Artigo E-book 3: VI CONEDU

E-books

ISBN: 978-65-86901-08-5

PRÁTICAS CINEMATOGRÁFICAS NA SALA DE AULA - UMA ABORDAGEM MIDIÁTICA E INTERDISCIPLINAR DA CULTURA NA EDUCAÇÃO

Palavra-chaves: CINEMA NA EDUCAÇÃO, EDUCAÇÃO BÁSICA, CULTURA, TECNOLOGIA, EDUCAÇÃO AUDIOVISUAL. E-book GT 19 – Tecnologias e Educação Publicado em 12 de junho de 2020

Resumo

ESTE TRABALHO ANALISA AS POSSIBILIDADES PROPORCIONADAS PELO EMPREGO DA PRÁTICA CINEMATOGRÁFICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA. O OBJETIVO É MINUCIAR OS ASPECTOS INERENTES A ESTE TIPO DE ATIVIDADE DIDÁTICA NO QUE DIZ RESPEITO A PRODUÇÃO DE SENTIDO, SIGNIFICAÇÕES CULTURAIS, PRÁTICAS SOCIAIS E RESSIGNIFICAÇÕES DOS SUJEITOS DA APRENDIZAGEM. A PARTIR DE UMA INVESTIGAÇÃO AUTOBIOGRÁFICA DE RELATOS DA EVOLUÇÃO DA APLICABILIDADE DE APRENDIZADOS DESTA NATUREZA E DEPOIMENTOS DE DISCENTES E DOCENTES PARTICIPANTES, AVALIAMOS A IMPORTÂNCIA DESTE TIPO DE ATIVIDADE EM PROMOVER A INTERDISCIPLINARIDADE E RECONHECIMENTO DE ALTERIDADE PELOS ALUNOS OPORTUNIZANDO REDEFINIÇÕES DE SUAS PERCEPÇÕES SOBRE O MUNDO E SI MESMOS. BUSCAMOS FRISAR QUE NA REALIZAÇÃO DE UM FILME EM SALA DE AULA, OS ALUNOS DESEMPENHAM UMA PRÁTICA CULTURAL FAVORÁVEL À CRIAÇÃO DE SEU PRÓPRIO CONHECIMENTO. INDICAMOS QUE ESTE TIPO DE ATIVIDADE NÃO SEJA OBJETO DE UMA AVALIAÇÃO DE CUNHO TRADICIONAL, CONTEUDISTA E IMEDIATISTA. PONDERAMOS AS DIFICULDADES DECORRENTES DE TAL CRITÉRIO POIS AS ESCOLAS TRADICIONALMENTE AINDA EXIGEM A AVALIAÇÃO FORMAL. CONCLUÍMOS QUE AS INFLUÊNCIAS DO ENTRE-LUGAR DESTE TIPO DE ATIVIDADE PODE SER IMENSURÁVEL E QUE NÃO EXISTE A PRÁTICA CINEMATOGRÁFICA IDEAL OU COMPLETA PARA APLICAR-SE EM SALA DE AULA, MAS A QUE MELHOR SE ADEQUA A UM ESPAÇO-TEMPO ESPECÍFICO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.