Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: O TRABALHO DE CAMPO COMO RECURSO DIDÁTICO

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO AMBIENTAL, EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, TRABALHO DE CAMPO, GEOGRAFIA Comunicação Oral (CO) GT 01. Formação de professores Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

Este artigo relata uma experiência do uso do trabalho de campo como recurso didático para o ensino da Educação Ambiental na modalidade Educação a Distância (EAD). O trabalho de campo foi realizado em 2017 no curso de Licenciatura em Geografia EAD da Universidade Federal de Pernambuco e trata-se de uma experiência pioneira na história do curso, já que foi a primeira vez que aconteceu nessa modalidade de ensino. O percurso realizado partiu de Recife/PE, passando pelos polos UAB da UFPE em Surubim/PE, Pesqueira/PE e Tabira/PE, e seguiu para ser desenvolvido entre os municípios de Petrolina/PE e Juazeiro/BA. Os alunos da EAD apresentam uma peculiaridade: poucos se conhecem pessoalmente. Este modelo de trabalho de campo usado na disciplina Educação Ambiental leva em consideração a realidade local do aluno, e visa à valorização da Educação Ambiental e sua real aplicabilidade no cotidiano. A Educação Ambiental volta-se à ação de cidadania perante o meio ambiente, à experiência vivida e à participação, numa visão holística e integrada. A experiência com o trabalho de campo na Educação à Distância é um desafio que culmina no objetivo maior da educação geográfica: formar cidadãos ativos e comprometidos com o natural e com o social. A partir dessa experiência, pode-se conferir a importância do uso do trabalho de campo como recurso didático para o ensino da Educação Ambiental na modalidade EAD, bem como abriu precedente para que outros trabalhos do mesmo tipo fossem realizados.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.