Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A SÍNDROME DE BURNOUT EM PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA EM PETROLINA – PE

Palavra-chaves: DOCENTE, EXAUSTÃO PROFISSIONAL, QUALIDADE DE VIDA Comunicação Oral (CO) GT 19. Tecnologias e Educação Publicado em 17 de outubro de 2018

Resumo

Resumo: A Síndrome de Burnout (SB) é considerada pela Organização Mundial de Saúde um risco para a saúde do trabalhador, podendo levá-lo a deterioração física ou mental, sendo atualmente uma questão de saúde pública. Objetivos: Avaliar a presença da Síndrome de Burnout em professores de níveis fundamental e médio de uma escola pública do município de Petrolina, Pernambuco, Brasil. Metodologia: estudo quantitativo e descritivo, com 20 professores do ensino fundamental II e médio utilizando um questionário autoaplicável intitulado Maslach Burnout Inventory. Resultados: Níveis altos de exaustão emocional 45%; despersonalização de 20% e Reduzida Realização Profissional de 40%. Dentre as dimensões avaliadas e classificadas, obtivemos resultados de nove professores para exaustão emocional, quatro para despersonalização e três para a reduzida realização profissional o que correspondeu a prevalência de 15% para a SB. Conclusão: A pesquisa se tornou relevante para uma melhor compreensão acerca da Síndrome e suas dimensões. Sugerem-se programas e políticas que promovam melhorias, através da educação e prevenção da síndrome, visando o bem estar dos docentes, promovendo qualidade de vida.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.