Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 200
CIÊNCIA NA PRAÇA: UMA ABORDAGEM SOBRE TIPAGEM SANGUÍNEA EM UM ESPAÇO NÃO FORMAL DE ENSINO

Palavra-chaves: ESPAÇOS NÃO FORMAIS, APRENDIZAGEM, TIPAGEM SANGUÍNEA, SOCIALIZAÇÃO, CIÊNCIA NA PRAÇA Comunicação Oral (CO) GT 16 - Ensino de Ciências Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

ESPAÇOS NÃO FORMAIS DE ENSINO FAVORECEM DIVERSAS POSSIBILIDADES DE APRENDIZAGEM, ALÉM DE APROXIMAR A UNIVERSIDADE COM A SOCIEDADE DIVULGANDO CONHECIMENTO CIENTÍFICO E INFORMANDO A POPULAÇÃO COMO UM TODO. O PROJETO CIÊNCIA NA PRAÇA FOI UMA ATIVIDADE REALIZADA DURANTE A DISCIPLINA DE ESTÁGIO CURRICULAR EM CIÊNCIAS NATURAIS QUE PERMITIU DIALOGAR SOBRE O SISTEMA ABO DE GRUPOS SANGUÍNEOS, COM A COMUNIDADE. ASSIM, O PRESENTE TRABALHO TEVE COMO OBJETIVO INFORMAR A POPULAÇÃO SOBRE O SISTEMA ABO E FATOR RH, ALÉM DE REALIZAR TESTE DE TIPAGEM SANGUÍNEA EM ESPAÇOS NÃO-FORMAIS DE ENSINO, ENFATIZANDO A IMPORTÂNCIA DAS TRANSFUSÕES DE SANGUE. O ESTUDO FOI REALIZADO NA PRAÇA DA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO – UPA NO BAIRRO ALTO DE SÃO MANOEL NA CIDADE DE MOSSORÓ – RN. OS DADOS FORAM ANALISADOS DE FORMA QUALIQUANTITATIVA, BASEADO NOS RESULTADOS DOS TESTES DE TIPAGEM SANGUÍNEA, A PARTIR DA TESTAGEM DA POPULAÇÃO INTERESSADA. ALÉM DISSO, FOI OBSERVADO COMENTÁRIOS, INDAGAÇÕES, COMPARTILHAMENTO DE CONHECIMENTOS PRÉVIOS E O INTERESSE DO PÚBLICO SOBRE O ASSUNTO ABORDADO DURANTE O CIÊNCIA NA PRAÇA. A INTERVENÇÃO ACONTECEU NO DIA 18 DE FEVEREIRO DE 2020 COM A PARTICIPAÇÃO DE 34 INDIVÍDUOS QUE FREQUENTAVAM O ESPAÇO PARA O SEU ENTRETENIMENTO. SENDO ASSIM, OS RESULTADOS ENCONTRADOS MOSTRAM QUE A REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS EM ESPAÇOS NÃO INSTITUCIONALIZADOS FORTALECE O CONHECIMENTO DE POPULARES RESIDENTES EM ZONAS URBANAS MAIS CARENTES DE INFORMAÇÃO, SENDO UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA APROXIMAR A COMUNIDADE E A UNIVERSIDADE.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.