Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

AS RELAÇÕES DA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAIS NA SÉRIE DE DESENHO ANIMADO MUNDO BITA, DE 2013 E 2016

Palavra-chaves: ÉTNICO-RACIAL, MUNDO BITA, DESENHOS ANIMADOS, ANÁLISE QUALITATIVA Comunicação Oral (CO) GT 03. História da Educação
"2018-10-17 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 46499
    "edicao_id" => 101
    "trabalho_id" => 2140
    "inscrito_id" => 529
    "titulo" => "AS RELAÇÕES DA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAIS NA SÉRIE DE DESENHO ANIMADO MUNDO BITA, DE 2013 E 2016"
    "resumo" => "O presente trabalho tem como objetivo analisar as relações da educação étnico-raciais na série de desenhos animados Mundo Bita ancorado na semiologia. A abordagem lançará olhos mais atentos ao Mundo Bita em relação ao protagonismo, ao pertencimento e ao empoderamento dos personagens nos 65 episódios, divididos em sete volumes. A delimitação do corpus foi feita com base na análise qualitativa, buscando observar o imagético, imagens e áudios que se relacionam com educação informal, educação sem intencionalidade, após análise da série identificamos que as cenas são variadas e baseadas no cotidiano, ou seja, a natureza, o fundo do mar, brincadeiras na rua. Também alguns cenários como o lar, crianças escovando os dentes, utilizando o banheiro e tudo isso baseado na ludicidade, além de observarmos as brincadeiras fora do ambiente do lar, jogo de futebol e a escola. Não obstante, as diversões como bicicleta, skate e patins não escaparam do olhar semiológico onde se encontram distinções nas relações étnico-raciais. O Mundo Bita tem como um público alvo crianças até seis anos, porém verificamos através de pesquisas no YouTube, na parte dos comentários, que o público do Mundo Bita é muito mais diversificado."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 03. História da Educação"
    "palavra_chave" => "ÉTNICO-RACIAL, MUNDO BITA, DESENHOS ANIMADOS, ANÁLISE QUALITATIVA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV117_MD1_SA3_ID529_13092018112402.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:30"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:33:54"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CARLOS ALBERTO BRAGA DO ESPÍRITO SANTO"
    "autor_nome_curto" => "CARLOS BRAGA"
    "autor_email" => "carlos_albertobraga@hotma"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais V CONEDU"
    "edicao_evento" => "V Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a040030b34_17022020000952.jpg"
    "edicao_capa" => "5e4a040030246_17022020000952.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-10-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 46499
    "edicao_id" => 101
    "trabalho_id" => 2140
    "inscrito_id" => 529
    "titulo" => "AS RELAÇÕES DA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAIS NA SÉRIE DE DESENHO ANIMADO MUNDO BITA, DE 2013 E 2016"
    "resumo" => "O presente trabalho tem como objetivo analisar as relações da educação étnico-raciais na série de desenhos animados Mundo Bita ancorado na semiologia. A abordagem lançará olhos mais atentos ao Mundo Bita em relação ao protagonismo, ao pertencimento e ao empoderamento dos personagens nos 65 episódios, divididos em sete volumes. A delimitação do corpus foi feita com base na análise qualitativa, buscando observar o imagético, imagens e áudios que se relacionam com educação informal, educação sem intencionalidade, após análise da série identificamos que as cenas são variadas e baseadas no cotidiano, ou seja, a natureza, o fundo do mar, brincadeiras na rua. Também alguns cenários como o lar, crianças escovando os dentes, utilizando o banheiro e tudo isso baseado na ludicidade, além de observarmos as brincadeiras fora do ambiente do lar, jogo de futebol e a escola. Não obstante, as diversões como bicicleta, skate e patins não escaparam do olhar semiológico onde se encontram distinções nas relações étnico-raciais. O Mundo Bita tem como um público alvo crianças até seis anos, porém verificamos através de pesquisas no YouTube, na parte dos comentários, que o público do Mundo Bita é muito mais diversificado."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 03. História da Educação"
    "palavra_chave" => "ÉTNICO-RACIAL, MUNDO BITA, DESENHOS ANIMADOS, ANÁLISE QUALITATIVA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV117_MD1_SA3_ID529_13092018112402.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:30"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:33:54"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CARLOS ALBERTO BRAGA DO ESPÍRITO SANTO"
    "autor_nome_curto" => "CARLOS BRAGA"
    "autor_email" => "carlos_albertobraga@hotma"
    "autor_ies" => null
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais V CONEDU"
    "edicao_evento" => "V Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2018
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2018"
    "edicao_logo" => "5e4a040030b34_17022020000952.jpg"
    "edicao_capa" => "5e4a040030246_17022020000952.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2018-10-17 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar as relações da educação étnico-raciais na série de desenhos animados Mundo Bita ancorado na semiologia. A abordagem lançará olhos mais atentos ao Mundo Bita em relação ao protagonismo, ao pertencimento e ao empoderamento dos personagens nos 65 episódios, divididos em sete volumes. A delimitação do corpus foi feita com base na análise qualitativa, buscando observar o imagético, imagens e áudios que se relacionam com educação informal, educação sem intencionalidade, após análise da série identificamos que as cenas são variadas e baseadas no cotidiano, ou seja, a natureza, o fundo do mar, brincadeiras na rua. Também alguns cenários como o lar, crianças escovando os dentes, utilizando o banheiro e tudo isso baseado na ludicidade, além de observarmos as brincadeiras fora do ambiente do lar, jogo de futebol e a escola. Não obstante, as diversões como bicicleta, skate e patins não escaparam do olhar semiológico onde se encontram distinções nas relações étnico-raciais. O Mundo Bita tem como um público alvo crianças até seis anos, porém verificamos através de pesquisas no YouTube, na parte dos comentários, que o público do Mundo Bita é muito mais diversificado.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.