Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 275
EFEITOS DA FISIOTERAPIA AQUÁTICA NO EQUILIBRIO DOS IDOSOS: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Palavra-chaves: IDOSOS, FISIOTERAPIA AQUATICA, EQUILIBRIO Pôster (PO) / Poster Submission AT-2: PRÁTICAS CLÍNICAS E TERAPÊUTICAS Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

INTRODUÇÃO: O processo de envelhecimento na população brasileira vem crescendo cada vez mais, gerando um aumento do numero de pessoas com alterações morfológicas, funcionais e biomecânicas. Essas alterações fisiológicas que ocorrem devido ao envelhecimento causam perda de massa muscular, déficit de equilíbrio corporal e diminuição da massa óssea, o que gera limitação na realização das atividades de vida diária do idoso, isso compromete sua qualidade de vida, tornando o idoso mais frágil e dependente. A fisioterapia aquática produz benefícios através de exercícios realizados em piscina aquecida que promovem alterações fisiológicas nos sistemas do corpo e facilitam a execução dos exercícios. A hidroterapia atua nas doenças reumáticas, ortopédicas e neurológicas e atualmente tem sido investigada como beneficio na recuperação do equilíbrio nos idosos. OBJETIVO: Reunir e identificar os principais benefícios causados pela fisioterapia aquática no equilíbrio dos idosos. MÉTODOS: Trata-se de uma revisão literária de estudos nacionais e internacionais referidos ao tema, encontrados nas bases de dados lilacs, medline, scielo e PubMed com publicação entre os anos de 2002 e 2016. RESULTADOS: Foram encontrados 25 artigos que abordassem o tema fisioterapia aquática em idosos, incluindo revisões e estudos experimentais, dentre estes foram excluídos 19 artigos, os quais não abordavam sobre a intervenção da fisioterapia aquática no equilíbrio do idoso, após análise foram utilizadas 6 referências que abordava sobre o tema principal. A fisioterapia aquática é benéfica para idosos com déficits de equilíbrio, pois as propriedades da água facilitam a execução de exercícios que no solo seriam executados com mais dificuldade. CONCLUSÃO: concluí-se que um programa de fisioterapia aquática que inclui exercícios de alongamento, de fortalecimento, de resistência e de equilíbrio apresentou resultados significativos na melhora do equilíbrio estático e dinâmico, podendo proporcionar uma melhora na qualidade de vida do idoso e na realização das suas atividades diárias.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.