Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 215
REFLEXÕES SOBRE O(S) MÉTODO(S) DE ALFABETIZAÇÃO UTILIZADO(S) EM ESCOLAS MUNICIPAIS DE CARACARAÍ – RR.

Palavra-chaves: MÉTODOS DE ALFABETIZAÇÃO, ENSINO DA LEITURA E DA ESCRITA, 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL. Comunicação Oral (CO) GT 08 - Linguagens, Letramento e Alfabetização Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Este texto resulta de uma pesquisa realizada para o trabalho de conclusão do curso de licenciatura em Pedagogia da Universidade Estadual de Roraima, campus de Caracaraí, localizado no interior do Estado de Roraima. Trata-se de um estudo sobre métodos de alfabetização utilizados pelos professores em turmas de 1º ano do ensino fundamental de Escolas Municipais de Caracaraí – RR, cujo objetivo é analisar o(s) método(s) de alfabetização utilizados no ensino da leitura e da escrita em turma de 1º ano do ensino fundamental. O referencial teórico tem como base Vieira (2003) e Mortatti (2006), bem como outros teóricos do ensino da leitura e da escrita, como Stemmer (2010) e Klein (1999), no sentido de compreender as diferentes perspectivas de alfabetização e seus fundamentos. A partir de um viés qualitativo, os dados foram coletados diretamente com os sujeitos da pesquisa. Foram estudados também os materiais utilizados pelos professores para alfabetizar, a fim de se verificar quais os métodos propostos nesses livros didáticos, se eles estão em consonância com o que dizem fazer os profissionais observados. Quanto aos instrumentos, foram aplicados questionários aos 4 professores de escolas da rede municipal de Caracaraí. Por meio das fontes de dados eleitas, cruzaram-se as informações coletadas ao referencial base do trabalho a fim de se pensar a alfabetização nos contextos investigados. Os resultados mostram que, apesar das várias tentativas históricas de se buscar superar os métodos tradicionais de alfabetização, seja pelo construtivismo, seja pelo letramento, ainda hoje, aproximadamente duzentos anos após a chegada ao Brasil dos métodos tradicionais de alfabetização, perpetua-se um ensino centrado no método tradicional, mais especificamente, o método de marcha sintética.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.