Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 198
ATIVA IDADE – ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL NA COMUNIDADE, EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA COM FOCO NA PROMOÇÃO DE SAÚDE

Palavra-chaves: RELATO DE EXPERIÊNCIA, PROJETO DE EXTENSÃO, IDOSO Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT 7: ENVELHECIMENTO ATIVO E QUALIDADE DE VIDA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

O envelhecimento promove alterações fisiológicas em todo o organismo, havendo uma grande prevalência de doenças crônicas, constituindo assim, a maior parcela de pessoas que necessitam de atendimento nos serviços de saúde. Este artigo refere-se a um relato de experiência do projeto de extensão Ativa Idade – Envelhecimento Saudável na Comunidade, uma parceria dos Departamentos de Odontologia e Enfermagem da Universidade Estadual da Paraíba com a Secretaria de Saúde do município de Campina Grande - PB. Ademais, este projeto tem coadjuvação com o projeto de extensão “Liga Interdisciplinar de Combate ao Câncer Oral - LINCCO”, em que são realizados exames intraorais nos idosos em busca de lesões cancerizáveis e, assim encontradas, são encaminhadas à clínica escola da UEPB para realizar o tratamento adequado. A proposta desse projeto é de proporcionar oportunidades de desenvolver medidas educativas em saúde, que contribuam com a melhoria da qualidade de vida de idosos em uma Unidade Básica de Saúde da Família que não dispõe de cobertura de Equipe de Saúde Bucal (UBSF Conceição), aperfeiçoando o seguimento de medidas educativas em saúde, tangendo o direito à prevenção e promoção da saúde. A metodologia utilizada é quanti-qualitativa através de grupos focais e estão sendo aplicados dois formulários: Um para a obtenção das informações sobre o perfil sócio-bio-demográfico do público-alvo, bem como, o acesso aos serviços de saúde bucal, elaborado em linguagem simples e direta e, outro acerca da autopercepção de saúde bucal, instrumento este previamente validado. Trabalhar com grupos focais além de ser rápido e de baixo custo, é utilizado para complementar informações, conhecer atitudes, opiniões, percepções e comportamentos dos idosos. Graduandos de Enfermagem e de Odontologia aperfeiçoam atividades e dinâmicas, na tentativa de abordar temáticas selecionadas mensalmente (Alimentação saudável; Combate ao câncer oral; Atividade física e postura corporal; Memória e cognição; Controle Social e cidadania) de forma interativa e de fácil entendimento. Diante da ausência de uma Equipe de Saúde Bucal na Unidade Básica de Saúde da Conceição, o projeto vem desenvolvendo ações de promoção à saúde e prevenção as principais doenças que acometem os idosos desta comunidade. É notória a importância de cada atuação diante da população. Mais do que um repasse de conhecimentos, há humanização e criação de vínculos afetivos, dando àqueles o que lhes falta em seu cotidiano: empoderamento e autonomia. Havendo a reciprocidade entre extensionistas e o público-alvo (idosos), os objetivos esperados estão sendo alcançados e mais, superadas as suas expectativas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.