Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

MEMÓRIA PERIÓDICA: O LÚDICO ATRAVÉS DOS ELEMENTOS QUÍMICOS

Palavra-chaves: JOGOS DIDÁTICOS, LINGUAGEM QUÍMICA, TABELA PERIÓDICA Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 37429
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1660
    "inscrito_id" => 4490
    "titulo" => "MEMÓRIA PERIÓDICA: O LÚDICO ATRAVÉS DOS ELEMENTOS QUÍMICOS"
    "resumo" => "O jogo da memória sobre os elementos químicos traz à tona as contribuições dos jogos didáticos para aprendizagem de conceitos específicos. Relacionar os nomes com símbolos dos elementos favorece a construção da linguagem química, indispensável ao entendimento de representações expressas nas nomenclaturas, fórmulas e equações químicas. À primeira instância, o jogo da memória se caracteriza como jogo educativo, ao levar para os aspectos conceituais que possibilitam aprendizagem de conteúdo específico deslocar-se para a configuração de um jogo didático, isto é, ao associar jogo da memória com definições ou representações evidencia o que chamamos de jogo didático. A espontaneidade na aprendizagem de definições, conceitos e representações são marcas enraizadas nos jogos didáticos, aprender sem perceber que está aprendendo a partir do divertimento e do prazer, na interface da mediação do professor, torna o aluno ativo no processo de ensino – aprendizagem. Além do jogo didático oportunizar a aquisição de conhecimento, possibilita ao docente orientar em sala de aula a formação de grupos, e consequentemente, a socialização e a cooperação, aos quais são pontos importantes que dialogam com as divergências de ideias, com a comunicação, com a motivação e com o desempenho nas avaliações. A estabilização entre lúdico e o conhecimento como uma gangorra resultam na aprendizagem, respaldadas nas interações entre pessoas, na curiosidade, no despertar do interesse e no promover a motivação. O presente trabalho resulta na experiência dos bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) com os jogos didáticos, através de intervenções com alunos de 1º anos do Ensino Médio, realizadas na Escola Técnica Estadual situada no município de Gravatá – PE, ao qual foi elaborado e aplicado um jogo da memória acerca da tabela periódica, enfatizando a correspondência entre os nomes e os símbolos, com intuito de promover inicialmente a incorporação da linguagem química, essencial na compreensão de modelos científicos presentes na Química."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "JOGOS DIDÁTICOS, LINGUAGEM QUÍMICA, TABELA PERIÓDICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA16_ID4490_11092017030043.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:08"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSÉ GEOVANE JORGE DE MATOS"
    "autor_nome_curto" => "GEOVANE MATOS"
    "autor_email" => "geomatosofc@gmail.com"
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO (IFPE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 37429
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1660
    "inscrito_id" => 4490
    "titulo" => "MEMÓRIA PERIÓDICA: O LÚDICO ATRAVÉS DOS ELEMENTOS QUÍMICOS"
    "resumo" => "O jogo da memória sobre os elementos químicos traz à tona as contribuições dos jogos didáticos para aprendizagem de conceitos específicos. Relacionar os nomes com símbolos dos elementos favorece a construção da linguagem química, indispensável ao entendimento de representações expressas nas nomenclaturas, fórmulas e equações químicas. À primeira instância, o jogo da memória se caracteriza como jogo educativo, ao levar para os aspectos conceituais que possibilitam aprendizagem de conteúdo específico deslocar-se para a configuração de um jogo didático, isto é, ao associar jogo da memória com definições ou representações evidencia o que chamamos de jogo didático. A espontaneidade na aprendizagem de definições, conceitos e representações são marcas enraizadas nos jogos didáticos, aprender sem perceber que está aprendendo a partir do divertimento e do prazer, na interface da mediação do professor, torna o aluno ativo no processo de ensino – aprendizagem. Além do jogo didático oportunizar a aquisição de conhecimento, possibilita ao docente orientar em sala de aula a formação de grupos, e consequentemente, a socialização e a cooperação, aos quais são pontos importantes que dialogam com as divergências de ideias, com a comunicação, com a motivação e com o desempenho nas avaliações. A estabilização entre lúdico e o conhecimento como uma gangorra resultam na aprendizagem, respaldadas nas interações entre pessoas, na curiosidade, no despertar do interesse e no promover a motivação. O presente trabalho resulta na experiência dos bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) com os jogos didáticos, através de intervenções com alunos de 1º anos do Ensino Médio, realizadas na Escola Técnica Estadual situada no município de Gravatá – PE, ao qual foi elaborado e aplicado um jogo da memória acerca da tabela periódica, enfatizando a correspondência entre os nomes e os símbolos, com intuito de promover inicialmente a incorporação da linguagem química, essencial na compreensão de modelos científicos presentes na Química."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "JOGOS DIDÁTICOS, LINGUAGEM QUÍMICA, TABELA PERIÓDICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA16_ID4490_11092017030043.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:08"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSÉ GEOVANE JORGE DE MATOS"
    "autor_nome_curto" => "GEOVANE MATOS"
    "autor_email" => "geomatosofc@gmail.com"
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO (IFPE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O jogo da memória sobre os elementos químicos traz à tona as contribuições dos jogos didáticos para aprendizagem de conceitos específicos. Relacionar os nomes com símbolos dos elementos favorece a construção da linguagem química, indispensável ao entendimento de representações expressas nas nomenclaturas, fórmulas e equações químicas. À primeira instância, o jogo da memória se caracteriza como jogo educativo, ao levar para os aspectos conceituais que possibilitam aprendizagem de conteúdo específico deslocar-se para a configuração de um jogo didático, isto é, ao associar jogo da memória com definições ou representações evidencia o que chamamos de jogo didático. A espontaneidade na aprendizagem de definições, conceitos e representações são marcas enraizadas nos jogos didáticos, aprender sem perceber que está aprendendo a partir do divertimento e do prazer, na interface da mediação do professor, torna o aluno ativo no processo de ensino – aprendizagem. Além do jogo didático oportunizar a aquisição de conhecimento, possibilita ao docente orientar em sala de aula a formação de grupos, e consequentemente, a socialização e a cooperação, aos quais são pontos importantes que dialogam com as divergências de ideias, com a comunicação, com a motivação e com o desempenho nas avaliações. A estabilização entre lúdico e o conhecimento como uma gangorra resultam na aprendizagem, respaldadas nas interações entre pessoas, na curiosidade, no despertar do interesse e no promover a motivação. O presente trabalho resulta na experiência dos bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) com os jogos didáticos, através de intervenções com alunos de 1º anos do Ensino Médio, realizadas na Escola Técnica Estadual situada no município de Gravatá – PE, ao qual foi elaborado e aplicado um jogo da memória acerca da tabela periódica, enfatizando a correspondência entre os nomes e os símbolos, com intuito de promover inicialmente a incorporação da linguagem química, essencial na compreensão de modelos científicos presentes na Química.

Compartilhe:

Visualização do Artigo

Infelizmente, não conseguimos localizar o arquivo para download. Mas não se preocupe, nossa equipe já foi notificada do problema e já estamos trabalhando para a resolução! Tente novamente mais tarde!

Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.