Artigo Anais V FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

A IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO E O INCENTIVO AO VOLUNTARISMO EM DUAS ESCOLAS ESTADUAIS DE ENSINO FUNDAMENTAL DE CAMPINA GRANDE-PB

Palavra-chaves: POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS, PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO, VOLUNTARISMO Comunicação Oral(CO) GT 16 - POLÍTICAS PÚBLICAS EM EDUCAÇÃO, AÇÕES AFIRMATIVAS E MUDANÇAS SOCIAIS Publicado em 26 de junho de 2013

Resumo

O presente trabalho é um recorte de uma pesquisa acerca do Programa Mais Educação como uma das políticas públicas educacionais que incentivam práticas à luz de iniciativas capitalistas, tais como a redução de custos e a responsabilização dos profissionais. Diante disso, objetiva-se analisar os efeitos pós-implantação do Programa sobre a gestão e a organização do trabalho docente, especificamente em relação ao voluntarismo. Para isto, foi realizado um estudo de caso em duas escolas estaduais de Campina Grande-PB, mediante entrevistas semi-estruturadas com gestores, coordenadores e monitores do Programa, contabilizando seis, além do acesso a documentos oficiais. Os dados obtidos e interpretados sob perspectivas teóricas de Oliveira (2004); Netto (2009); Garcia e Anadon (2013) revelam que as possíveis consequências de uma educação, que se assemelha à produção industrial e às suas práticas, são a precarização e a desqualificação do trabalho docente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.