Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

ESTUDO DE CASO: A INICIATIVA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE UM GRUPO DE PROFESSORES DA EJA QUE LECIONAM NO SISTEMA PRISIONAL DE MATO GROSSO E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A PROFISSIONALIDADE DOCENTE

Palavra-chaves: EJA, EDUCAÇÃO PRISIONAL, FORMAÇÃO CONTINUADA, PROFISSIONALIDADE DOCENTE Comunicação Oral (CO) GT 12 - Educação de Pessoas Jovens e Adultas Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Resumo: Este trabalho é um estudo de caso realizado com um grupo de professores que trabalham na Escola Estadual Nova Chance, lecionando nas salas anexas e extensões que estão distribuídas nas quarenta e oito unidades prisionais do estado de Mato Grosso que ofertam educação formal para Pessoas Privadas de Liberdade, através da modalidade EJA – Educação para Jovens e Adultos. O objetivo deste trabalho é descrever as contribuições mais relevantes do “Projeto de Intercâmbio MT – PR”, para a formação contínua desses professores e para a profissionalidade docente no Sistema Prisional de Mato Grosso. Esta pesquisa segue uma abordagem qualitativa de caráter descritivo, buscando descrever criteriosamente os fatos e fenômenos envolvidos na empreitada formativa dos professores que atuam no sistema penitenciário de Mato Grosso, de forma a obter informações a respeito da problemática que norteia esta investigação: Quais as contribuições do “Projeto de Intercâmbio MT – PR” para a profissionalidade docente na Educação de Jovens e Adultos do sistema prisional de Mato Grosso? Utilizando como métodos de coleta de dados, ler documentos, observar eventos e fazer perguntas, de maneira que este é o procedimento adotado para o desenvolvimento deste trabalho. Os principais resultados obtidos apontam para contribuições relacionadas a investimentos em materiais didáticos, em melhor aproveitamento do espaço pedagógico e na valorização da Profissionalidade Docente. Foi possível perceber que os professores conseguiram repensar a própria prática pedagógica para a EJA nas unidades penais ao proporem e também colocarem em ação, práticas inovadoras para ensinar Jovens e Adultos Privados de Liberdade. Outras iniciativas que tiveram a influência das discussões e reflexões propostas através do projeto de intercâmbio estão relacionadas ao melhor aproveitamento do espaço pedagógico no sistema prisional. Por fim, destaca-se os avanços dos professores participantes no reconhecimento e valorização do seu ofício na Educação de Jovens e Adultos Privados de Liberdade, em consequência do projeto de intercâmbio.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.