Artigo Anais ABRALIC Internacional

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

GRUPOS DO FACEBOOK PARA O ENSINO DE LITERATURA

"2013-07-12 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 4173
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 559
    "inscrito_id" => 989
    "titulo" => "GRUPOS DO FACEBOOK PARA O ENSINO DE LITERATURA"
    "resumo" => "Este trabalho, sob a forma de ensaio, é resultado da experiência de ensino-aprendizado da disciplina Literatura entre alunos do terceiro ano do ensino médio do Colégio Militar do Recife, no último bimestre do ano letivo de 2012, empregando como ferramenta os “grupos” da rede social Facebook. A experiência, de cunho qualitativo, consistiu no entrecruzamento de linguagens, códigos e recursos, privilegiando o estudo das relações entre Literatura e outras manifestações artísticas, por meio de tecnologias da informação e da comunicação. Para isso, foram adotadas,  além das obras literárias recomendadas para o vestibular da Universidade Federal de Pernambuco, as Orientações Curriculares para o Esnino Médio, Volume 1: Linguagem, Códigos e suas Tecnologias, da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação. A metodologia empreendida constou da disponibilização de links de vídeos com licença padrão do YouTube como material complementar às aulas, explorando alguns dos recursos disponíveis no mural “grupos”, especialmente os “posts” e as “visualizações”. Como resultados iniciais, observou-se, pelo número de visualizações dos membros do grupo, o interesse por parte do público-alvo, uma participação mais ativa de alguns deles por meio de comentários e uma melhora sensível no desempenho dos alunos em sala de aula. À guisa de conclusão da experiência, verificou-se a necessidade da criação de um novo “grupo”, com implementação prevista para o segundo semestre de 2013, a fim de realizar um estudo mais duradouro e sistematizado do objeto. Também, foi observado o imperativo de um aprofundamento teórico, adotando como base as teorias da crítica literária, especialmente a intersemiótica."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_989_29695fccd49c15137f897e818d7b6a28.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANDRÉ LUIS BENTO DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "ANDRÉ SANTOS"
    "autor_email" => "prof_andresantos@yahoo.co"
    "autor_ies" => "UNAMA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 4173
    "edicao_id" => 14
    "trabalho_id" => 559
    "inscrito_id" => 989
    "titulo" => "GRUPOS DO FACEBOOK PARA O ENSINO DE LITERATURA"
    "resumo" => "Este trabalho, sob a forma de ensaio, é resultado da experiência de ensino-aprendizado da disciplina Literatura entre alunos do terceiro ano do ensino médio do Colégio Militar do Recife, no último bimestre do ano letivo de 2012, empregando como ferramenta os “grupos” da rede social Facebook. A experiência, de cunho qualitativo, consistiu no entrecruzamento de linguagens, códigos e recursos, privilegiando o estudo das relações entre Literatura e outras manifestações artísticas, por meio de tecnologias da informação e da comunicação. Para isso, foram adotadas,  além das obras literárias recomendadas para o vestibular da Universidade Federal de Pernambuco, as Orientações Curriculares para o Esnino Médio, Volume 1: Linguagem, Códigos e suas Tecnologias, da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação. A metodologia empreendida constou da disponibilização de links de vídeos com licença padrão do YouTube como material complementar às aulas, explorando alguns dos recursos disponíveis no mural “grupos”, especialmente os “posts” e as “visualizações”. Como resultados iniciais, observou-se, pelo número de visualizações dos membros do grupo, o interesse por parte do público-alvo, uma participação mais ativa de alguns deles por meio de comentários e uma melhora sensível no desempenho dos alunos em sala de aula. À guisa de conclusão da experiência, verificou-se a necessidade da criação de um novo “grupo”, com implementação prevista para o segundo semestre de 2013, a fim de realizar um estudo mais duradouro e sistematizado do objeto. Também, foi observado o imperativo de um aprofundamento teórico, adotando como base as teorias da crítica literária, especialmente a intersemiótica."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_989_29695fccd49c15137f897e818d7b6a28.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:50"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:11:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANDRÉ LUIS BENTO DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "ANDRÉ SANTOS"
    "autor_email" => "prof_andresantos@yahoo.co"
    "autor_ies" => "UNAMA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-abralic-internacional"
    "edicao_nome" => "Anais ABRALIC Internacional"
    "edicao_evento" => "XIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/abralic/2013"
    "edicao_logo" => "5e48acf34819c_15022020234611.png"
    "edicao_capa" => "5f17347012303_21072020153112.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-12 00:00:00"
    "publicacao_id" => 12
    "publicacao_nome" => "Revista ABRALIC INTERNACIONAL"
    "publicacao_codigo" => "2317-157X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 12 de julho de 2013

Resumo

Este trabalho, sob a forma de ensaio, é resultado da experiência de ensino-aprendizado da disciplina Literatura entre alunos do terceiro ano do ensino médio do Colégio Militar do Recife, no último bimestre do ano letivo de 2012, empregando como ferramenta os “grupos” da rede social Facebook. A experiência, de cunho qualitativo, consistiu no entrecruzamento de linguagens, códigos e recursos, privilegiando o estudo das relações entre Literatura e outras manifestações artísticas, por meio de tecnologias da informação e da comunicação. Para isso, foram adotadas, além das obras literárias recomendadas para o vestibular da Universidade Federal de Pernambuco, as Orientações Curriculares para o Esnino Médio, Volume 1: Linguagem, Códigos e suas Tecnologias, da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação. A metodologia empreendida constou da disponibilização de links de vídeos com licença padrão do YouTube como material complementar às aulas, explorando alguns dos recursos disponíveis no mural “grupos”, especialmente os “posts” e as “visualizações”. Como resultados iniciais, observou-se, pelo número de visualizações dos membros do grupo, o interesse por parte do público-alvo, uma participação mais ativa de alguns deles por meio de comentários e uma melhora sensível no desempenho dos alunos em sala de aula. À guisa de conclusão da experiência, verificou-se a necessidade da criação de um novo “grupo”, com implementação prevista para o segundo semestre de 2013, a fim de realizar um estudo mais duradouro e sistematizado do objeto. Também, foi observado o imperativo de um aprofundamento teórico, adotando como base as teorias da crítica literária, especialmente a intersemiótica.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.