Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

TRABALHANDO A ETNOMATEMÁTICA A PARTIR DO JOGO MANCALA

Palavra-chaves: ETNOMATEMÁTICA, MANCALA, PRÁTICA PEDAGÓGICA Comunicação Oral (CO) GT 13 - Educação Matemática
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 38686
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 3186
    "inscrito_id" => 6548
    "titulo" => "TRABALHANDO A ETNOMATEMÁTICA A PARTIR DO JOGO MANCALA"
    "resumo" => "Conhecer e saber trabalhar com metodologias e propostas do ensino de Matemática é essencial durante a formação inicial do professor de Matemática, pois são opções metodológicas que podem ser inseridas em sala de aula. Dessa forma, este trabalho tem como objetivo relatar uma experiência com a etnomatemática a partir do jogo Mancala, pois é um jogo que desenvolve o raciocínio lógico, explora conceitos matemáticos, promove habilidades de planejamento e estratégia de resolução de problema. O trabalho foi desenvolvido com graduandos, 3° período, do curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual da Paraíba, Campus de Patos, ao cursar a componente curricular Prática Pedagógica no Ensino de Matemática I, período 2017.1. O artigo busca respaldo teórico em autores que defendem o uso de jogos nas aulas de Matemática e na proposta de trabalho da etnomatemática, cujo pioneiro foi Ubiratan D’Ambrósio. O trabalho com o jogo Mancala na perspectiva da etnomatemática permitiu entender que é possível estabelecer um diálogo entre jogos matemáticos e pressupostos da etnomatemática, mostrando a matemática sobre uma perspectiva sócio-histórico-cultural. Os graduandos aprovaram a relação que houve entre jogos e etnomatemática, corroborando as pesquisas que defendem o uso de novas metodologias e propostas de ensino de Matemática, cujas ideias buscam inserir o contexto social dos discentes."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 13 - Educação Matemática"
    "palavra_chave" => "ETNOMATEMÁTICA, MANCALA, PRÁTICA PEDAGÓGICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA13_ID6548_07102017142738.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ÂNGELA DA SILVA  MORAIS"
    "autor_nome_curto" => "ÂNGELA MORAIS"
    "autor_email" => "angelamorais543@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA (UEPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 38686
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 3186
    "inscrito_id" => 6548
    "titulo" => "TRABALHANDO A ETNOMATEMÁTICA A PARTIR DO JOGO MANCALA"
    "resumo" => "Conhecer e saber trabalhar com metodologias e propostas do ensino de Matemática é essencial durante a formação inicial do professor de Matemática, pois são opções metodológicas que podem ser inseridas em sala de aula. Dessa forma, este trabalho tem como objetivo relatar uma experiência com a etnomatemática a partir do jogo Mancala, pois é um jogo que desenvolve o raciocínio lógico, explora conceitos matemáticos, promove habilidades de planejamento e estratégia de resolução de problema. O trabalho foi desenvolvido com graduandos, 3° período, do curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual da Paraíba, Campus de Patos, ao cursar a componente curricular Prática Pedagógica no Ensino de Matemática I, período 2017.1. O artigo busca respaldo teórico em autores que defendem o uso de jogos nas aulas de Matemática e na proposta de trabalho da etnomatemática, cujo pioneiro foi Ubiratan D’Ambrósio. O trabalho com o jogo Mancala na perspectiva da etnomatemática permitiu entender que é possível estabelecer um diálogo entre jogos matemáticos e pressupostos da etnomatemática, mostrando a matemática sobre uma perspectiva sócio-histórico-cultural. Os graduandos aprovaram a relação que houve entre jogos e etnomatemática, corroborando as pesquisas que defendem o uso de novas metodologias e propostas de ensino de Matemática, cujas ideias buscam inserir o contexto social dos discentes."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 13 - Educação Matemática"
    "palavra_chave" => "ETNOMATEMÁTICA, MANCALA, PRÁTICA PEDAGÓGICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA13_ID6548_07102017142738.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:23"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:11"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ÂNGELA DA SILVA  MORAIS"
    "autor_nome_curto" => "ÂNGELA MORAIS"
    "autor_email" => "angelamorais543@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA (UEPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Conhecer e saber trabalhar com metodologias e propostas do ensino de Matemática é essencial durante a formação inicial do professor de Matemática, pois são opções metodológicas que podem ser inseridas em sala de aula. Dessa forma, este trabalho tem como objetivo relatar uma experiência com a etnomatemática a partir do jogo Mancala, pois é um jogo que desenvolve o raciocínio lógico, explora conceitos matemáticos, promove habilidades de planejamento e estratégia de resolução de problema. O trabalho foi desenvolvido com graduandos, 3° período, do curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual da Paraíba, Campus de Patos, ao cursar a componente curricular Prática Pedagógica no Ensino de Matemática I, período 2017.1. O artigo busca respaldo teórico em autores que defendem o uso de jogos nas aulas de Matemática e na proposta de trabalho da etnomatemática, cujo pioneiro foi Ubiratan D’Ambrósio. O trabalho com o jogo Mancala na perspectiva da etnomatemática permitiu entender que é possível estabelecer um diálogo entre jogos matemáticos e pressupostos da etnomatemática, mostrando a matemática sobre uma perspectiva sócio-histórico-cultural. Os graduandos aprovaram a relação que houve entre jogos e etnomatemática, corroborando as pesquisas que defendem o uso de novas metodologias e propostas de ensino de Matemática, cujas ideias buscam inserir o contexto social dos discentes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.