Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NA EDUCAÇÃO: COMO O RACISMO INTERFERE NO PROCESSO EDUCATIVO

Palavra-chaves: RACISMO ESTRUTURAL, EDUCAÇÃO, ALUNO NEGRO, ESCOLA, AFRO-BRASILEIRA Comunicação Oral (CO) GT 06 - Educação e Relações Étnico-Raciais Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS SÃO PAUTADAS COM POUCA FREQUÊNCIA DURANTE AS DIVERSAS FASES DA VIDA ESCOLAR, FATORES ESSES QUE SÃO CONTRIBUINTES PARA A PERPETUAÇÃO DO RACISMO. EM VISTA DISSO, ANALISOU-SE NECESSÁRIO FAZER UMA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA DE CARÁTER QUALITATIVO, A FIM DE COMPREENDER A INTERFERÊNCIA DESSA PROBLEMÁTICA DURANTE O PROCESSO EDUCATIVO. NO DECORRER DO ESTUDO, ABORDAMOS OS DESAFIOS ENCONTRADOS DURANTE O PERCURSO HISTÓRICO DOS AFRICANOS NO BRASIL, DISCUTINDO SOBRE A INFERIORIZAÇÃO DA RAÇA E DE COMO A SOCIEDADE CONTINUA ESTABELECENDO ESSA LIGAÇÃO DE DEPRECIAÇÃO PARA COM OS NEGROS. EM DETRIMENTO DA DEMOCRACIA RACIAL IMPOSTA NO IMAGINÁRIO NACIONAL, AINDA ENCONTRAMOS ESCOLAS COMPLETAMENTE DESPREPARADAS PARA A ABORDAGEM RACIAL, A QUAL INCLUEM EM SUA GRADE CURRICULAR LIVROS DEFASADOS ONDE ENCONTRA-SE UMA LITERATURA OPRESSIVA, QUE JUNTO AO RACISMO ESTRUTURAL TORNA-SE CONTRIBUIDORA PARA A MARGINALIZAÇÃO E PERDA DE IDENTIDADE DOS AFRODESCENDENTES. DADO O EXPOSTO, VÊ-SE A IMPORTÂNCIA DA REPRESENTATIVIDADE NO ÂMBITO ESCOLAR, A FIM DE QUE A INSTITUIÇÃO DE ENSINO SEJA UM DOS CAMINHOS A COMBATER ESSA TAL PRÁTICA IDEOLÓGICA ENRAIZADA NA SOCIEDADE.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.