorias e dados empíricos coletados. Os resultados parciais apresentam alguns avanços da escola a partir da inserção do programa Mais Educação que impulsionou a criação de uma horta, na qual são colhidos legumes e verduras naturais para serem utilizados na merenda escolar. Com o programa também houve a redução da evasão escolar e foi ampliada a oferta de ensino médio. O desafio atual consiste em conseguir a permanência dos alunos na escola mesmo melhorando o ensino-aprendizagem, a auto-estima, o comportamento e comprometimento com a comunidade. Para isso, foi ampliada a infra-estrutura da escola com mais duas salas de aula, uma sala de leitura, uma sala de recreação, um laboratório de informática, ginásio poliesportivo, um auditório para apresentações de datas comemorativas e culminâncias. Outros resultados positivos consistem no crescimento pessoal dos alunos, monitores qualificados, oferta de almoço e lanche de qualidade, participação da família na escola. A educação do campo necessita de políticas públicas que estimulem a autonomia dos sujeitos, valorize suas especificidade e saberes para que possam usufruir de todos os direitos respaldados por lei.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.