Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 164
VULNERABILIDADES NO ENVELHECIMENTO E PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NA GESTÃO DO CUIDADO INTERSETORIAL NA PERSPECTIVA DA CLÍNICA AMPLIADA E DA ESTRATÉGIA ESTUDO DE CASO EM ILPI PÚBLICA

Palavra-chaves: ENVELHECIMENTO, CUIDADO, CLINICA AMPLIADA, POLÍTICAS PÚBLICAS, POLÍTICAS PÚBLICAS Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT-9: POLÍTICAS PÚBLICAS E DIREITO DA PESSOA IDOSA

Resumo

Resumo O presente artigo tem como objetivo apresentar uma síntese da intervenção e debate a respeito da importância da estratégia Estudo de Caso na perspectiva da Clínica Ampliada para a consecução da intersetorialidade que envolve o cuidado a pessoa idosa em situação de vulnerabilidade no Instituto de Assistência Social e Cidadania - IASC na Cidade do Recife. Neste sentido, trabalhamos junto à equipe psicossocial das ILPIs públicas de Recife, alguns conceitos tais como Pessoa Idosa, Intersetorialidade, Clínica Ampliada e Estudo de Caso. Em sendo a contradição inerente à sociedade de classes, o debate acerca da intersetorialidade também é permeado por ela. As políticas sociais são espaços, formas de construção de práticas profissionais que podem ser, ao contrário de simples reprodutoras das relações de dominação, se constituem em um espaço que favorece a transformação social, e institui práticas compartilhadas de cuidado. O termo política pode ser visto por diversos ângulos que se complementam entre si, primeiro a da esfera política exatamente, que se diferencia das outras esferas da vida social, o segundo como a atividade política e o terceiro como a orientação para decisão e ação. Assim, a instituição junto com os usuários, e equipes diversas numa ação pública intencional, gera, cuidado. Elegemos o terceiro angulo por referir-se ao sentido empregado para definir, compreender e atuar nas políticas públicas, e, como resultado, podemos destacar: maior índice de ações de cuidado, crescimento em numero de idosos atendidos na rede publica, com significativa qualidade no atendimento.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.