Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

PIBID E FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR: A VINCULAÇÃO ENTRE TEORIA E PRÁTICA

Palavra-chaves: PIBID, LICENCIATURA, EDUCAÇÃO BÁSICA Comunicação Oral (CO) GT 01. Formação de professores Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

O ambiente escolar como ele realmente é, em via de regra violento e mal estruturado (SILVA, CHAGAS e ALVES, 2009), não é estudado pelos alunos de licenciatura das universidades. Um profissional não se forma apenas por frequentar a sala de aula do curso de graduação, mas também a partir das reflexões sobre suas experiências em sua prática (FÁVERO, 1992). Esta bagagem é essencial para sua formação, a reflexão sobre a experiência (NÓVOA, 2003). O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência, conhecido como PIBID, tem por objetivo estreitar os laços entre a teoria que é abordada nas aulas durante os cursos de licenciatura e, a partir de parcerias com instituições de educação básica da rede pública, proporcionar uma processo de ensino-aprendizagem mais ativo ao licenciando (ROMAGNOLLI, SOUZA e MARQUES, 2014). Para o desenvolvimento deste trabalho foi necessário dialogar com uma das alunas que participou de um dos projetos do PIBID, por cerca de 4 meses em um Núcleo de Estudos de Língua na cidade de Recife, Pernambuco. Os objetivos deste trabalho foram: perceber como o PIBID aprimora a reflexão do licenciando sobre seu papel na sala de aula; analisar como a vivência do PIBID auxilia na práxis do licenciando; e refletir como a teoria estudada em sala pode repercutir na prática docente. Como resultado percebemos que, de forma geral, o estudante, quando se depara com a realidade das escolas públicas, torna-se mais crítico e questionador, buscando, desta forma, associar a teoria estudada em sala às suas necessidades como docente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.